Blog FastFut

Categoria : Futebol e Sociedade

Preso suspeito por ataque ao ônibus do Borussia Dortmund
Comentários COMENTE

Celso de Miranda

Dez dias após o ataque ao ônibus do Borussia Dortmund, as autoridades alemãs anunciaram nessa sexta-feira a prisão de Sergei W. (a identidade completa será mantida sob sigilo), um cidadão alemão-russo de 28 anos.

Segundo o Ministério Público Federal, o acusado lançou os explosivos contra a delegação do BVB para obter lucro financeiro, especulando com as ações do clube.

Acusado foi detido nessa sexta-feira

Qualquer ligação com o Fatah Islâmico ou com grupos de extrema direita foi descartada: “As investigações continuam, claro, mas até agora o que apuramos é que o acusado é o único responsável pelo ato”, disse a promotora Frauke Köhler, numa entrevista coletiva, agora à noite.

Segundo ela, ‘W’ foi preso pelas forças especiais do GSG 9, na manhã dessa sexta-feira em Tübingen, e será acusado de tentativa de assassinato, uso de explosivo e ataque com lesões corporais.

Ganância
De acordo com a promotoria federal, o autor do ataque queria forçar a queda no preço das ações BVB: “Desde o início do mês, ele vem adquirindo opções de compra de 3 fundos diferentes, sempre apostando na queda do preço das ações do BVB”, informou.

Köhler: motivo foi financeiro

As autoridades apuraram, ainda que em meados de março o acusado reservou um quarto para o período de 9 a 13 de abril no hotel L’Arrivée, em Dortmund, o mesmo onde a delegação do clube se concentrou para enfrentar o Monaco, pelas quartas de final da Liga dos Campeões.

O jogo no Signal Iduna Park, que seria na terça, dia 11, acabou adiado para a quarta, dia 12, e acabou com a derrota do Dortmund por 2-3 ).

No jogo de volta, na última quarta-feira (19), o time da Ligue 1 confirmou a classificação com uma vitória por 3-1, no Stade Louis II.

No mesmo dia do ataque, ele adquiriu pela Internet, no endereço de IP do hotel) 15.000 opções de títulos do BVB: segundo a promotora, um colapso do preço dos títulos teria trazido o lucro desejado, quanto mais eles caem, maior a renda auferida.

As opções de compra teriam custado a  ‘W’ algumas dezenas de milhares de euros: valor que, de acordo com as autoridades, o acusado obteve através de um empréstimo datado de 3 de Abril.

“Ainda não podemos dizer sobre o potencial de lucro o qual o acusado visava”, disse Köhler. Mas de acordo com as estimativas da mídia alemã, ele poderia receber cerca de € 3,7 milhões em dividendos.

Ataque
“O fato de que aparentemente o agressor visava ganhos financeiros, especulando com as ações do clube é simplesmente uma loucura”, disse Hans-Joachim Watzke, presidente do BVB.

Pregos: ataque à delegação do BVB

“Nos resta, dentro de nossas possibilidades, mais uma vez aumentar as medidas para garantir a segurança dos nossos jogadores e torcedores.”

No ataque, o zagueiro espanhol Marc Bartra foi ferido no pulso e no braço e teve de se submeter a cirurgia. Um policial que acompanhava o ônibus de motocicleta sofreu trauma acústico e concussão.

Segundo as investigações do Ministério Público Federal, os 3 dispositivos foram instalados ao longo de 12 metros ao longo da rota do ônibus da equipe.

“As explosões estavam focadas no ônibus”, disse Köhler. “As detonações foram feitas separadamente por meio de uma faísca desencadeada por um circuito elétrico.”

Clube mantém segurança reforçada

Segundo ela, os dispositivos estavam equipados com pregos de aço de 70 mm de comprimento por 6mm de diâmetro e um peso de cerca de 15 gramas.

Um desses pregos foi encontrado pela perícia no apoio de cabeça do 2º assento na última fila do ônibus. Outros teriam sido encontrados a uma distância de 250 metros.

Sobre a natureza do explosivo, a promotoria afirmou ainda não dispor de informações conclusivas. “Esse é um tema complexo, que ainda é foco das investigações”, disse Koehler.

O mercado de ações reagiu à prisão: as ações do BVB subiram 4% até ao meio-dia sexta-feira.


Jogador do Atlético Madrid preso por agredir a namorada
Comentários COMENTE

Celso de Miranda

O zagueiro Lucas Hernández, do Atlético Madrid, foi preso nessa madrugada em sua casa no bairro Las Rozas, em Madri, acusado de ter agredido sua namorada, segundo informações da Guarda Civil.

Atendida por paramédicos no local e posteriormente levada a um hospital, a mulher – que não teve a identidade revelada – foi atendida com cortes e lesões, que, a princípio, não são graves.

Hernandéz pode ser indiciado por violência doméstica

Hernandéz pode ser indiciado por violência doméstica

Ainda conforme fontes da Guarda Civil, a prisão do francês de 20 anos, um dos jogadores mais promissores do atual elenco do Atlético, ocorreu às 2h30 da manhã, depois que a polícia local foi chamada.

O jogador não ofereceu resistência, mas deixou o condomínio algemado e levado o quartel da Guarda Civil, onde deve permanecer até que o relatório da polícia seja concluído.

Às 9h, os investigadores aguardavam, ainda o relatório médico para ver a gravidade dos ferimentos.

Queixa
O atleta deve passar ao longo dessa manhã pelos Tribunais de Majadahonda (na região metropolitana de Madri), onde será acusado ​​de um crime de abuso (violência) para um julgamento rápido.

Até agora, a namorada não apresentou queixa, porque, de acordo com fontes da investigação, ela esperava a consulta de um advogado.

Se o juiz apreciar que existe um crime grave, porém pode determinar a abertura de um processo criminal independente da ‘queixa-crime’, além de emitir uma ordem de restrição e/ou proibição de comunicação entre o jogador e a vítima.


Antoine Griezmann, mas pode chamar de Superman
Comentários COMENTE

Celso de Miranda

O atacante Antoine Griezmann está numa fase em que praticamente tudo dá certo: autor de 14 gols em 27 jogos nessa temporada, o francês tem sido quase perfeito em praticamente tudo relacionado ao futebol: marcando gols, passando, fazendo a alegria da torcida.

Agora o jogador de 25 anos vai acrescentar algo ao seu currículo que não tem nada a ver com o esporte: a voz.

A estrela do Atletico Madrid e  da seleção francesa vai ser a voz do Superman na versão francesa do próximo “Lego Batman Movie, que estreia em fevereiro.

O ator Channing Tatum faz o Super-Homem na versão original do filme.


Real Madrid terá novo escudo nos países árabes
Comentários COMENTE

Celso de Miranda

O escudo do Real Madrid, um dos mais tradicionais e famosos do mundo do futebol, será alterado para remover a tradicional cruz cristã para a venda de materiais esportivos e produtos oficiais do clube em alguns países do Oriente Médio, como parte de um acordo regional.

A Marka, empresa dos Emirados Árabes Unidos que detém os direitos para “produzir, distribuir e vender os produtos do Real Madrid” nos países do Golfo Árabe, anunciou nessa terça-feira, que o símbolo do clube espanhol será alterado nos artigos (incluindo as camisas oficiais), que vai produzir e comercializar nos Emirados Árabes Unidos, Arábia Saudita, Catar, Kuwait, Bahrein e Omã.

Sem cruz: símbolo será alterado nos países árabes

Sem cruz: símbolo será alterado nos países árabes

Em entrevista a uma agência internacional de notícias, o vice-presidente da Marka, Khaled al-Mheiri afirmou que a mudança é discreta e visa atender às sensibilidades culturais.

“Temos que entender que partes do Golfo Árabe são sensíveis a produtos com a imagem da cruz,” explicou Al-Mheiri,  que também é proprietário de um café chamado ‘Real Madrid’, em Dubai.

Nos 6 países em que a Marka venderá produtos do Real Madrid a maioria da população é muçulmana.

Esta não é a primeira vez que o clube espanhol altera o seu símbolo nos países árabes: em 2014, o Real Madrid já tinha alterado seu escudo (retirando o símbolo cristão) numa campanha publicitária do National Bank of Abu Dhabi, um dos patrocinadores do clube.

Tags : Real Madrid


Premier League tem a maior porcentagem de jogadores estrangeiros da Europa
Comentários COMENTE

Celso de Miranda

A liga mais rica da Europa, a Premier League da Inglaterra é também o campeonato com a maior porcentagem de jogadores estrangeiros entre todas as ligas europeias, como revela uma nova pesquisa da UEFA, divulgada nessa quinta-feira.

O “Relatório de Benchmarking de Licenciamento dos Clubes” mostra que 69,2% dos jogadores da Premier League são estrangeiros:  número significativamente maior que a 2ª Liga da lista, a primeira divisão do Chipre, com 57,1%.

Em outras 6 ligas europeias a maioria dos jogadores são estrangeiros (mais de 50%), incluindo o Championship (2ª Divisão Inglesa) e a Premiership escocesa.

Com 49,2% de estrangeiros, a Bundesliga da Alemanha aparece em 9º lugar.

Dos times que disputam o topo da tabela Chelsea (78,3%) e Manchester City (77%) são os times com maior número de estrangeiros:  do outro lado, o Southampton (44.5%) tem um dos menores índices de não-ingleses.

Paul Pogba, Eden Hazard e Alexis Sanchez estão entre as estrelas estrangeiras

Pogba, Hazard e Sanchez: estrelas estrangeiras

Diversidade
A Premier League é, ainda a Liga com a maior diversidade: 65 nacionalidades diferentes estão representadas na competição. Franceses (16%) e espanhóis (15,2%) são as nacionalidades estrangeiras mais comuns.

Mas a maior concentração de jogadores estrangeiros de um só país em uma liga ocorre em Portugal, onde pouco mais de 25% (1/4) dos jogadores da primeira divisão são brasileiros.

As 10 ligas da Europa com maior porcentagem de jogadores estrangeiros

PaísCompetiçãoPercentagem
InglaterraPremier League69,2%
ChiprePrimeira divisão57,1%
BélgicaJupiler Pro League55,8%
PortugalLiga NOS55,6%
ItáliaSerie A55,5%
InglaterraChampionship50,8%
EscóciaScotish Premiership50,5%
LuxemburgoBGL Ligue50,4%
Alemanha1. Bundesliga49,2%
SuíçaSuper League48,6%

Presidente do Bayern vai multar jogadores que não falam alemão
Comentários 1

Celso de Miranda

De volta à presidência do Bayern de Munique depois de cumprir 42 meses de prisão por evasão fiscal, Uli Hoeness alertou os jogadores estrangeiros do clube para começar a aprender alemão caso não queiram ser multados.

O recado do dirigente é para jogadores como o brasileiro Douglas Costa, o chileno Arturo Vidal, o francês Kingsley Coman e o português Renato Sanches, que chegaram à Baviera nos últimos anos, mas que ainda lutam para aprender o idioma.

Hoeness na Bild: 'mais aberto do que nunca'

Hoeneß na Bild: ‘mais aberto do que nunca’

Para ele, que foi tema de capa da revista SportBild dessa semana, falar alemão é crucial para a integração entre os jogadores, para a comunicação do elenco com a comissão técnica e com a diretoria, e não menos importante, para a identificação com o torcedor do clube, que, afinal, é quem paga todas as despesas.

“A língua principal no vestiário deve ser alemão ou acabam se formando pequenos grupos dentro do elenco, o que só prejudica o desempenho do time,” disse Hoeness.

“Não é bom quando o jogador não pode participar das conversas, não compreende as informações dos técnicos e assistentes,” afirmou. “Se você quer se integrar a um clube, tem que aprender o idioma. Caso contrário isso é um sinal de que você está usando o clube apenas como um trampolim.”

Hoeness afirmou que as estrelas estrangeiras do clube devem intensificar as tentativas e esforços para aprender o alemão e citou o treinador italiano Carlo Ancelotti como um bom exemplo.

Ancelotti: na primeira coletiva, em 6 meses, o italiano se livrou dos fones e da tradução simultânea. Agora

Ancelotti: em menos de 6 meses, o italiano se livrou dos fones e da tradução simultânea

“Em pouco tempo ele já está falando alemão,” disse Hoesness. “Ancelotti sabe que a boa comunicação é fundamental para o trabalho de um treinador e também mostrou o que se pode fazer quando você realmente se dedica.”

Exemplo e multa
Hoeneß lembrou que quando Franck Ribery se juntou ao Bayern, ele via o clube como um primeiro degrau para uma carreira internacional: “Mas então ele percebeu como o Bayern era importante e aprendeu alemão. Esse é o caminho a percorrer”, afirmou.

Para ele, nos últimos anos não tem sido dada importância suficiente ao assunto, mas isso agora vai mudar: “Devemos tornar isso uma regra: ou os jogadores falam alemão ou serão multados.”

O dirigente de 64 anos, porém não detalhou como a regra vai funcionar, ou quais serão as multas.


Guardiola contra a Copa do Mundo com 48 times: “Vamos matar os jogadores”
Comentários 14

Celso de Miranda

O técnico do Manchester City Pep Guardiola mostrou nessa sexta-feira o seu desagrado com a ideia do presidente da FIFA Gianni Infantino de aumentar o número de times na Copa do Mundo.

“Nós temos que proteger os atletas e não estamos fazemos isso”, afirmou Guardiola. “Estamos exigindo demais deles. É um problema em todo o mundo e agora eles estão falando de uma Copa do Mundo de 48 equipes. Vamos matar os jogadores.”

Pela proposta de Infantino, o Mundial passaria a ser disputada por 48 equipes (atualmente são 32 países), que seriam divididos em 16 grupos de 3 seleções.

Guardiola: "Quantidade não qualidade"

Guardiola em defesa dos atletas, quer foco na qualidade dos jogos, não na quantidade

As declarações do ex-meio campista espanhol veio na mesma semana em que a UEFA confirmou o regulamento da Liga das Nações, que terá a participação das 55 seleções europeias e será disputada de 4 em 4 anos, a partir de setembro de 2018.

“Eles [os dirigentes da FIFA e da UEFA] estão focando em fazer cada vez mais e mais jogos, mas temos que pensar sobre a qualidade das partidas,” afirmou Guardiola.

“Os jogadores não descansam e vivem constantemente sobre pressão, ninguém pode ser saudável e ter um bom desempenho dessa forma.”

Segundo ele, os atletas têm de parar para para descansar, respirar e para aproveitar suas vidas também. “Com mais competições, mais jogos isso é impossível.”

“Nós terminamos uma temporada e uma semana depois começa a Copa do Mundo. Então depois de 3 semanas submetidos a grande pressão os jogadores vão para a pré-temporada, viajam  para a China, Estados Unidos, Austrália e então você volta e são mais 11 meses novamente… E então vem o Campeonato Europeu, a Copa América e essa rotina se repete por 10 ou 12 anos”, listou. “Nós não estamos pensando no bem estar físico e mental dos jogadores.”

Infantino: o presidente da FIFA quer Copa com 48 seleções

Infantino: o presidente da FIFA quer Copa com 48 seleções

Substituições
O espanhol disse, ainda que o aumento do número de jogos pode ser uma inevitabilidade diante da atual estrutura do futebol mundial, mas exortou os formuladores de regras a serem criativos em sua abordagem para proteger os jogadores: uma das ideias para isso seria permitir mais substituições durante as partidas.

“Hoje são apenas 3 substituições, por que não podemos fazer 4 ou 5?”, questionou. “Todos os jogadores estariam mais envolvidos com o jogo e os treinadores poderiam usar táticas diferentes. Haveria menos lesões, jogos mais abertos, tudo seria melhor.”

Perguntado sobre se a possibilidade de mais trocas não beneficiaria os grandes times, que têm elencos maiores com mais dinheiro para gastar, Guardiola foi franco: “A formação de grandes elencos e, portanto a necessidade de mais dinheiro sempre será uma realidade no futebol de hoje.”

 


Crianças argentinas dão exemplo de fair-play
Comentários COMENTE

Celso de Miranda

Se você pensou que a esportividade estava morta e sepultada no futebol moderno estava muito enganado.

O futebol é um negócio competitivo e muitas vezes não há nenhum respeito, amizade ou companheirismo entre os jogadores, que, cada vez mais jovens se enfrentam em partidas que não por coincidência são comparadas a batalhas ao redor do mundo.

Um cínico diria que o amor ao esporte não é mais uma parte integrante do jogo, mas eis que uma cena de crianças reacende as esperanças: o clipe mostra o time infantil do River Plate enfrentando o Córdoba, na Argentina

A bola sai em escanteio, mas um jovem jogador do Cordoba está com as chuteiras desamarradas, o que é um problema, já que ele ainda não aprendeu como amarrá-las sozinho.

Mãozinha: jovem jogador do River dá bom exemplo

Bom exemplo: jovem jogador do River ajuda adversário

A solução vem com um jogador do River, que rapidamente se ajoelha para ajudar o mais jovem, enquanto o árbitro interrompe a partida para permitir que a dupla complete o serviço.

O gesto dos garotos é realmente uma das coisas mais legais ​​que o futebol pode proporcionar.


Mais que futebol: times, jogadores e torcedores podem ter salvo uma vida
Comentários COMENTE

Celso de Miranda

A partida de hoje entre Sunderland e Everton no Stadium of Light, em Sunderland no nordeste da Inglaterra será inesquecível para o garoto Bradley Lowery.

Recentemente diagnosticado com câncer pela 2ª vez, o jovem torcedor de apenas 5 anos entrou em campo de mãos dadas com o capitão do time da casa Jermaine Defoe.

Além de fazer a alegria do pequeno ‘mascote’, no entanto a ação do clube visou divulgar a campanha #justonepound para arrecadar fundos para o tratamento do garoto, pelo qual cada pessoa podia doar £ 1 por meio de mensagem de texto por celular.

Torcedor mirim comoveu até os rivais

Torcedor mirim do Sunderland, Bradley fez amizade com os jogadores do Everton

O Everton que venceu o jogo por 3-0 anunciou uma doação de £ 200 mil (ou RS$ 864 mil) para o fundo.

O nome de Bradley também foi cantado pelos torcedores das duas equipes no 5º minuto da partida (em referência aos seus 5 anos de idade).

Doença e cura
Ele foi originalmente dado como curado em 2014, mas o câncer foi encontrado novamente há poucas semanas durante um check-up.

Black Cat: o mascote oficial do time ganhou um abraço especial

Black Cat: o mascote oficial do time ganhou um abraço especial

Com a aparição de Bradley como mascote na partida transmitida para toda a Inglaterra e mais a doação do Everton, o total arrecadado nessa segunda-feira já estava perto dos £ 500 mil.

O Everton também convidou Bradley e sua família para o jogo de volta em Goodison Park, em 25 de fevereiro.


Com 3 gols em 11 minutos, Lukaku desencanta e garante vitória do Everton
Comentários COMENTE

Celso de Miranda

O belga Romelu Lukaku encerrou sua seca de gols na Premier League e marcou 3 gols em 11 minutos nessa segunda feira, na vitória do Everton por 3-0 sobre o Sunderland no Stadium of Light, no encerramento da 4ª rodada.

Сандерленд – Эвертон (Обзор матча) “MyFootball.ws” от MyFootball.ws – Футбол онлайн на Rutube.

Há 13 jogos sem marcar pelo Everton, desde março, o atacante abriu o placar depois de uma que jogada que começou com uma retomada de bola de Gerard Deulofeu ainda no campo de defesa.

O espanhol avançou até a intermediária do Sunderland e tentou o passe na área. Após o corte da defesa, a bola sobrou para o senegalês Idrissa Gueye, que cruzou para Lukaku completar de cabeça (60′).

Apenas 8 minutos depois, Lukaku ampliou: dessa vez, a jogada foi toda do atacante congolês Yala Bolasie, que entrou pela esquerda e cruzou na cabeça do artilheiro, que estava sozinho na pequena área e só teve o trabalho de empurrar para dentro.

Desencantou: 3 gols em 11 minutos

Desencantou: Lukaku não marcava pelo Everton desde março

O time da casa parecia paralisado pelos dois gols seguidos do Everton, quando Kevin Mirallas lançou e Lukaku entrou sozinho atrás da defesa para da entrada da área deslocar o goleiro Jordan Pickford e marcar o 3º (71′).

Com a vitória o Everton encerra a rodada na vice-liderança ao lado do Chelsea (10 pontos), 2 a menos que o líder é o Manchester City.

Com apenas 1 ponto o Sunderland é o penúltimo.

No próximo sábado (17), o Everton recebe o Middlesbrough, no Goodison Park. No domingo (18), o Sunderland vai a Londres enfrentar o Tottenham.

Mais que um jogo
A partida dessa segunda-feira entre Sunderland e Everton será inesquecível para o garoto Bradley Lowery, torcedor do Sunderland, que entrou em campo de mãos dadas com o capitão do time Jermaine Defoe.

Aos 5 anos, Bradley foi recentemente diagnosticado com câncer pela 2ª vez. Além de fazer a alegria do pequeno ‘mascote’, a ação do time do nordeste da Inglaterra visa divulgar a campanha @bradleyfight que visa arrecadar fundos para o tratamento do garoto.