Blog FastFut

Arquivo : fevereiro 2017

Ramires marca gol da vitória do Jiangsu na estreia na Champions da Ásia
Comentários 1

Celso de Miranda

Jogando fora de casa, o Jiangsu Suning (China) venceu o Jeju United (Coreia do Sul) por 1-0, nessa quarta-feira na estreia dos 2 times na fase de grupos da Liga dos Campeões da Ásia.

O único gol da partida foi marcado pelo brasileiro Ramires, no último minuto de jogo.

Na outra partida do Grupo H, o Gamba Osaka do Japão, que veio da pré-eliminatória, onde eliminou o Johor, da Malásia, venceu o atual campeão australiano Adelaide United, por 3-0, fora de casa.

História
Ainda nessa quarta, o Guangzhou Evergrande, do brasileiro Luiz Felipe Scolari, goleou o Eastern, de Hong Kong, por 7-0 e se isolou na liderança do Grupo G (Paulinho marcou o 6º dos campeões chineses).

A partida marcou a estreia da técnica Chan Yuen-ting, 1ª mulher a treinar um time masculino na história da competição.

Na outra partida do grupo, Kawasaki Frontale (do Japão) e o Suwon Bluewings (da Coreia do Sul), empataram em 1-1.

Completa
Os 4 jogos dessa quarta-feira completaram a primeira rodada da fase de grupos na Liga dos Campeões da Ásia, que começou na segunda.

Depois de 3 pré-eliminatórias, nessa fase os times são divididos regionalmente: os grupos de “A” a “D” reúnem os representantes das regiões ‘Central’, e ‘Oriente Médio’.  Arábia Saudita, Irã, Emirados Árabes Unidos têm 4 times cada um.

Catar e Uzbequistão têm 2 representantes cada.

Nos grupos de “F” a “I” estão os times das regiões “Leste” e “Sul”: Japão e Coreia do Sul têm 4 representantes cada.

Austrália e China, com 3 times cada, e Hong Kong e Tailândia. com 1, completam a lista.

Na terça, destaque para a vitória do Shanghai SIPG, que venceu o Seoul FC por 1-0 na Coreia do Sul, com gol do brasileiro Hulk.

 

 


Meia do Leverkusen marca o gol nº 50.000 da Bundesliga
Comentários Comente

Celso de Miranda

O meia Karim Bellarabi fez história nessa sexta-feira, ao marcar o gol de número 50.000 da história da Bundesliga: o jogador do Bayer Leverkusen abriu o placar na vitória sobre o Augsburg (1-3), na abertura da 21ª rodada.

Sem marcar a 8 jogos, o mexicano Javier Chicharito Hernandez fez os outros 2 gols dos visitantes (41′ e 65′). Dominik Kohr marcou para o Augsburg (60′).

Com a vitória, o Leverkusen chega a 30 pontos e sobe uma posição (8º), ultrapassando o Freiburg, que joga no sábado contra o Hamburgo.

Com 24 pontos, o Augsburg é o 13º, mas pode ser superado pelo Wolfsburg, que enfrenta o Borussia Dortmund, no Signal Iduna Park, nesse sábado.

Rápido
Bellarabi já possuia a marca de “gol mais rápido” da Bundesliga, marca que ele divide com Kevin Volland: ambos marcaram aos 9 segundos de jogo.

O jogador do Leverkusen marcou na 2ª rodada temporada 2014/15, na vitória por 2-0 fora de casa, contra o Dortmund.

Já Volland marcou pelo Hoffenheim na 2ª rodada da temporada passada, na derrota diante do Bayern de Munique (1-2).

Números
O primeiro gol da Bundesliga na temporada de estreia em 1963, foi do atacante Timo Konietzka, do Dortmund, na vitória por 3-2 sobre o Werder Bremen.

Com os 4 da partida dessa sexta-feira, 50.003 gols já foram marcados em 54 anos de história da Bundesliga. Veja alguns números curiosos:


  • 21.786 gols… no 1º tempo
  • 28 217… no 2º
  • 3.391 de pênalti
  • 3.370… foram marcados por jogadores que vieram do banco
  • 46… por goleiros
  • 984gols- contra
  • 214… saíram antes do 1º minuto
  • 6.304… nos primeiros 15 minutos (0′ a 15′)
  • 10.718… nos últimos 15 minutos (75′ a 90′)
  • e 617… nos acréscimos

 


Melhor jogadora do mundo, Carli Lloyd reforça o Manchester City
Comentários Comente

Celso de Miranda

O Manchester City anunciou nessa quarta-feiraa contratação da meia-atacante norte-americana Carli Lloyd, vencedora do prêmio FIFA de Melhor Jogadora em 2015 e  2016;

Ex-jogadora do Houston Dash, Lloyd é a 2ª jogadora da seleção campeã do mundo a trocar a NWSL (liga profissional de futebol feminino dos EUA) pelo futebol europeu nessa janela de transferências, depois  que a atacante Alex Morgan trocou o Orlando Pride pelo  Lyon, em janeiro.

Além delas, outras 4 norte-americanas disputam o título da Liga dos Campeões da UEFA nessa temporada: Janelle Cordia (Fortuna Hjørring), Claire Falknor , Gina Lewandowski (Bayern de Munique) e Ella Masar (Rosengård).

Se o City conquistar o título, Lloyd se torna apenas a 3ª norte-americana a vencer a competição, depois Alex Krieger e Gina Lewandowski com o Frankfurt em 2008.

Craque
Aos 34 anos, Lloyd, que passou toda a sua carreira nos Estados Unidos, assinou um contrato de curto prazo (apenas até o início de junho)´e é o grande reforço do atual campeão inglês para a reta final da Liga dos Campeões.

Em sua estreia no torneio, o City chega às quartas-de-final, onde enfrenta o Fortuna Hjørring, da Dinamarca, nos dias 23 e 30 de março.

“Estou empolgada por estar aqui e estou ansiosa para começar a trabalhar com minhas novas companheiras de equipe”, disse Lloyd à CityTV. “Esta é uma oportunidade única e eu não poderia estar mais orgulhosa de fazer parte desse clube.”

Além da Liga dos Campeões, a norte-americana ainda deve jogar pela fase final da Copa da Inglaterra.

Números

  • Com mais de 200 partidas e 96 gols pela seleção dos Estados Unidos, Lloyd é famosa pelos gols decisivos: foi dela o gol do título na final dos Jogos Olímpicos de 2008, na prorrogação contra o Brasil.
  • 4 anos mais tarde, Lloyd voltou a marcar os 2 gols, quando os EUA venceram o Japão, por 2-1, em Wembley, para conquistar o ouro olímpico de 2012.
  • Em 2015, ela marcou 3 gols na final da Copa do Mundo, na vitória contra o Japão (4-1) – um deles concorreu, ainda, ao prêmio Puskas, como um dos mais bonitos daquela temporada
  • Lloyd foi escolhida Jogadora do Ano pela FIFA em 2015 e em 2016

 

 


Benfica vence e folga na liderança
Comentários Comente

Celso de Miranda

O líder Benfica venceu o Arouca por 3-0, nessa sexta-feira,  na abertura da 21ª rodada da Liga Portuguesa, no Estádio da Luz.

Com a vitória o Benfica abre 4 pontos para o Porto, que joga nesse sábado contra o Vitória de Guimarães.

O atacante Kostas Mitroglou marcou duas vezes (25′ e 35′) e chegou a 10 gol no campeonato: no primeiro, ele completou de cabeça um cruzamento de Jonas.

No 2º, foi Eliseu quem fez toda a jogada pela esquerda e cruzou para o grego bater forte de primeira, sem chances para o goleiro turco Sinan Bolat.

O artilheiro da partida, porém deixou o gramado ainda no primeiro tempo (44′) para a entrada do goleiro Julio Cesar, após à polêmica expulsão de Ederson.

Depois do intervalo, o peruano André Carrillo ampliou o placar (49′).

Na terça-feira, o time recebe o Borussia Dortmund no Estádio da Luz, na abertura das 8as. de finais da Liga dos Campeões. Já o Porto joga pela Champions apenas na outra quarta-feira (dia 22), contra a Juventus, no Estádio do Dragão.

Pela Liga, o Benfica volta a jogar no domingo (dia 19), em Braga. Em 10º na tabela, o Arouca dos brasileiros Jubal, Nelsinho, Adilson Goiano e Keirrison joga no sábado contra o Chaves.

 


Atacante marca e comemora com o pai, na 2ª divisão da Inglaterra
Comentários Comente

Celso de Miranda

O Sheffield Wednesday venceu o Birmingham City por 2-0, nessa sexta-feira, na abertura da 31ª rodada do Championship (2ª divisão) da Inglaterra.

Em seu 2º jogo pela liga, o escocês Jordan Rhodes abriu o placar aos 9′: o atacante, que chegou nessa janela de transferências vindo do Middlesbroug, marcou seu 1º gol com a camisa do clube e comemorou abraçando o pai, Andy Rhodes.

Ex-goleiro do Doncaster Rovers e do St.Johnstone, Andy Rhodes atualmente é o treinador de goleiros do Sheffield, treinado pelo português Carlos Carvalhal.

Sam Winnal (80′) e Adam Reach (86′), que veio do banco, ampliaram no 2º tempo.

Com a vitória, o Sheffield foi a 52 pontos (10 atrás do líder Newcastle, que nesse sábado enfrenta o Wolverhampton) e alcançou à importante 6ª posição, a última que garante uma vaga para disputar o acesso à Premier League.

Álbum de família: Jordan Rhodes marca seu 1o gol com a camisa do Sheffield

Álbum de família: Jordan Rhodes marca seu 1o gol com a camisa do Sheffield

O Birmingham é o 12º.

Rodada
Na próxima rodada, na terça-feira (dia 14), o Sheffield recebe o Blackburn Rovers, no Hillsborough Stadium.

Já o Birmingham enfrenta o Preston North End, no Deepdale, em Preston.


Em jogo atrasado pelo calor na Austrália, atual campeão é goleado
Comentários Comente

Celso de Miranda

Jogando em casa,  no Coopers Stadium o atual campeão da A-League Adelaide United foi goleado pelo Perth Glory por 5-0 nessa sexta-feira.

O início do jogo teve que ser adiado em uma hora devido à intensa onda de calor que assola grande parte da Austrália, incluindo Adelaide, no extremo sul do país: às 18h30, meia hora antes do horário de início previsto a temperatura era de 40°C.

O atraso foi bem recebido pelos atletas, mas quando a partida começou parecia que apenas os jogadores do Perth foram capaz de lidar com as duras condições climáticas

Um gol contra do zagueiro italiano Iacopo La Rocca deu a vantagem para os visitantes logo aos 15′: o  espanhol Diego Castro (37′) e o irlandês Andy Keoghy (45+1′) ampliaram ainda no primeiro tempo.

Perth goleia Adelaide: 5 gols

Calor e 5 gols: Perth goleia o Adelaide

Se a torcida dos Reds esperava que o descanso do intervalo ajudasse o Adelaide a reagir, aconteceu justamente o contrário: logo aos 48′, o atacante da seleção australiana Alam Taggart ampliou para o Perth. No final, Casto marcou novamente (88′) e fechou o placar.

Foi a 12ª derrota do Adelaide na temporada, que continuam na lanterna, com apenas duas vitórias e 11 pontos, 36 pontos atrás do líder Sydney FC, que venceu o Wellington Phoenix (3-1) no início dessa rodada, na quinta-feira.

Já o Perth Glory subiu para a 4ª posição (27 pontos).

Na próxima rodada, o Adelaide recebe o Newcastle Jets, na sexta-feira (dia 17). No sábado (18), o Glory, único time da Costa Oeste na A-Leaque, enfrenta o Brisbane Roar, no NIB Stadium, em Perth.

Liga dos Campeões
Na quarta- dia 22, o Adelaide United estreia na Liga dos Campeões da Ásia no Grupo H, diante do Gamba Osaka (Japão), no Coopers Stadium.

Os outros 2 representantes australiano no torneio continental estreiam na terça, 21: no Grupo F, o vice-campeão da temporada 2016, o Western Wanderers recebe o Urawa Reds, no Parramata Stadium, em Sydney.

O 3º colocado Brisbane Roar, que eliminou o Shanghai SIPG na fase Pré-classificatória (vídeo 🎥), joga com o Muang Thong, da Tailândia, no Grupo E.


Ranking da FIFA: campeões africanos têm maior avanço
Comentários Comente

Celso de Miranda

Vencedor da Copa Africana das Nações 2017,  a seleção de Camarões foi a que mais progrediu no ranking da FIFA, publicado nessa quinta-feira.

Os ‘Leões Indomáveis’ subiram 29 lugares e atingiram a 33ª posição: apesar de derrotado na decisão da CAN, o Egito subiu 12 colocações e chegou à 23ª posição, se tornando agora a melhor seleção africana do ranking.

Top
No topo, porém quase nada mudou e a Argentina permanece na ponta (1635 pontos), com o Brasil em 2º (1529).  Seguem Alemanha, Chile e Bélgica.

A única mudança entre os ‘top 10’, foi a ascensão da França para o 6º lugar, tomando a posição da Colômbia (7º). Portugal,  Uruguai e  Espanha completam a lista, dividida igualmente (5 a 5) entre sul-americanos e europeus

O campeão africano Camarões teve o melhor desempenho no ranking da FIFA

O campeão africano Camarões teve o melhor desempenho no ranking da FIFA

Se o melhor desempenho foi africano, a pior queda também: desclassificada ainda na primeira fase, a última campeã continental Costa do Marfim caiu 13 posições e agora ocupa o 47º lugar.

Confederações
Outro que subiu no ranking foi o México, que venceu a Islândia (1-0) em seu primeiro amistoso do ano, nessa quarta-feira e agora é o 17º.


Apesar de ter subido apenas uma posição, “El Tri” ultrapassou a Costa Rica (19ª) e assumiu a posição de melhor seleção da CONCACAF.

O Irã caiu 3 posições, mas se manteve como a melhor seleção da Ásia, em 32º do ranking. Melhor seleção da Oceania, a Nova Zelândia caiu duas posições e é apenas a 111ª.

A próxima edição do ranking FIFA de seleções será publicado no dia 9 de março.

 


Dembele marca 3 vezes e o Celtic dispara na liderança
Comentários Comente

Celso de Miranda

Jogando como visitante no McDiarmid Park, em Perth, o Celtic venceu o St. Johnstone por 5-2, nesse domingo: o líder da Premiership Escocesa chegou aos 70 pontos, abrindo 27 de vantagem para o Aberdeen, que ontem venceu o Partick Thistle (2-0) e o Rangers, que perdeu para o Hearts por 2-0.

O time do técnico Brendan Rodgers chegou à sua 19ª vitória consecutiva e 30 jogos invictos na liga.

O atual pentacampeão escocês saiu na frente com Liam Henderson logo aos 6′, mas o time da casa virou ainda no primeiro tempo, com gols de Keith Watson (31′) e David Wotherspoon (43′).

Após o intervalo, porém Moussa Dembele roubou o show: o atacante francês de apenas 20 anos saiu do banco aos 58′, quando o time perdia por 2-1, e colocou o Celtic na fente, marcando aos 61′ e 75′.

Dembele: 3 vezes nas redes

Dembele: 3 vezes nas redes

O atacante Scott Sinclair marcou o 4º, aos 81′: o artilheiro do torneio chegou ao seu 13º gol.

Aos 85′, Dembelé fechou o placar num lindo gol: desde sua contratação junto ao Fulham, em agosto, o jogador de origem maliana, já marcou 22 vezes, em 40 jogos.

Próximo
O Celtic volta a campo no próximo sábado contra o Inverness pelas 8as. de final da Copa da Escócia. Pela liga, o próximo jogo do Celtic é contra o Motherwell, no dia 18.


Com 2 gols de Jonas, Benfica vence e volta à liderança
Comentários Comente

Celso de Miranda

O Benfica venceu o Nacional nesse domingo, no Estádio da Luz, e voltou à liderança da Liga Portuguesa, 2 pontos à frente do Porto.

Com 2 gols ainda no primeiro tempo (aos 26′ e 35′), o brasileiro Jonas foi o destaque da partida. O grego Kostas Mitroglou fechou o placar aos 81′.

“Somos uns privilegiados por jogar numa grande equipe, com uma história incrível como o Benfica”, disse Jonas, que chegou a 5 gols na liga.”É emocionante jogar diante desse estádio cheio com esta camisa.”

“Não sei se foi um dos meus melhores gols pelo Benfica, mas costumo arriscar e hoje fui feliz acertando um bom chute de fora da área,” explicou o brasileiro em declarações à TVE.

Depois da derrota do Benfica para o Vitória de Setúbal (1-0), na última rodada, o time havia perdido a liderança para o Porto, que venceu o Sporting nesse sábado.

Orgulho: Jonas volta a marcar

Orgulho: Jonas volta a marcar

Campeões
O Benfica volta a jogar na sexta-feira (dia 10) diante do Arouca. Na próxima semana, o time recebe o Borussia Dortmund, pela primeira partida das oitavas de final da Liga dos Campeões, na terça (14).

Já o Porto enfrenta o Vitória de Guimarães, no sábado, dia 11. Pela Liga dos Campeões, o time recebe a Juventus no Estádio do Dragão, no dia 22.

 


Camarões é campeão da Copa Africana de Nações 2017
Comentários Comente

Celso de Miranda

Camarões conquistou  pela 5ª vez a Copa Africana das Nações, ao bater de virada o Egito por 2-1, nesse domingo, no Estádio da Amizade, em Libreville, no Gabão.

Os “Faraós” saíram na frente aos 23′, com Mohamed Elneny: o meia do Arsenal iniciou a jogada no meio-campo e após uma bela troca de passes entre os atacantes Arm Warda, do PAOK, e Mohamed Salah, da Roma, e se apresentou na área para marcar diante do goleiro Fabrice Ondoa, do Sevilla.

Ainda no primeiro tempo, os “Leões Indomáveis” perderam o zagueiro Adolphe Teikeu (do Sochaux), por contusão: em seu lugar entrou Nicolas N’Koulou.

Título: a festa de Camarões começou ainda no gramado

A festa de Camarões começou ainda no gramado, após o gol de Aboubakar

E foi N’Koulou quem empatou a partida, aos 59′: o zagueiro do Lyon acertou uma linda cabeçada no cruzamento de Benjamin Moukandjo, do Lorient.

Outro jogador que entrou no meio da partida, Vincent Aboubakar marcou o gol da vitória aos 88′: a jogada começou com um longo lançamento de Sébastien Siani, do Oostende (BEL), e o atacante do Besitkas dominou na entrada da área e aplicou um lindo chapéu em Ali Gabr antes de finalizar num voleio indefensável para o goleiro Essam El-Hadary.

Com o título Camarões, que não venciam desde 2002 se isola como o 2º maior vencedor do torneio, atrás apenas do próprio Egito, que tem 7 títulos.