Blog FastFut

Arquivo : outubro 2014

Depois do logo, Rússia apresenta cartazes das cidades-sedes
Comentários 1

Celso de Miranda

A Copa do Mundo da Rússia, em 2018 será realizada em 12 estádios em 11 cidades: Moscou, São Petersburgo, Kazan, Níjni Novgorod, Saransk, Kaliningrado, Volgogrado, Ecaterinburgo, Samara, Sochi e Rostov-do-Don.

Capital terá duas sedes

Capital terá duas sedes

De acordo com a tradição da Copa uma série de cartazes foram concebidos para promover o evento e refletem a cultura e as tradições do futebol do país. Veja abaixo os cartazes das cidades-sede:

  • Moscou (duas sedes)
    Estádio Lujniki (reformado) >> Capacidade: 81.000
    Otkrytie Arena (nova) >> Capacidade: 46.990
  • peterSão Petersburgo
    Zenit Arena (nova) >> Capacidade: 69.501  kalinin> Kaliningrado
    Arena Balitka (nova) >> Capacidade: 45.015
  • kazan> Kazan
    Kazan Arena (nova) >> Capacidade: 45.1058nijni> Níjni Novgorod
    Estádio Níjni Novgorod (novo) >> 44.899smara> Samara
    Estádio de Samara (novo) >> Capacidade: 44.918saransk> Saransk
    Estádio de Yubileyniy (novo) >> Capacidade: 45.015 volgo> Volgogrado
    Estádio Central (reconstrruído) >> Capacidade: 45.015rostov> Rostov do Don
    Levberdon Arena(novo) Capacidade: 43.702sochi> Sóchi
    Estádio Olímpico de Fisht(novo) >> Capacidade: 47.659poster1> Ecaterimburgo
    Estádio Central (reformado) >>  Capacidade: 44.130

 

 

 

 


Al Hilal e Wanderers: choque de estilos decide o campeão asiático amanhã
Comentários 1

Celso de Miranda

A partida de volta da decisão da Liga dos Campeões da Ásia, entre o Al Hilal, dos brasileiros Digão e Thiago Neves e o Western Sydney Wanderers, amanhã em Riad, será um choque de dois estilos bem diferentes.

O Western Sydney entra em campo no King Fahd International Stadium com a vantagem de 1-0, pela vitória obtida em casa no primeiro jogo, sábado passado.

Primeiro Jogo >> melhores momentos

Australianos e sauditas decidem Liga dos Campeões da Ásia

Australianos e sauditas decidem Liga dos Campeões da Ásia

O time australiano que já joga num estilo defensivo e disciplinado deve se colocar ainda mais na defesa, enquanto os anfitriões de amanhã, que pressionaram quase o tempo todo na primeira partida, fazendo com que o goleiro australiano Ante Covic deixasse o Pirtek Stadium como um dos melhores em campo, certamente voltarão ao ataque, contando com a força de um dos artilheiros do campeonato, o saudita Nasser Al-Shamrani.

Em casa, os Wanderers se mantiveram na defesa durante todo o primeiro tempo, explorando os contra-ataques. Num deles, Tomi Juric que havia entrado no intervalo, marcou o único gol da partida.

Jogador da seleção australiana, Juric não atuava havia mais de um mês devido a uma lesão na virilha, mas fez a diferença aos 64 minutos entrando por trás dos zagueiros para completando um cruzamento de Antony Golec.

Embora acostumados a jogar diante de uma multidão barulhenta, os australianos amanhã terão uma experiência totalmente diferente, já que em Riad são esperados entre 65 e 70 mil torcedores do Al Hilal, no King Fahd.

Covic: goleiro australiano segurou Thiago Neves e companhia e saiu como melhor em cmapo

O goleiro australiano segurou Thiago Neves e companhia e saiu como um dos melhores em campo

O cenário, no entanto, é o mesmo que o time do técnico Tony Popovic enfrentou para passar das quartas de final contra o chinês Guangzhou Evergrande.

Na ocasião, depois de vencer em casa por 1-0, o Wanderers perdeu o na China por 2-1, mas com esse com marcado fora de casa – novamente graças a Juric, muito forte nos contra-ataques -, conseguiu avançar e eliminar os atuais campeões da competição.

Outro lado
A boa notícia para o time da casa, é o retorno do atacante Yasser Al Qahtani, que ficou de fora da primeira partida devido à suspensão.

O capitão do Al Hilal afirma estar pronto para voltar e ajudar o time a conseguir o 3º título continental. “Foi difícil ficar de fora, eu queria jogar, mas acho que a equipe fez um bom papel”, disse o jogador que aos 32 anos é um dos mais experientes do elenco.

De fora do primeiro jogo, Al Qatami volta de suspensão

De fora do primeiro jogo, Al Qahtani volta de suspensão

Para Qahtani, o time deve pressionar desde o primeiro minuto, como fez na Austrália. “Não podemos mudar nossa característica. Jogamos no ataque, criamos as chances, mas não marcamos”, afirmou. “Vamos entrar concentrados e nos entregar a cada momento, em cada jogada. Sei que vamos vencer o troféu.”

Jogar neste jogo é como um sonho. Todo mundo quer jogar neste tipo de final. Eu queria jogar no primeiro jogo, mas eu estava suspenso, mas agora vou esperar o ônibus para me tocar e eu vou correr até morrer como eu quero ganhar este troféu.”

Desde as oitavas, primeira fase mata-a-mata, o Al Hilal nunca venceu seus jogos fora de casa: perdeu de 1-0 para o Bunyodkor, no Uzbequistão, empatou 0-0 com o Al-Saad, do Catar, e foi derrotado na semifinal por 2-1 pelo Al-Ain, dos Emirados Árabes Unidos.

Porém os árabes sempre conquistaram a vaga nos jogos em casa: com vitórias por 3-0, 1-0 e 3-0, respectivamente.

Além disso, o time não perdeu no King Fahd na Liga dos Campeões nessa temporada, tendo vencido os últimos cinco jogos, marcando 13 gols sem sofrer nenhum.

 


Manchester United quer Julian Draxler
Comentários Comente

Celso de Miranda

O jovem meia-atacante do Schalke 04 é o próximo objeto de desejo do Manchester United. Representantes do clube inglês estão na Alemanha para acompanhar os jogos do Schalke desde o início dessa temporada e preparam um dossiê sobre o jogador da seleção alemã,  que já foi um dos principais alvos dos clubes europeus na janela de transferências do último verão.

Meia-atacante alemão é alvo da disputa entre Manchester United e Arsenal

Meia-atacante alemão é alvo da disputa entre Manchester United e Arsenal

Um dos times interessados no jogador de 20 anos, o Arsenal chegou a fazer uma oferta em janeiro de 2014. Na época, acreditou-se que a cláusula de rescisão de € 45 milhões teria frustrado a negociação.

Mais tarde, porém revelou-se que foi o próprio Draxler que não aceitou a proposta dos Gunners, preferindo permanecer no Schalke por mais um ano.

O treinador Arsène Wenger afirmou recentemente numa reportagem na tevê inglesa, que o Arsenal ainda está interessado em Draxler e pode fazer uma nova oferta durante a próxima de janela transferência em janeiro.

No entanto, com o Manchester United também demonstrando interesse pelo jogador, uma guerra de lances poderia resultar adiar a transferência apenas para o próximo verão.

Além de Draxler, o United também está de olho no capitão do Schalke, e também jogador da seleção campeã mundial, Benedikt Howedes, um defensor que pode jogar em qualquer posição na zaga.

Blackett: no meio de estrelas, zagueiro da casa recebe sua chance

Blackett: no meio de estrelas internacionais, zagueiro da casa recebe sua chance

Esta versatilidade e capacidade de liderança têm atraído o interesse de Louis van Gaal, que quer assinar o zagueiro e estaria disposto a pagar a multa de cerca € 17,7 milhões.

Incentivo extra
Enquanto não chegam reforços, o clube promove jovens valores, como o zagueiro Tyler Blackett, de 20 anos. Formado em Old Trafford e titular da seleção Sub-21, Blackett diz que jogar nessa temporada no time principal é um sonho se tornando realidade.

“Eu fui criado no clube e chegar ao time principal é tudo que um ‘garoto local’ deseja”, conta. “Não é uma pressão extra, mas ser formado no clube é algo que me faz pensar, que me faz querer acertar e a ajudar o time a prosperar.”

Segundo o defensor, ele sabe bem o que o clube significa, conhece a história dos jogadores que vieram antes dele, sabe o que eles significavam para seus vizinhos e para sua família.

“Não me interpretem mal, os jogadores estrangeiros sabem bem o valor que Manchester United tem, mas ser um rapaz local lhe dá incentivo extra para fazer bem,” concluiu.


Rijeka tem vitória histórica – e mantém esperança croata – na Liga Europa
Comentários Comente

Celso de Miranda

A rodada da Liga Europa reservou emoçoes contraditórias para os dois representantes croatas na Liga Europa: o Rijeka conseguiu um resultado importante, que reaqueceu seu sonho de prosseguir na competição ao vencer o Feyenoord, no Estádio Kantrida, com um convincente 3-1.

O vice-campeão croata, que precisou passar por três fases eliminatórias antes de chegar à fase de grupos da Liga Europa, estreou com derrota para o Standard Liège, na Bélgica (2-0). Na segunda rodada, em casa, empatou com os atuais campeões do Sevilla (2-2).

Primeira vitória na competição europeia mereceu comemoração

Primeira vitória na competição europeia mereceu comemoração

Todos os gols do Rijeka foram de Andrej Kramarić: “Eu estou na lua. Vou lembrar dessa noite para o resto da minha carreira,” disse o atacante de 23 anos, que há duas semanas, em sua 3ª partida com a camisa da Croácia, durante as Eliminatórias da Euro’16, marcou diante do Azerbaijão seu 2º gol pela seleção.

“O Feyenoord foi dominante no primeiro tempo, mas soubemos resistir à pressão e quando o gol saiu, na metade do segundo tempo, conseguimos jogar nosso melhor futebol”, analisou.

Depois de três rodadas, o Rijeka divide a vice-liderança do Grupo G com o Liège (4 pontos). O líder é o Sevilla ( 5) e o Feynoord tem 4.

Kramarić: jovem atacante é destaque na renovação da seleção croata

Kramarić: destaque na renovação da seleção croata já marcou duas vezes em três jogos

Dinamo
O outro time croata na competição, o campeão nacional Dinamo Zagreb sofreu uma pesada derrota diante do Red Bull Salzburg, perdendo por 4-2 depois de estar perdendo por 4-0.

A situação do Dinamo se complicou, já que o time permanece com 3 pontos, enquanto Red Bull e Celtic dividem a liderança, com 7. O Astra Giurgiu, da Romênia, não pontuou.


Fatos e números: o melhor da 3ª rodada da Liga dos Campeões
Comentários Comente

Celso de Miranda

Foram dois dias marcantes para Shakhtar Donetsk e Bayern de Munique, para o Ludogorets e a Roma. Nomes consagrados como Cristiano Ronaldo e Iker Casillas, não tão famosos como Luiz Adriano, e até o totalmente desconhecido Yordan Minev escreveram seus nomes na história do futebol.

Confira alguns números e curiosidades dessa rodada entre os melhores da Europa:

Ronaldo abriu o placar em Liverpool: a um do recorde

Ronaldo abriu o placar em Liverpool: a um do recorde

Chuva de gols >> Os 40 gols marcados na terça-feira representam um novo recorde para um dia de oito jogos. Apenas uma vez, em 1 de outubro de 1997 foram marcados mais gols: foram 44 em 12 jogos. Somando os 19 marcados na quarta, foram 59 gols no total, o 2º maior resultado numa rodada da Liga dos Campeões, atrás apenas dos 63 na primeira rodada de 2000/01.

Corrida de craques >> Cristiano Ronaldo marcou em Anfield seu 70º gol na Liga dos Campeões, ficando apenas um atrás de Raúl González na lista de maiores artilheiros da história da competição. O gol manteve o português um gol à frente de Lionel Messi, que 24 horas antes também havia marcado pelo Barcelona contra o Ajax.

Brasileiro marca e volta à seleção: boa fase

Atacante brasileiro do Shakhtar comemora: chuva de gols e volta à seleção

Goleadores >> Com os dois gols frente ao Liverpool, Karim Benzema chegou aos 40 na competição. O francês é apenas o 11º jogador a marca. Um deles, o marfinense Didier Drogba continua marcando: fez o seu 43º na vitória por 6-0 do Chelsea sobre o Maribor.

Seleção >> Luiz Adriano se tornou na vitória por 7-0 do Shakhtar Donetsk, diante do BATE Borisov, na Bielorússia, no 2º jogador a marcar cinco vezes na mesma partida Liga dos Campeões – depois de Lionel Messi ter alcançado esse feito pelo Barcelona frente ao Bayer Leverkusen, em 2011/12. Chamado para a seleção por Dunga dois dias depois, o atacante brasileiro que foi o primeiro a marcar quatro gols no primeiro tempo.

Rapidez >> Luiz Adriano marcou seus três primeiros gols no espaço de apenas 13 minutos. Apesar da rapidez do brasileiro, porém, esse é apenas o 3º “hat-trick” mais rápido na história da competição: o recorde continua a pertencer ao francês Bafétimbi Gomis, que fez três gols em impressionantes 8 minutos, na goleada do Lyon em casa sobre o Dinamo Zagreb, em 2011.

Goleada >> A vitória do Shakhtar foi a 2ª maior goleada da história da Liga dos Campeões, apenas superada pelo 8-0 do Liverpool sobre o Beşiktaş, em novembro de 2007. O resultado iguala, ainda, a vitória por 7-0 do Olympique de Marselha sobre o Žilina, na Eslováquia, em novembro de 2010.

Depois de primeiro tempo sem gols, Atlético marcou 5-0 nos suecos do Malmo

Depois de primeiro tempo sem gols, Atlético marcou 5-0 nos suecos do Malmo

7-7 >> Com a vitória por 7-1 do Bayern sobre a Roma, no Estádio Olímpico, também na terça-feira, foi a primeira vez na história da competição que dois clubes marcaram sete gols no mesmo dia.

Extremos >> O Bayern se tornou a primeira equipe a marcar 7 gols em duas partidas da Liga dos Campeões. Os bávaros já haviam vencido Sporting por 7-1 em Munique, em março de 2009. No outro extremo, a Roma é a primeira equipa a sofrer 7 gols em duas ocasiões: em abril de 2007, os italianos foram goleados por 7-1 pelo Manchester United, em Old Trafford.

Acordou >> Depois de passar o primeiro tempo em branco no Estádio Vicente Calderón, o Atlético de Madrid se tornou a 7ª sétima equipe a marcar cinco ou mais gols após o intervalo num jogo Liga dos Campeões e bateu o Malmö por 5-0, com Koke abrindo o placar aos 48’.

Yordan Minev comemora gol histórico: vitória do Ludogorets

Yordan Minev: vitória histórica do Ludogorets

Mais novo >> O 1-0 do Ludogorets Razgrad diante do Basel, em Natsionalen Stadion Vasil Levski, em Sófia, foi a primeira vitória de uma equipe búlgara na Liga dos Campeões, no 9º jogo. O Ludogorets é o 115º clube (dos 130 que já participaram da fases de grupos) a registar uma vitória na competição.

 Mais velhos >> Na vitória por 3-0 sobre o Liverpool, na Inglaterra, o goleiro do Real Madrid Iker Casillas completou 143 jogos na competição e se igualou a Xavi Hernández, que não jogou pelo Barcelona contra o Ajax, no topo da lista de jogadores com mais participações na competição.

Ocho >> O 0-0 entre Monaco e Benfica foi o 200º empate sem golos da história da Liga dos Campeões. O Milan é o time que mais registrou o placar (21 vezes), seguido pelo o Manchester United (20).


Federação Alemã teve superávit de €4,5 milhões com Copa do Mundo
Comentários Comente

Celso de Miranda

A Copa do Mundo no Brasil não foi apenas um sucesso desportivo para a Federação Alemã de Futebol (DFB), mas também um torneio economicamente bem sucedido.

O orçamento especial da DFB para ganhar o título da Copa do Mundo gerou um excedente de € 3,41 milhões sobre o planejado. Após a liquidação de todos os custos, e tendo em conta a taxa de câmbio entre dólares e euros, o resultado foi de € 4,564 milhões.

Título no Brasil: planejamento, festa e lucros

Título no Brasil: planejamento, festa e lucros

Segundo o acordo entre a DFB e a DFL – a Associação dos Clubes – os 38 times das 1ª e 2ª Divisões do futebol alemão recebem metade desse valor, ou € 2,282 milhões.

“Devemos o resultado financeiro, em primeiro lugar, ao nosso time dentro de campo, ao futebol empolgante, ao interesse que ele gerou no público e, é claro, sobretudo às vitórias”, diz Reinhard Grindel, diretor financeiro da DFB. “Mas o volume de negócios que registramos também é o resultado de uma gestão financeira disciplinada e de um excelente planejamento que começou há pelo menos quatro anos.”

Grindel afirma, ainda, que os desafios logísticos relacionados à campanha no Brasil, como estadia e deslocamentos, torna o resultado econômico particularmente gratificante.

Independente do orçamento especial da Copa, a Egidius Braun DFB Foundation e a Fundação Bundesliga doaram € 564.500 à Pastoral da Criança, que apoia mais de 15 projetos com crianças e jovens da região Nordeste do Brasil.


Torcedores do Everton enfrentam a polícia em Lille
Comentários Comente

Celso de Miranda

A polícia de Lille usou gás lacrimogêneo e balas de borracha para conter os torcedores do Everton, nessa quinta-feira, antes da partida entre as duas equipes pela Liga Europa.

Secretário afirmou que vai investigar denúncia de força excessiva

Delegado local afirmou que vai investigar denúncia de força excessiva, segundo Sport24

Os tumultos tomaram conta da praça principal no centro de Lille, onde se concentraram os torcedores ingleses durante toda a manhã e fizeram com que no final da tarde, as autoridades aconselhassem, via twitter, os cidadãos a evitarem a área.

Milhares de torcedores do Everton viajaram para a França para assistir ao time Roberto Martinez no Stade Pierre-Mauroy. O clube recebeu 5.274 ingressos para a partida, mas estima-se que cerca de 15 mil viajaram ao norte da França.

Atacante do Lille teve a melhor chance do jogo aos 26min

Meio-campista senegalês do Lille teve a melhor chance do jogo aos 26min

Em campo, as duas equipes se apresentaram muito fechadas e disciplinadas taticamente e fizeram um jogo com poucas oportunidades, ficando num empate sem gols. O jogador do Lille, Idrissa Gueye teve a melhor chance, quando quase marcou num chute de fora da área que acertou a trave.

Depois de três rodadas, as duas equipes seguem invictas, mas com uma vitória o time inglês lidera o grupo com 5 pontos. O Wolfsburg, que hoje venceu o Krasnodar por 4-2, na Rússia, assumiu a  2ª posição (4 pontos) e o Lille,  ficou em 3º ( 3 pontos).

O novo encontro entre as duas equipes está marcado para o início de novembro e pelo equilíbrio do grupo pode ser decisivo para a classificação.

 

 


Lucas Leiva planeja deixar o Liverpool
Comentários 2

Celso de Miranda

Depois de fazer apenas três partidas oficiais desde a abertura em três meses, desde o início da temporada, o meio-campista Lucas Leiva, do Liverpool, já começou a procurar um novo clube.

Lucas atuou na rodada de estreia na Copa da Liga, uma vitória sobre o Middlesbrough, mas tem sido ignorado na maior parte da temporada, aparecendo na Premier League apenas na vitória sobre o West Bromwich Albion, no início de outubro. Ao todo, Lucas esteve no banco em apenas oito dos 12 rodadas.

Lucas fez apenas 3 partidas na temporada

Lucas fez apenas 3 partidas na temporada

O espaço do brasileiro, que no último verão esteve perto de trocar o clube pelo Napoli, em Anfield se reduziu ainda mais com a chegada da jovem revelação Emre Can, do Bayer Leverkusen e da seleção alemã Sub-21, que venceu a Eurocopa em agosto.

“Eu não vou falar com ninguém no momento, porque eu estou sob contrato, mas eu estou olhando em volta, uma vez que não estou jogando”, disse Lucas à Rádio espanhola Marca.

“Houve contato com Napoli, mas os clubes não chegaram a um acordo satisfatório”, conta. “A situação no Napoli não era vantajosa para todos, mas apesar disso eu sei que Rafa Benítez sempre teve muita fé em mim.”

Lucas, que participou da seleção na fase preparatória, mas acabou de fora da Copa, ressalta a importância de jogar para voltar à seleção: “Eu quero jogar, sei que preciso ser paciente, mas eu preciso encontrar uma solução”, diz. “E hoje, a única solução que eu vejo é sair, pois não há lugar para mim no Liverpool.”

Liverpool (de Coutinho) foi derrotado pelo Real na Liga dos Campeões, em Anfield: 0-3

Liverpool de Coutinho foi derrotado pelo Real de Marcelo na Liga dos Campeões: 3-0 em Anfield

Lucas, no entanto fez parte dos planos iniciais de Brendan Rodgers e foi titular do time quando o técnico chegou ao Liverpool, no verão de 2012. Porém uma sucessão de lesões na coxa e no joelho na última temporada abriu espaço para a ascensão de Jordan Henderson e Joe Allen.

O brasileiro está no Liverpool desde a temporada 2007/08 e já fez 247 jogos pelo clube. Vice-campeão na temporada passada, o Liverpool segue em 5º na Premier League.

Já no embolado Grupo B, da Liga dos Campeões, onde o Real Madrid disparou com 9 pontos, o time tem duas derrotas e uma vitória e segue com chances, dividindo a vice-liderança com Ludogorets e Basel (3 pontos).


“Bayern não decidiu sobre Marco Reus”, diz Rummenigge
Comentários 3

Celso de Miranda

O CEO do Bayern, Karl-Heinz Rummenigge voltou a dizer hoje em Munique, que a diretoria do clube ainda irá considerar se vai usar a cláusula de rescisão do contrato de Marco Reus com o Borussia Dortmund, quando ela estiver ativa, em janeiro.

O meia-atacante que ficou de fora da Copa do Mundo e que atualmente está afastado devido a uma nova lesão no tornozelo permanece sendo um dos jogadores mais procurados do futebol europeu.

Barcelona, Real Madrid, Manchester United, Arsenal, Liverpool e Atlético de Madrid estão entre os interessados.

Fora de campo uma batalha pelo meia-atacante

Reus: fora de campo uma batalha pelo jogador mais disputado do futebol europeu

E é provável que o interesse só aumente já que a cláusula de rescisão de € 25 milhões só entre em vigor a partir de janeiro e o contrato se encerra no final de 2015. A ativação da cláusula prevê uma enxurrada de ofertas da elite do futebol da Europa.

Até agora nada indica que o jogador esteja disposto a assinar um novo acordo com o clube que o lançou, embora ele tenha aparecido para o futebol no Mönchegladbach.

A opção mais óbvia para Reus, porém é seguir seus ex-companheiros de equipe, Mario Gotze e Robert Lewandowski, e partir do Westfalenstadion para a Allianz Arena, embora o Bayern insista que não decidiu se vai fazer o movimento ainda.

“Sempre que há um jogador do nível da seleção alemã com uma cláusula de liberação, o Bayern está interessado”, diz Rummenigge.

O dirigente bávaro confirmou que a discussão está hoje no nível da diretoria do clube, responsável por deliberar sobre o assunto e que uma decisão deve ser tomada nas próximas semanas. “A cláusula de liberação de Reus é conhecida, mas se vamos tirar proveito dela é algo que não posso prever”, afirmou. “Já falamos sobre o tema, encaminhamos essa discussão internamente, mas nada foi decidido.”

Rummenigge acrescentou que espera enfrentar concorrência pelo jogador do Dortmund. “Acho que eles [o Dortmund] vão tentar renovar o seu contrato e também posso imaginar que outros grandes clubes estrão interessados em contratá-lo”, disse.

“Mas no final a decisão cabe ao jogador. Ele tem que decidir onde quer jogar e isso deve ser respeitado”, conclui Rummenigge.

Liga dos Campeões: "Agora começa o resto da nossa temporada", diz Kloppe

Na Liga dos Campeões, a motivação para embalar no resto da temporada

Amarelo e preto
Por outro lado, no início da temporada, o Dortmund parecia confiante em seus planos de manter o jogador até o final de seu contrato.

E apesar de sua cláusula de rescisão agora ser de conhecida em toda a Europa, o clube ainda mantém uma tênue esperança de que Reus vai optar por permanecer no clube.

“Marco é um menino de Dortmund”, disse o presidente-executivo do Dortmund, Hans-Joachim Watzke, agosto, ao FastFUT . “Ele tem os pés no chão, mas seu coração está conosco. E apesar de seu sucesso decidiu ficar.”

Watzke espera ainda que os resultados do time na Liga dos Campeões seduzam o jogador a permanecer.

Ao contrário da Bundesliga, onde o time começou muito mal, amargando um dos piores inícios de temporada dos últimos anos, no torneio continental o Dortmund lidera o Grupo D (com 6 pontos), a frente de Arsenal (3), Galatasaray e Anderlecht (1).

O time alemão volta a campo nessa quarta-feira, diante do Gatalatasaray, no Ali Sami Yen Spor Kompleksi, em Istambul. E Dificilmente não seguirá em frente para a fase eliminatória que começa nos dias 17 e 18/fevereiro.

“Para nós, o resto da temporada agora começa”, disse Jürgen Klopp, na coletiva de sexta-feira, antes da partida de sábado pelo campeonato alemão, contra o Colônia.


Presidente do PSG, Al Khelaifi sai em defesa de Cavani
Comentários Comente

Celso de Miranda

O presidente do Paris Saint-Germain, Nasser Al Khelaifi saiu em defesa do atacante Edinson Cavani, cuja performance nessa temporada no comando do ataque tem sido alvo de constantes críticas da Imprensa francesa.

Cavani: estatísticas não mostram sua importância para o time

Cavani: estatísticas não mostram sua importância para o time

Depois de marcar 16 gols em 30 jogos em sua temporada de estreia, o uruguaio que chegou com a responsabilidade de ser contratação mais cara na história do futebol francês (€ 64 milhões), marcou apenas 4 vezes em 12 jogos contando todas as competições até agora na temporada 2014/15.

Sucesso na Copa, Cavani também tem frustrado os críticos que esperavam que ele substituísse a altura o companheiro de ataque, o lesionado Zlatan Ibrahimovic, marcando os gols que o sueco normalmente faz: mas, pelo contrário, os 4 gols que Cavani fez foram com Ibra em campo.

Ontem à noite, na entrevista de apresentação do time para a 10ª rodada da Ligue1, Al Khelaifi não economizou elogios ao defender o uruguaio: “O PSG é o lar de Cavani”, disse o dirigente. “Edinson é um grande profissional, que dá 100% em cada jogo e treinamento e em cada atividade do clube, permanecendo em excelente forma.”

Veja golaço de Cavani

E continuou: “Basta você olhar para a sua atitude em campo. Ele corre e defende como um louco. Ele é um verdadeiro lutador que está pronto para morrer pelo PSG”, disse. “Cavani é generoso com todos em campo e trabalha duro para a equipe, sem pensar em seu próprio benefício ou em suas próprias estatísticas.”

Com 7 pontos de desvantagem para o líder Olympique de Marselha, e dois para o Bordeaux, o PSG é o 3º colocado na tabela e joga nessa sexta-feira fora de casa contra o Lens, que não vence a 5 rodadas.

Se as estatísticas da atual campanha geram dúvidas nos torcedores a respeito do que esperar do ataque com três jogadores, da chamada “Ibra-dependência”, e da própria permanência de Cavani no time, na cabeça do Al Khelaifi nada disso se justifica diante do compromisso e da qualidade de seu jogador.

“Eu o apoio totalmente. Aliás como eu faço com todos os meus jogadores”, disse o presidente do PSG. “Mas no caso específico de Edinson, tenho certeza que os torcedores também estão do lado do jogador, pois sabem que ele é um jogador que rapidamente se identificou com o clube, é extremamente dedicado. O torcedor reconhecece seu total compromisso com o clube.”

Thiago Silva concorda
O capitão Thiago Silva, que está prestes a retornar depois de perder a maior parte do início de temporada por conta de uma lesão muscular, também testemunhou a favor do uruguaio:

“Edi sempre faz grandes sacrifícios pela equipe”, disse o zagueiro brasileiro. “Ele corre muito e está disposto a dar tudo para o time, em qualquer lugar do campo.”

Com Ibrahimovic ainda fora com uma lesão no calcanhar, Cavani é o favorito para ser escalado como atacante central na 10ª rodada contra o Lens, onde mais uma vez terá a chance de silenciar seus críticos no Stade de France.