Blog FastFut

Champions Feminina: Cristiane brilha e o PSG elimina o Bayern

Celso de Miranda

Uma semana depois de vencer o Rosengård fora de casa por 1-0 (em Malmö), o Barcelona voltou a vencer o time sueco (2-0) e se classificou pela primeira vez em sua história para as semifinais da Liga dos Campeões Feminina.

O time da brasileira Andressa Alves, que não atuou por ter se contundido na primeira partida, é também o primeiro clube espanhol a atingir essa fase do torneio, desde sua criação, em 2001.

Os 7.350 torcedores no Mini Estadí, porém tiveram que esperar o 2º tempo para comemorar os gols da vitória: aos 52', a meia Jennifer Hermoso abriu o placar, completando de primeira um cruzamento de Vicy Losada pela direita.

Sob a liderança de Marta, as visitantes pressionaram desde o início: logo aos 4', a norte-americana Ella Masar acertou a trave do Barcelona.

As chances do Rosengard foram prejudicadas pela anulação do gol de Masar, aos 90': atendendo à assistente Maryna Striletska, a árbitra Kateryna Monzul, da Ucrânia, marcou erroneamente um impedimento da atacante.

Já nos acréscimos (90+4'), a jovem atacante Mariona, que entrou no intervalo, marcou e definiu a classificação histórica.

Princesses
O adversário do Barcelona será o Paris Saint-Germain, que goleou o Bayern por 4-0 no Parc des Princes (transformado em 'Parc des Princesses'), nessa quarta, em Paris.

As francesas, que haviam perdido por 1-0, na semana passada, não tiveram dificuldades para virar o placar.

Duas vezes Cristiane: brasileira brilhou

Ainda no primeiro tempo, o time já vencia por 3-0: Marie-Laure Delie abriu o placar (4'), a brasileira Cristiane ampliou (12') e a costa-riquenha Shirley Cruz ampliou (42').

No início do 2º, Cristiane marcou novamente (52').

PSG e Barcelona se enfrentaram nas quartas de final da temporada passada, e o time francês eliminou o espanhol com uma vitória por 1-0, na 2ª partida, em Barcelona, depois de empatar em 0-0 em casa.

O PSG vai disputar a semifinal do torneio pela 3ª temporada consecutiva: em 2016, o time foi eliminado pelo Lyon, que ficaria com o título

Rivais
Na outra partida do dia, Lyon e Wolfsburg reeditaram a final da temporada passada: e depois de vencer a primeira partida na Alemanha (0-2), o campeão Lyon avançou mesmo com a derrota em casa (0-1);

A dinamarquesa Caroline Hansen marcou de pênalti, aos 82', o único gol do jogo.

O adversário do Lyon sai nessa quinta-feira, da partida entre o Manchester City e o Fortuna Hjørring, no Mini-Stadium, em Manchester.

As inglesas têm a vantagem depois da vitória por  1-0 na semana passada, na Dinamarca.