Blog FastFut

Arquivo : Bayer Leverkusen

Meia do Leverkusen marca o gol nº 50.000 da Bundesliga
Comentários Comente

Celso de Miranda

O meia Karim Bellarabi fez história nessa sexta-feira, ao marcar o gol de número 50.000 da história da Bundesliga: o jogador do Bayer Leverkusen abriu o placar na vitória sobre o Augsburg (1-3), na abertura da 21ª rodada.

Sem marcar a 8 jogos, o mexicano Javier Chicharito Hernandez fez os outros 2 gols dos visitantes (41′ e 65′). Dominik Kohr marcou para o Augsburg (60′).

Com a vitória, o Leverkusen chega a 30 pontos e sobe uma posição (8º), ultrapassando o Freiburg, que joga no sábado contra o Hamburgo.

Com 24 pontos, o Augsburg é o 13º, mas pode ser superado pelo Wolfsburg, que enfrenta o Borussia Dortmund, no Signal Iduna Park, nesse sábado.

Rápido
Bellarabi já possuia a marca de “gol mais rápido” da Bundesliga, marca que ele divide com Kevin Volland: ambos marcaram aos 9 segundos de jogo.

O jogador do Leverkusen marcou na 2ª rodada temporada 2014/15, na vitória por 2-0 fora de casa, contra o Dortmund.

Já Volland marcou pelo Hoffenheim na 2ª rodada da temporada passada, na derrota diante do Bayern de Munique (1-2).

Números
O primeiro gol da Bundesliga na temporada de estreia em 1963, foi do atacante Timo Konietzka, do Dortmund, na vitória por 3-2 sobre o Werder Bremen.

Com os 4 da partida dessa sexta-feira, 50.003 gols já foram marcados em 54 anos de história da Bundesliga. Veja alguns números curiosos:


  • 21.786 gols… no 1º tempo
  • 28 217… no 2º
  • 3.391 de pênalti
  • 3.370… foram marcados por jogadores que vieram do banco
  • 46… por goleiros
  • 984gols- contra
  • 214… saíram antes do 1º minuto
  • 6.304… nos primeiros 15 minutos (0′ a 15′)
  • 10.718… nos últimos 15 minutos (75′ a 90′)
  • e 617… nos acréscimos

 


Com gol de Chicharito, Leverkusen bate o Wolfsburg
Comentários Comente

Celso de Miranda

Conduzido por uma grande apresentação de Julian Brandt, o Bayer Leverkusen venceu o Wolfsburg por 3-0 nessa sexta-feira na BayerArena, na abertura da 28ª rodada da Bundesliga e assumiu a 4ª colocação (45 pontos), pelo menos até as partidas do Schalke 04, diante do Ingolstadt, no sábado, e do  Borussia M’gladbach contra o Hertha, no domingo.

Com a derrota, os Lobos vão acabar a rodada em 8º, com 38 pontos.

Atacante titular da Sub-21, Brandt abriu o placar ainda no primeiro tempo, aos 27′. Javier “Chicharito” Hernandez ampliou (73′) e o ucraniano Vladlen Yurchenko (87′), com o seu primeiro gol na Bundesliga, garantiu a 13ª vitória da equipe do treinador Roger Schmidt na temporada.

“Na verdade não jogamos o que podíamos hoje, não há palavras para explicar”, disse o diretor de futebol do Wolfsburg Klaus Allofs, na SkyTV.

“Parece que entramos em campo em Leverkusen, mas com a cabeça já voltada para a partida com o Real.”

Na quarta-feira, o Wolfsburg recebe o Real Madrid na primeira partida das quartas-de final da Liga dos Campeões, num jogo histórico para o clube alemão, que pela primeira vez chega a essa fase da competição europeia.

Chicharito: 15 gol na temporada

Javier Chicharito: 15º gol na temporada

Chicharito
Com Karim Bellarabi e Stefan Kießling de volta da seleção e a liderança do sempre eficiente Hakan Calhanoglu, o Bayer logo tomou a liderança da partida e poderia ter aumentado ainda no primeiro tempo.

Após o intervalo, porém o Wolfsburg tentou ser mais ofensivo, mas o gol de Chicharito, o 15º do mexicano na temporada rompeu a resistência dos Lobos.

No fim, o Leverkusen, que sempre teve as chances mais agudas acabou encontrando confiança para buscar o 3º gol.

O Bayer também comemorou o retorno de Lars Bender, que depois de quase 5 meses afastado por conta de uma grave lesão jogou por quase 60 minutos.


Leverkusen — e 3 gols de Chicharito — destroem série invicta do Gladbach
Comentários Comente

Celso de Miranda

Com três gols de Javier Chicharito Hernandez e dois de Stefan Kiessling, o Bayer Leverkusen impôs a primeira derrota ao Borussia Mönchengladbach sob o comando do técnico Andre Schubert na Bundesliga.

Depois da boa partida no meio de semana diante do Barcelona apesar da desclassificação na Liga dos Campeões, a vitória levou o Leverkusen à 6ª posição (24 pontos), de volta na briga por uma vaga na competição europeia na próxima temporada.

“Temos que admitir que o inimigo hoje deu as cartas”,  admitiu em entrevista à ARD, Granit Xhaka, capitão do Gladbach, que vinha de , que vinha de vitória sobre o Bayern de Munique.

“[O técnico] Schubert vai encontrar as razões para a derrota. Eu sei que dentro de campo nós tentamos reagir, mas hoje simplesmente não encontramos alternativas para fazermos nosso jogo.”

Com a derrota, o Gladbach caiu para a 5ª colocação (26), ultrapassado por Hertha (29), que fez 4-0 em Darmstadt 98, e pelo Wolfsburg (26), que empatou com o Hamburgo.

 


BVB ganha de um Leverkusen inofensivo e volta à ponta
Comentários Comente

Celso de Miranda

O Borussia Dortmund venceu sem qualquer dificuldade por 3-0 o Bayer Leverkusen no Signal Iduna Park e segue sua série histórica de vitórias, que- de quebra – tirou, mais uma vez, o Bayern de Munique da liderança da Bundesliga, apesar dos dois times terem a mesma pontuação: 15 pontos.

Borussia Dortmund v Bayer Leverkusen
HIGHLIGHTS: Borussia Dortmund v Bayer 04 Leverkusen FussballDortmund racked up its 18th goal in five matches to sit atop the Bundesliga table with a better points differential than even the mighty FC Bayern München. Could the championship be heading back to North Rhine-Westphalia this season.

Posted by beIN SPORTS Australia on Domingo, 20 de setembro de 2015

Foi a 11ª vitória da equipe do técnico Thomas Tuchel em sua 11ª partida oficial na temporada. Assim o BVB começa pela 2ª vez na história do clube com 100% de aproveitamento (15 pontos nos primeiros 5 jogos do campeonato).

Jonas Hoffman abriu o placar no primeiro tempo, e Shinji Kagawa e Pierre-Emerick Aubameyang, de pênalti marcaram no segundo. O gabonês chegou ao seu 6º gol na temporada e se igualou a Thomas Müller, do Bayern, na artilharia do campeonato.

Já o Leverkusen, que havia vencido o BVB nos últimos dois anos em Dortmund, sofreram sua  3ª derrota Bundesliga.

In Sachen “Gemeinsame Flüchtlingsaktion”Auszug aus der PK am Samstag: Was wir zum Thema “Gemeinsame Flüchtlingsaktion” nicht oft genug betonen können… #refugeeswelcome

Posted by Borussia Dortmund on Domingo, 20 de setembro de 2015

“A equipe foi muito bem em todos os setores”, elogiou o treinador Thomas Tuchel, em entrevista coletiva após a partida. “Foi um jogo incrivelmente intenso e o mérito do time foi conseguir não diminuir o ritmo em nenhum momento… Desde de o início o time esteve muito focado, muito dedicado a cada uma das questões que discutimos e combinamos nos treinamentos.”

“Manter esse nível de concentração, ainda mais sendo nosso  3º  jogo na semana, em duas competições diferntes é muito difícil e o crédito é todo dos jogadores”, disse Tuchel.

. Voltar para fora, então, nós encontramos de novo o acesso completo e


BATE Borisov perde em campo e seus torcedores pedem “Refugees Go Home”
Comentários Comente

Celso de Miranda

Entre os 24.280 espectadores na BayerArena havia 500 refugiados de abrigos da região de Leverkusen convidados pelo Bayer, para assistir, nessa quarta-feira, à estreia do time na Liga dos Campeões diante do BATE Borisov.

Do outro lado, na área reservada para a torcida visitante, 30 ou 40 torcedores bielorrussos abriram uma faixa onde se lia “Refugiados Vão Embora”.

É quase irônico, que o primeiro gol saísse logo aos 4 minutos de jogo e que seu autor fosse o recém-chegado Admir Mehmedi, suíco naturalizado, nascido em Gostivar, na Macedônia, de onde fugiu aos 2 anos com a família de origem albanesa-muçulmana para evitar a área de guerra… Ou seja, refugiados 1-0.

"Go Home": torcedores do BATE não querem refugiados na Europa querem refugia

“Go Home”: torcedores do BATE não querem refugiados na Europa querem refugia

Depois do empate do Borisov, no segundo tempo o Bayer fez mais dois gols com Hakan Çalhanoğlu: nascido em Mannheim, na Alemanha, o meia-atacante de 21 anos é filho de refugiados turcos… 3-1 refugiados!

No final, é quase simbólico… Um mexicano, outro recém-chegado, Chicharito Hernanez fechou a goleada!

O BATE não tem em seu elenco nenhum jogador de fora da Europa: entre os 11 titulares de hoje, havia apenas três estrangeiros: o zagueiro Kaspars Dubra (Letônia) e sérvios Nemanja Milunović (autor do gol) e Filip Mladenović.

 


Champions: Manchester United avança, Leverkusen vira e elimina Lazio
Comentários Comente

Celso de Miranda

Os últimos cinco times a garantir vaga na fase de grupos da Liga dos Campeões da UEFA foram definidos nessa quarta-feira na última rodada dos play-offs: United, Leverkusen, CSKA, BATE e Astana se classificaram.

واين روني يسجل الهاتريك و يقود الشياطين الحمر لدوري الأبطال.There’s the hat-trick and Wayne Rooney has answered his critics in style! #UCL

Posted by beIN SPORTS on Quarta, 26 de agosto de 2015

 

Destaque para Wayne Rooney que marcou 3 vezes na goleada por 4-0 do Manchester United sobre o Club Brugge na Bélgica. Ander Herrera marcou o 4º. (depois de Chicarito Hernandez perder um pênalti).

O United se junta ao Real Madrid e Barcelona entre as equipas com 20 presenças em fases de grupos.

Por coincidência, o Club Brugge vai estar pela 20ª temporada consecutiva na Liga Europa (Copa da UEFA).

تشيشاريتو ينزلق ،يضيع ضربة الجزاء و يضع مدربه فان غال في حيرة…Chicharito slips and fluffs his penalty chance! Van Gaal wasn’t impressed… #UCL

Posted by beIN SPORTS on Quarta, 26 de agosto de 2015

 

Viradas
Lazio e Sporting, que haviam conseguido fazer uma pequena vantagem na semana passada jogando em casa, acabaram eliminados por CSKA e Leverkusen, respectivamente.

Dois gols do marfinense Seydou Doumbia e outro do nigeriano Ahmed Musa deram a virada ao CSKA sobre o Sporting Lisboa que saiu na frente, com um gol do colombiano Teófilo Gutiérrez: a vitória por 3-1 nessa quarta em Moscou compensou a derrota na semana passada em Lisboa (2-1).

Bayer Leverkusen volta para sua 10ª participação na fase de grupos

Bayer Leverkusen volta para sua 10ª participação na fase de grupos

Em Leverkusen, Hakan Çalhanoğlu igualou a eliminatória perto do final da primeiro tempo, e logo no início do segundo Admir Mehmedi ampliou. Karim Ballarabi selou a classificação dos alemães que vão estar pela 10ª vez na sua história na fase de grupos.

História
Mas foi no Chipre, com um empate diante do APOEL, que o Astana, fez história. O time que havia vencido a primeira mão por 1-0 saiu atrás no marcador, numa cobrança de falta de Semir Štilić, mas o sérvio Nemanja Maksimović empatou a seis minutos do apito final e colocou pela primeira vez uma equipe do Cazaquistão numa fase de grupos da Liga dos Campeões.

Igor Stasevich marca para o BATE: gol fora garantiu vaga ao time da Bielorrússia

Igor Stasevich marca para o BATE: gol fora garantiu vaga ao time da Bielorrússia

O gol marcado em Belgrado nessa quarta na derrota para o Partizan, e a vitória por 1-0 na primeira partida em Borisov garantiram a vaga ao BATE, que pela 5ª vez parte da 2ª Pré-eliminatória e consegue um lugar na fase de grupos.

O sorteio da fase de grupos acontece nessa quinta-feira às 12h45. Os times eliminados nessa fase participam do sorteio da Liga Europa na sexta-feira, pelas 8h.


Bundesliga: times ainda lutam – e se provocam – por uma vaga na Champions
Comentários Comente

Celso de Miranda

Não é porque já tem campeão na Alemanha que a emoção diminui faltando apenas três rodadas: a rodada começou na sexta com o empate entre dois times desesperados para escapar do rebaixamento: Hamburgo 1-1 Freiburg.

Com o resultado os dois times podem acabar a 32º rodada na zona de rebaixamento, caso Hannover e Paderborn vençam seus jogos amanhã (contra Werder Bremen e Wolfsburg, respectivamente).

No alto da tabela, depois de vencer o Bayern em Munique e o vice-líder Wolfsburg, na partida que deu o título aos bávaros, o Borussia Mönchengladbach (3º colocado, 60 pontos) defende uma longa invencibilidade de 11 jogos contra o Bayer Leverkusen (4º lugar, com 58), numa partida que pode decidir uma vaga na próxima Liga dos Campeões.

Em campo, duas das principais revelações da temporada: do lado do Bayer, o nome é Julian Brandt, um dos mais jovens artilheiros da história da Bundesliga, que marcou em cada um dos últimos três jogos (no vídeo, seu gol na 31ª rodada).

No M’Gladbach, todos os olhos se voltam para Christoph Kramer, um jogador que dificilmente permanece no clube (ou na Alemanha) na próxima temporada.

Provocações

Provocação: vocês se lembram?

Leverkusen tira sarro: lembram dessa?

A importância da partida está refletida, ainda nas provocações entre as duas equipes: nessa sexta-feira, o Leverkusen postou numa rede social uma foto do placar com a goleada que o Bayer aplicou em  29 de outubro de 1998, na casa do rival e a mensagem cheia de ironia: @borussia “Olhando nossos arquivos de ’98 – encontramos algumas fotos. Vocês têm essas?

Salva de prata: o Leverkusen jamais venceu o título alemão

Salva de prata: o ‘Never’-kusen jamais venceu o título alemão

Alguns minutos depois, no entanto veio a resposta, no mesmo tom sarcástico do Mönchengladbach: “Infelizmente não – Verificando aqui no nosso arquivo só encontramos cinco dessas peças aqui.”

E anexou a foto da Salva de Prata, a bandejona que só o M’Gladbach, como campeão alemão recebeu em 1969/70, 1970/71, 1974/75, 1975/76, 1976/77 e que o “Never-kusen” jamais conquistou.

Todos os jogos da 32ª  rodada

Todos os jogos da 32ª rodada

 

 

 


< Anterior | Voltar à página inicial | Próximo>