Blog FastFut

Categoria : Design

Real Madrid terá novo escudo nos países árabes
Comentários COMENTE

Celso de Miranda

O escudo do Real Madrid, um dos mais tradicionais e famosos do mundo do futebol, será alterado para remover a tradicional cruz cristã para a venda de materiais esportivos e produtos oficiais do clube em alguns países do Oriente Médio, como parte de um acordo regional.

A Marka, empresa dos Emirados Árabes Unidos que detém os direitos para “produzir, distribuir e vender os produtos do Real Madrid” nos países do Golfo Árabe, anunciou nessa terça-feira, que o símbolo do clube espanhol será alterado nos artigos (incluindo as camisas oficiais), que vai produzir e comercializar nos Emirados Árabes Unidos, Arábia Saudita, Catar, Kuwait, Bahrein e Omã.

Sem cruz: símbolo será alterado nos países árabes

Sem cruz: símbolo será alterado nos países árabes

Em entrevista a uma agência internacional de notícias, o vice-presidente da Marka, Khaled al-Mheiri afirmou que a mudança é discreta e visa atender às sensibilidades culturais.

“Temos que entender que partes do Golfo Árabe são sensíveis a produtos com a imagem da cruz,” explicou Al-Mheiri,  que também é proprietário de um café chamado ‘Real Madrid’, em Dubai.

Nos 6 países em que a Marka venderá produtos do Real Madrid a maioria da população é muçulmana.

Esta não é a primeira vez que o clube espanhol altera o seu símbolo nos países árabes: em 2014, o Real Madrid já tinha alterado seu escudo (retirando o símbolo cristão) numa campanha publicitária do National Bank of Abu Dhabi, um dos patrocinadores do clube.

Tags : Real Madrid


As camisas mais vendidas na MLS
Comentários COMENTE

Celso de Miranda

Passados 4 meses e meio desde o início da temporada 2016 da Major League Soccer, os resultados dentro de campo têm surpreendido muita gente: na Conferência Leste, o New York City FC lidera com um ponto de vantagem sobre o Philadelphia Union, dois times que sequer se classificaram para os playoffs na temporada passada.

Kaká caiu para 4: italiano assumiu

Kaká deixou o top5: italiano assumiu a liderança

No Oeste, FC Dallas repete o feito de 2015 e lidera a Conferência, mas em 2º vem o Colorado Rapids, que terminou em último na temporada passada.

Estamos só na metade do campeonato e muita coisa pode muda, mas o reflexo da posição dos times na tabela na popularidade dos jogadores fora de campo é evidenciada no mercado material esportivo, sobretudo na venda de camisas oficiais.

As camisas de Andrea Pirlo, David Villa e Frank Lampard, do NY City FC estão entre as 10 mais vendidas, ocupando inclusive o topo da lista (Pirlo) e o 3º lugar (Villa). Frank Lampard é o 9º.

Este é o segundo ano consecutivo em que os 3 jogadores designados do time ficam entre os top 10 de vendas: em 2015, os 3 veteranos ficaram em 4º, 5º e 7º lugares.

O NY City, que está apenas em sua 2ª temporada na MLS é o time com mais representantes entre as 10 camisas mais vendidas.

Na lista dos Top 20, há alguns nomes tradicionais, mas uma nova seleção de ídolos já aparece dominando as vendas: e aí, é o Seattle Sounders quem aparece com mais jogadores (4).

Gerrard: entre os 5

Gerrard: entre os 5

Confira os Top 20:

  1. Andrea Pirlo, New York City FC
  2.  Clint Dempsey, Seattle Sounders
  3.  David Villa, NY City FC
  4.  Jordan Morris , Seattle
  5. Steven Gerrard, LA Galaxy
  6. Kaká, Orlando City
  7. Didier Drogba, Montreal Impact
  8. Sebastian Giovinco, Toronto FC
  9. Frank Lampard, NY City FC
  10. Dom Dwyer, Sporting Kansas City
  11. Darlington Nagbe, Portland Timbers
  12. Diego Valeri, Portland
  13. Giovani dos Santos, LA Galaxy
  14. Robbie Keane, LA Galaxy
  15. Graham Zusi, Sporting KC
  16. Nat Borchers, Portland
  17. Brad Evans, Seattle
  18. Osvaldo Alonso, Seattle
  19. Brek Shea, Orlando
  20. Kei Kamara, New England Revolution

As mudanças para a Premier League 2016/17
Comentários COMENTE

Celso de Miranda

Mal acabou a temporada da Premier League e já estamos ansiosos para começar tudo de novo. Muita coisa, porém ainda vai acontecer até agosto: novos jogadores vão chegar outros trocarão de times.

Mas algumas mudanças já estão garantidas para 2016/17.

Banco: mais gente à disposição do professor

Banco: mais gente à disposição do professor

Bancos maiores
No próximo mês, os clubes da Premier League devem decidir sobre a proposta defendida por Manchester United e Chelsea, que querem aumentar o número de substitutos permitidos no banco em dias de jogos, de 7 para 9 jogadores.

O número de alterações durante a partida não mudaria, com cada time só podendo utilizar 3 suplentes, mas cada treinador passaria a contar com 9 jogadores no banco.

Em 2008, a Premier League aumentou o número de jogadores no banco de 5 para 7.

As propostas serão discutidas no Encontro Anual (AGM, da sigla em inglês) da Premier League em junho, com a participação dos principais acionistas de todos os clubes, incluindo de Burnley, Middlesbrough e ou Hull City ou Sheffield Wednesday, que ainda decidem a última vaga do acesso.

TV na sexta-feira: mais um jogo ao vivo

TV na sexta-feira: mais um jogo ao vivo

Mais TV
Outra novidade na temporada 2016/17 é a realização de um jogo (com transmissão ao vivo) na sexta-feira à noite. A Sky Sports vai transmitir 10 partidas durante a temporada.

Outras mudanças vão ocorrer por conta do fim do contrato com o banco Barclays, que como patrocinador principal,  tinha o direito de dar o nome à liga.

a Premier League terá novos patrocinador (alguns contratos, como a Tag Heuer já foram anunciados), mas nenhum terá o ‘direito de nome’: a primeira divisão do futebol na Inglaterra será conhecida simplesmente como ‘The Premier League’.

Além disso, a Premier League terá um novo logotipo, que será usado nas mangas de todos os jogadores: nele, o icônico leão icônico – símbolo que representa a competição desde seu lançamento em 1992 – aparece numa visão mais moderna.

A marca vai aparecer também na bola, que continua sendo Nike, que deve lançar o novo modelo Premier League 2016-17  para o final deste verão.

Marca limpa
O novo nova estratégia de patrocínios da Liga, sem um patrocinador principal, foi aprovado pelos clubes da Premier League em julho do ano passado, para favorecer a negociação das transmissões globais: a marca única era um entrava para a comercialização com bancos chineses, por exemplo.

O velho e o novo: negócios globais

O velho e o novo: negócios globais

O movimento reflete o desejo da organização de se espelhar as grandes ligas esportivas norte-americanas como a NBA e NFL na apresentação de uma ‘marca limpa’.

“Em vez de apoiantes de longa data, como o Barclays, cuja parceira com a Premier League já durava desde 2001, a liga terá uma lista de parceiros secundários a partir da próxima temporada em diante“, disse Richard Masters, diretor administrativo da Premier League .

Segundo ele, em 2016/17, a meta é ter 7 patrocinadores em vez de um patrocinador: três deles  – Nike, EA Sports e Tag Heuer – já foram anunciados. Pelo acordo atual, assinado em 2012, a Barclays pagava £ 40 milhões por ano (R$ 204 milhões).

Segundo fontes da Imprensa britânica, os diretores da Liga recusaram oferta de £ 45 milhões por ano (R$ 230 milhões), num contrato de 3 anos, da indústria de bebidas Diageo, dona das marcas Johnnie Walker, Smirnoff e Guinness. Queriam pelo menos £ 60m (ou R$ 300m).

A última vez que a Premier League havia mudado sua identidade visual foi 2007.


‘Batman vs Superman’ vai ser decidido em campo
Comentários COMENTE

Celso de Miranda

Com a febre mundial em torno de ‘Batman vs Superman: A Origem da Justiça’, que chega ao ápice com o estreia do filme nos cinemas essa semana, um dos principais fabricantes de material esportivo do mundo, a Under Armour lançou dois modelos de chuteiras inspiradas nos personagens.

Nos gramados: duelo entre os heróis entra em campo

Nos gramados: duelo entre os heróis entra em campo

As chuteiras já estão à venda no site da empresa pelo equivalente a R$ 710 a 820, dependendo do modelo.

O fabricante de material esportivo com sede nos Estados Unidos patrocina o New York Cosmos, o Tottenham, de Londres, o AZ Alkmaar, na Holanda e o St. Pauli, da Alemanha.

No Brasil, a marca patrocina o São Paulo.


Under Armour dévoile les crampons Batman v… por evidenceprod

Super Mario
No final do ano passado, a fabricante alemã Puma lançou o modelo ‘evoPOWER 2015-2016 POP’, inspirado pela Pop Art típica do mundo dos quadrinhos.

Supercolorida, divertida e polêmica, desde que apareceu, a nova chuteira, é justo dizer, dividiu opiniões: tem quem adore, tem quem odeie (nós, particularmente, estamos do lado daqueles que adoram).

Balotelli e a 'Puma Pop": dividindo opiniões

Balotelli e a ‘Puma Pop”: dividindo opiniões

O atacante italiano Mario Balotelli foi o garoto propaganda perfeito para o seu lançamento.


EUA têm novos uniformes: um branco e outro preto
Comentários COMENTE

Celso de Miranda

O futebol dos Estados Unidos vai vestir ou branco ou preto nos próximos dois anos.

A Nike e US Soccer divulgaram nessa quinta-feira os novos uniforme das seleções dos EUA e enquanto o uniforme principal para jogos em casa tem camisas, bermudas e meias brancas, o uniforme dois é todo preto: com uma manga da camisa vermelha e outra azul.

Branco ou preto: US Soccer ganhou novas cores

Branco ou preto: US Soccer ganhou novas cores

Ambos já têm o novo símbolo da US Soccer, sendo que o modelo feminino traz três estrelas sobre o distintivo, relativo às três conquistas das Copas do Mundo.

O uniforme “1” se encaixa no novo padrão da Nike, que a empresa está fornecendo a muitas das equipas que patrocina – incluindo Inglaterra e França – com o corpo branco e mangas coloridas. No caso dos norte-americanos, as mangas serão azul-claro.

Apesar de ser a primeira vez que o o futebol dos EUA vão utilizar o preto, em outros esportes como o baseball e na NBA, por exemplo, é muito comum a camisa reserva ser preta. E a experiência desses esportes mostra que elas costumam vender mais que as principais.

Com esses uniformes, os EUA vão disputar a tão esperada Copa América Centenário e, em seguida, as Eliminatórias  até a Copa do Mundo 2018 na Rússia.

Camisa feminina: três estrelas

Sutil diferença: camisa feminina tem três estrelas

Em Campo
A estreia do novo kit será em 25 de março, quando o time enfrenta a Guatemala, nas Eliminatórias da Copa, no Estádio Metropolitano Roberto Meléndez, na Cidade da Guatemala. No dia 29, EUA e Guatemala voltam a se enfrentar no MAPFRE Stadium, em Columbus, Ohio.

As mulheres vão usar os mesmos kits, continuando uma tradição recente de ter toda a federação vestindo o mesmo uniforme.

O time feminino estreia o uniforme num amistoso contra a Colômbia, em 6 de abril.


Seleção dos EUA tem novo escudo: veja vídeo 360 graus
Comentários COMENTE

Celso de Miranda

Pela primeira vez em 20 anos, a Federação Norte-americana de Futebol terá um distintivo inteiramente novo: a  US.Soccer revelou essa segunda-feira o redesenho oficial do novo escudo que irá estampar os uniformes das seleções masculina e feminina após os boatos sobre a mudança terem surgido na mídia social na semana passada.

Na sexta-feira, a imagem de trabalhadores trocando a placa diante da sede da entidade, em Chicago, praticamente confirmou que a mudança já era iminente.

A confirmação das novas camisas masculinas para 2016 – cujas imagens vazadas na Internet têm sido alvo de inúmeras críticas –  também é esperada para as próximas horas.

brb.

Publicado por U.S. Soccer em Quinta, 25 de fevereiro de 2016

As estrelas desapareceram e o novo logotipo parece mais nítido, mais limpo e faz muito mais sentido: 13 listras vermelhas e brancas para representar os 13 estados originais substituíram as 11 listras azuis e brancas.

Marca
Depois de algumas modernizações feitas em 2014, o escudo enfim foi completamente redesenhado: a principal mudança foi a eliminação completa da bola, que ocupava lugar de destaque no centro da imagem.


A camisa feminina terá as estrelas referentes aos três títulos mundiais (1991, 99, 2015).

Na campanha de lançamento, a Federação dos EUA inovou: enviando 2 mil kits com echarpes, bonés e estrelas da equipe nacional para torcedores e torcedoras de várias idades, alguns famosos, mas a maioria pessoas comuns que simplesmente acompanham os times convidando-os a postar imagens e comentários sobre a nova marca.

 


Só perde para o Totti: camisa 11 de Salah é a 2ª mais vendida da Roma
Comentários COMENTE

Celso de Miranda

A camisa número 11, do egípcio Mohamed Salah foi a 2ª mais vendida em janeiro, ficando atrás apenas da tradicional número 10, do ícone do clube Francesco Totti, segundo informações oficiais do site oficial da Roma.

O meia-atacante de 23 anos, que marcou seu 6º gol na Serie A na última terça, diante do Sassuolo, na vitória por 2-0 no “Mapei Stadium” em Reggio Emilia, na 23ª rodada, ficou ainda entre as 10 mais vendidas de toda a liga.

Sassuolo 0-2 Roma (Città del Tricolore, 23a. rodada – Serie A)

Publicado por FastFut em Sexta, 5 de fevereiro de 2016

Salah, cujo passe ainda pertence ao Chelsea, se juntou à Roma em janeiro passado, depois de passar a segunda metade da última temporada emprestado ao Fiorentina, onde marcou 9 gols em 25 jogos.

Depois de ficar quase 40 dias afastado devido a uma lesão no final do ano passado, o jogador que apareceu no cenário europeu jogando a Liga dos Campeões pelo Basel, da Suíça, na temporada 2012/13, terminou uma seca de 7 rodadas sem marcar quando abriu o placar logo aos 11 minutos contra o Sassuolo na terça-feira, num belo chute de fora da área.

Com a saída do marfinense Gervinho para o futebol chinês, Muhamed Salah, que tem 6 gols na Serie A  e 1 na Liga dos Campeões pode ser parceiro de ataque de outro jogador de origem egípcia, o italiano Stephan El Shaarawy, que veio por empréstimo do Monaco para a Roma.

Com a saída de Gervinho, responsabilidade de marcar

Com a saída de Gervinho, responsabilidade de marcar

Os dois, além de Edin Dzeko, Totti e Iturbe têm a missão de até o fim da temporada levar o time além do atual 5º lugar e buscar uma das 3 vagas italianas na próxima Liga dos Campeões.

A Roma está a 3 pontos da Inter e a 4 da Fiorentina: no domingo, o time enfrenta a Sampdoria no Stadio Olimpico.

Além disso, a Roma ainda disputa as oitavas de final da atual Liga dos Campeões, apesar de ter um desafio enorme pela frente: o time enfrenta o Real Madrid no dia 17 no Olímpico, para depois decidir a vaga no no Santiago Bernabeu no jogo de volta no dia 8 de março.


Bayern By Dre
Comentários COMENTE

Celso de Miranda

A segunda metade do campeonato vai começar na Alemanha e o bicampeão e líder da Bundesliga Bayern de Munique tem novidades:

A Beats Electronics, ou simplesmente Beats by Dre, fabricante de headphones e equipamentos de áudio com sede em Los Angeles, na Califórnia se tornou parceiro oficial do Bayern de Munique.

Pelo acordo a empresa, que pertence à Apple será fornecedora exclusiva do campeão alemão, ajudando seus jogadores a se preparar para as partidas.

Bayern e Beats by Dre: alto desembenho

Bayern e Beats by Dre: alto desempenho

“Todos os dias os nossos jogadores demonstram um desempenho excepcional. E sua preparação psicológica com a música é tão importante quanto outros equipamentos de treinamento profissional”, disse Andreas Jung, Executivo de Marketing do Bayern.

“Exigimos muito de nossos jogadores e buscávamos um parceiro reconhecido internacionalmente, que entendesse a relação simbiótica entre música e esportes como nenhum outro.”

A marca já é a preferida de grandes atletas, como LeBron James, Serena Williams e, no futebol Mario Götze.


Rio 2016: Irã vence na abertura do Pré-Olímpico da Ásia
Comentários COMENTE

Celso de Miranda

Com dois gols no 2º tempo, o Irã venceu a Síria na abertura do Campeonato Asiático Sub-23, no Qatar, nessa terça-feira, no Estádio Jassim Bin Hamad, em Doha.

O atacante Arsalan Motahari abriu o placar (64′), num belo gol individual: o habilidoso jogador do Neft Terhan invadiu a área síria pela esquerda, venceu três adversários antes de tocar rasteiro sem chances para o goleiro Abdul Nassan.

O 2º gol saiu 8 minutos mais tarde foi do meia Milad Mohammadi (72′), que apesar da idade (22 anos) já fez duas partidas pela seleção principal de Carlos Queiroz nas Eliminatórias da Copa da Rússia.

O Irã não participa dos Jogos Olímpicos desde 1976, em Montreal.

Ainda hoje Qatar e China completam o Grupo A.

Motahhari: primeiro gol do Asiático Sub-23

Motahhari: primeiro gol do Asiático Sub-23

3 vagas
Até o dia 30 desse mês, 16 equipes divididas em 4 grupos vão disputar as 3 vagas do futebol masculino da Ásia nos Jogos Olímpicos do Rio.

Amanhã (quarta, 13), o Japão enfrenta a Coreia do Norte e á Arábia saudita pega a Tailândia pelo Grupo B. No Grupo C, o atual campeão Iraque enfrenta o Iêmen, e a Coreia do Sul joga contra o Uzbequistão.

Na quinta, os jogos do Grupo D encerram a primeira rodada: Jordânia contra Vietnã e Austrália versus Emirados Árabes Unidos.

 

 


Ambulantes em Old Trafford já vendem cachecóis com nome de Mourinho
Comentários COMENTE

Celso de Miranda

Louis van Gaal que se cuide: se depender dos comerciantes na frente do Old Trafford o holandês já é coisa do passado.

Sua vaga não foi oferecida a ninguém, garantiu o presidente do Manchester United Ed Woodward, mas o rosto e o nome do português José Mourinho já foram vistos nas arquibancadas essa tarde, no clássico contra o Chelsea.

Graças ao tino comercial dos ambulantes diante do Estádio em Manchester, que nessa segunda, antes da partida já vendiam cachecóis do United com o nome Mourinho por £ 19 (ou RS 110).

“Vendi cerca de 50 até agora”, disse um deles, Ernst Henderson, à BT Sports. “Mas até a hora do jogo espero chegar aos 200.”