Blog FastFut

Arquivo : Borussia Dortmund

Aubameyang marca e se isola na artilharia da Bundesliga
Comentários Comente

Celso de Miranda

Logo após perder um pênalti, defendido pelo goleiro norueguês Rune Jarstein, o atacante Pierre-Emerick Aubameyang marcou o gol, que impediu a derrota do Borussia Dortmund em casa, diante do Hertha Berlin, na abertura da 7ª rodada da Bundesliga, nessa sexta-feira.

O empate foi o 25º jogo invicto do Borussia Dortmund em casa, um novo recorde para o clube. A antiga marca de 24 jogos datava do período entre 3 de novembro de 2001 e 15 de março de 2003.

O gol de Aubameyang, completando o cruzamento de Ousmane Dembelé, levou ainda o atacante do Gabão ao topo da tabela de artilheiros na temporada com 6 gols.

No final, o 1-1 acabou sendo um resultado justo depois de um primeiro tempo de muita marcação, mas poucas chances de gol, o suíço Valentin Stocker abriu o placar aos 5′ depois de recebeu uma linda assistência de calcanhar do bósnio Vedad Ibišević.

“Foi extremamente difícil criar chances diante de um adversário muito duro, que tem um jogo muito compacto e é extremamente disciplinado taticamente”, disse o técnico Thomas Tuchel.

“Mas fomos persistentes, mantivemos nosso ritmo e conseguimos duas ou 3 chances. No fim o empate foi um resultado justo.”

Artilheiro: 6 gols em 7 rodadas

Artilheiro: 6 gols em 7 rodadas

O empate manteve inalterada as posições dos dois times que mantiveram na tabela: o Hertha é o 2º (14 pontos) e o Dortmund em 3º(13). Ambos, porém podem ser superados na rodada pelo Colônia, que joga em casa, no sábados, contra o Ingolstadt e pelo RB Leipzig, que joga no domingo em Wolfsburg.

Nos momentos finais, o árbitro Patrick Ittrich expulsou o turco Emre Mor (84′), do Dortmund, e Valentin Stocker (90′) do Hertha.

Na próxima rodada, no sábado o Dortmund joga fora de casa contra o Ingolstadt, enquanto o Hertha recebe o Colônia em Berlim.


Na reestreia de Götze, Dortmund cai diante do caçula RB Leipzig
Comentários Comente

Celso de Miranda

Pela primeira vez em mais de 22 anos nesse sábado o futebol da Bundesliga voltou a Leipzig, a maior cidade da ex-Alemanha Oriental: depois de um empate fora de casa na estreia diante do Hoffenheim (2-2), o RB Leipzig venceu o Borussia Dortmund por 1-0 diante de 42,558 torcedores, que lotaram a Red Bull Arena, em jogo válido pela 2ª rodada.

A última vez que o VfB Leipzig (extinto em 2004) jogou na primeira divisão foi na temporada 1993/94, quando terminou na última colocação.

Recém promovido à primeira divisão, o RasenBallsport Leipzig (time  criado há apenas 7 anos como Red Bull Leipzig, mas que trocou de nome por exigências legais da Bundesliga) conseguiu sua primeira e histórica vitória, graças a um gol de Naby Keita no último minuto de partida.

O guineense de 21 anos, que entrou em campo aos 85′, para substituit o meia Dominik Kaiser completou a boa jogada do ex-Stuttgart  Timo Werner, de 20.

“Claro que isto é fantástico para o clube, a cidade e a região”, comemorou o treinador Ralph Hasenhüttl do RB Leipzig. “A partir da metade do 2º tempo eu já tinha a sensação de que estávamos mais perto do gol e da vitória. A partir daí foi uma questão de controlar os ânimos e aproveitar as oportunidades.”

Bundesliga volta a Leipzig depois de 22 anos

Festa: Bundesliga volta a Leipzig depois de 22 anos

“Para vencer na Bundesliga vários fatores têm que se encaixar e foi o caso hoje”, disse Hasenhüttl. “Você precisa de sorte, mas em última análise você precisa ter um plano de trabalho, precisa de jogadores comprometidos com o plano até o último minuto.”

“Nós sabemos de onde viemos, mas sabemos também onde queremos chegar”, afirmou. “Respeitamos a todos, mas não tememos ninguém. E acreditamos que ainda podemos fazer muito nessa liga.”

Auto-crítica
Para o Borussia Dortmund, a partida, que marcou a volta de Mario Götze à equipe foi particularmente decepcionante.

Reestreia: Götze voltou ao time, ainda longe da torcida

Reestreia: Götze voltou ao time, ainda longe da torcida

O time, que se mostrou surpreendentemente inofensivo e teve uma de suas mais fracas atuações sob o comando do do técnico Thomas Tuchel, estreia na quarta-feira na Liga dos Campeões diante do Legia, pelo Grupo F, no Stadion Wojska Polskiego, em Varsóvia.

“Em 90 minutos chutamos apenas uma vez ao gol”, contabilizou Tuchel, para quem o time cometeu muitos erros de passe e não conseguiu transformar a posse de bola em chances para marcar. “Com essa falta de precisão é muito difícil vencer.”

Sábado na Bundesliga

Bayern e Hertha: 100%

Após os jogos do sábado, apenas Bayern e Hertha mantiveram os 100% de aproveitamentoe dividem a liderança: a rodada se completa no domingo com 4 times que ainda buscam a primeira vitória: o Werder Bremen recebe o Augsburg e o Mainz enfrenta o Hoffenheim.

Pela Bundesliga, no próximo sábado, o Leipzig enfrenta o Hamburgo no Volksparkstadion, enquanto o Dortmund recebe o Darmstadt no Signal Iduna Park.


99,85% dos torcedores do Dortmund renovaram seus carnês para a temporada
Comentários Comente

Celso de Miranda

Terminou nessa semana o prazo para os torcedores do Borussia Dortmund renovarem seus carnês para a temporada 2016/17  da Bundesliga: e das 55 mil assinaturas disponíveis 54.916 (ou 99,85%) foram prorrogadas.

99,85%: apenas 84 pessoas não renovaram suas assinaturas

99,85%: apenas 84 pessoas não renovaram suas assinaturas

Apenas 84 torcedores, portanto não exerceram o direito de renovação.

“Este é um sinal notável de confiança,” declarou o CEO Borussia Dortmund Hans-Joachim Watzke, ao enviar uma mensagem de agradecimento a todos os detentores de bilhetes de temporada:

“Nós prometemos aos nossos torcedores que nosso futebol será como sempre, todo coração e paixão, seja no Signal Iduna Park, seja na estrada.”

A taxa de renovação de 99,85% estabelece um novo recorde do clube. No ano passado, 93 pessoas optaram por não renovar suas assinaturas de bilhetes, dessa vez o número caiu para 84: a maioria, segundo Watzke, alegou motivos privados ou pessoais, entre eles mudança para localidades distantes, questões familiares e financeiras.

Com um público médio de 81.178 espectadores por jogo em casa na Bundesliga (99,9% total), o Borussia Dortmund vem sendo o time que atrai mais público na Europa, seguido pelo Barcelona (78.881), em La Liga, e Manchester United na Premier League (75.286 ).

Com 17 ou 19 jogos

Com 17 ou 19 jogos: os maiores públicos

 


Vídeo: treino do Dortmund vira show de habilidade
Comentários Comente

Celso de Miranda

Depois da semana cheia, com duas vitória na estrada, na quarta-feira, em Berlim um 3-0 o Hertha na semifinal da Copa da Alemanha, depois no sábado, pela liga, outra vitória sobre o Stuttgart, na Mercedes-Benz Arena, o Dortmund foi buscar refúgio no clima montanhoso do Centro de Treinamento em Brackel, perto de Darmstadt, a 200 km de Dortmund.

Parecia um treino normal para os zagueiros Mats Hummels, Łukasz Piszczek e Marcel Schmelzer, além do meia Julian Weigl e a estrela Pierre-Emerick Aubameyang, até aparecerem uns trabalhadores bons de bola…

Claro que é uma brincadeira armado com um grupo de foot stylers alemães parte de uma promoção de uma indústria de automóveis, a Opel Deutschland, patrocinadores do clube.

O Dortmund volta a campo no sábado pela 32ª rodada da Bundesliga, no Signal Iduna Park contra o Wolfsburg.


Thomas Tuchel: o outro lado de Dortmund e Liverpool
Comentários Comente

Celso de Miranda

Todas as atenções estarão sobre técnico Jürgen Klopp, durante confronto entre Borussia Dortmund e Liverpool essa tarde pelas quartas de final da Liga Europa: afinal é a primeira vez que o ex-treinador do BVB volta ao clube e ao estádio Signal Iduna Park, diante da torcida que o consagrou.

Mas seria injusto não destacar aquilo que o técnico Thomas Tuchel trouxe ao Borussia Dortmund desde que chegou, desde o início dessa temporada.

Tuschel: o outro rosto de Dortmund e Liverpool

Tuchel: a outra voz de Dortmund e Liverpool

O time ainda não perdeu em 2016 e vem de uma série de boas vitórias, incluindo a virada sobre o Werder Bremen por 3-2, no último fim de semana e para a maioria é o favorito no confronto diante do Liverpool.

No entanto, se há alguém que sabe como surpreender a equipa alemã é o seu antigo treinador, que conduziu o Liverpool à primeira participação nos quartas-de-final de uma competição europeia desde 2009/10.

Na entrevista de imprensa nessa e quarta-feira tarde antes da primeira partida contra o Liverpool no Signal Iduna Park, o treinador  Thomas Tuchel não escapou de responder novamente às perguntas sobre o fato de enfrentar o seu antecessor.

Ele lembrou, no entanto que para ele isso não é não é novidade, pois já sucedeu Klopp uma vez, no comando do Mainz.

Veja as opiniões do treinador Thomas Tuchel:

…sobre o jogo:
“O Liverpool tem melhorado a cada jogo. É um time cada vez mais forte e competitivo a cada semana e, em grande parte devido à entrada do Jürgen. Acho que estão se transformando num time extremamente difícil de se enfrentar, que se defende muito bem e contra quem é difícil criar chances de marcar. E eles têm, ainda talentos individuais realmente de primeiro nível.

No entanto nossos jogadores vêm mostrando durante semanas e meses que são capazes de dar jogar seu máximo quando são confrontados com uma tarefa tão difícil.

Velhos conhecidos: em 2012, Tuschel já seguia os passos de Klopp, no Mainz

Velhos conhecidos: em 2012, Tuchel já seguia os passos de Klopp, no Mainz

Eles estão conscientes de que para vencer os grandes jogos é necessário um desempenho superior, mas também que o sentimento e a atitude diante da ocasião podem desequilibrar a balança ao nosso favor. Estamos muito motivados, e sabemos que teremos de fazer uma grande exibição.

…sobre o reencontro com Jürgen Klopp:
“Para mim, não é a primeira vez, eu estou me acostumando com isso. Como treinador do Mainz nos enfrentamos muitas vezes na Bundesliga, na Copa da Alemanha. E Qualquer coisa diferente de uma calorosa recepção das arquibancadas seria uma surpresa pra todos.

O que ele fez pelo por aqui tenho certeza de que ninguém se esqueceu e sua importância no clube não se restringe ao campo de futebol. Tenho certeza também que o time ocupa um espaço importante na vida dele também, é importante se lembrar disso também.

48 hours to goNoch 48 Stunden…//Only 48 hours to go… #bvblfc___________________ www.bvb.de/shop // www.bvbfanshop.com

Publicado por Borussia Dortmund em Terça, 5 de abril de 2016

Mas assim que o árbitro apitar, ele terá apenas um objetivo: vencer a partida. O Jürgen é um treinador muito competitivo, um das pessoas mais competitivas que conheço. Também é um jogo especial para ele.”

… sobre o BVB ser favorito:
“Antes de cada partida contra o Dortmund  Jürgen dizia que o Mainz era favorito… E nos vencia todas as vezes [risos].Então eu tenho certeza ele fará a mesma coisa… bom, pela menos a primeira parte, quero dizer [risos]. Rotular sua equipe como zebras tornar as coisas mais fáceis para eles. Você nunca vai ver Jürgen se considerar favorito.

… sobre a influência de Klopp e Tuchel no BVB:
“O desenvolvimento da equipe sob Jürgen ajudou a fazer do Dortmund o que ele é hoje. Não foi fácil ter o sucesso, formar a base, o estilo de jogo, a mentalidade vencedora, o papel de cada um na estrutura do futebol do clube… tudo isso estava pronto e isso se deveu a Jürgen.

Klopp: um dos caras mais competitivos

Klopp: um dos caras mais competitivos

A base de jogadores está no clube e nossa chegada foi desde o início um projeto de desenvolvimento a partir do que já havia sido feito. Havia sim uma grande expectativa quanto a alguns ajustes, que vimos fazendo nessa temporada, que considerávamos necessários para continuar a desenvolver a equipe e levá-la ao próximo nível.

Acho uma discussão estéril tentarmos definir aqui se foi Jürgen ou se fui eu quem moldou o time, pois na verdade foi muito mais gente antes e além de nós.”

… sobre Ilkay Gündogan
“Ele voltou a treinar apenas na terça-feira e vai ser apertado para o aproveitarmos na partida. Mas às vezes apertado é o suficiente. Vamos esperar e ver como a sessão de quarta se desenrola, quando ele terá a oportunidade de treinar com mais intensidade. Então, vamos ver como ele se sente com o tornozelo. No entanto, também temos de respeitar o fato de que ele estava fora por um tempo.”


Humor alemão: Dortmund pronto pra receber Klopp
Comentários Comente

Celso de Miranda

O aviso colocado pela diretoria do BVB nos vestiários do Signal Iduna Park para a partida dessa quinta-feira entre Borussia Dortmund e Liverpool, pela Liga Europa, para que o técnico Jürgen Klopp, do Liverpool não se engane e acabe indo ao vestiário do BVB, que o alemão comandou desde 2008 até a temporada passada.

"Amor verdadeiro": clube encontra modo discreto e bem humorado de homenagear ex-treinador

“Amor verdadeiro”: clube encontra modo discreto e bem humorado de homenagear ex-treinador

A placa apontando para os vestiários dos visitantes com o nome do Klopp também foi uma forma discreta do clube homenagear o ex-funcionário, com um toque sutil do humor cortante do alemães: “É engraçado porque é verdade costumamos dizer”, conta o jornalista Sebastian Wassling, da WAZ Sports.

Dormtund e  Liverpool se enfrentam nessa quinta-feira pela Liga Europa na partida de ida das quartas de final da Liga Europa.

SuperCopa dos Campeões de 1966: Dortmund

SuperCopa dos Campeões de 1966: Dortmund

As equipes já se enfrentaram três vezes em competições da UEFA, com uma vitória para cada lado e um empate: o jogo de maior repercussão foi a vitória do Dortmund, de Willi Multhaup, sobre o Liverpool, de Bill Shankly, por 2-1 na prorrogação, na final da SuperCopa de 1966, em Glasgow.


Liga Europa: Dortmund sai na frente do Porto
Comentários Comente

Celso de Miranda

Com gols de Lukasz Piszczek e Marco Reus, o Borussia Dortmund venceu o Porto (2-0) na abertura da fase Eliminatória da Liga Europa.

VIDEO Borussia Dortmund 2 – 0 FC Porto (UEFA Europa League) Highlights

Publicado por Goal91 em Quinta, 18 de fevereiro de 2016

O técnico José Peseiro do Porto fez várias alterações em relação ao time que vem jogando no campeonato português e os alemães aproveitaram a falta de entendimento dos visitantes logo no início: aos 6′, Henrikh Mkhitaryan cruzou da esquerda e Piszczek completou. Iker Casillas defendeu na primeira, mas o próprio polonês aproveitou e marcou de cabeça.

O Dortmund dominou a primeira parte, mas não chegou a ameaçar, mostrando preocupação em cumprir a proposta do treinador Thomas Tuchel, que disse considerar não sofrer nenhum gol na primeira partida em casa fundamental para conseguir a classificação no jogo de volta.

Metade do trabalho: Tuschel feliz com a boa atuação

Metade do trabalho: Tuschel feliz com a boa atuação

O Porto só fez o primeiro chute a gol aos 34′, mas a tentativa de Sérgio Oliveira, uma das surpresas de Peseiro,  terminou nas mãos de Roman Bürki.

O segundo tempo foi mais equilibrado, mas o Dortmund ainda tinha as melhores chances, com  Piszczek (58′) e Shinji Kagawa (63′), até Reus ampliou (71′).

Na partida que recebeu 65.851 torcedores no Signal Iduna Park, o Dortmund completou o 6º jogo invicto em 2016 e ainda comemorou o retorno de Nuri Sahin, após quase um ano de lesão.

“Foi apenas metade do trabalho”, comentou Thomas Tuchel, na SkyTV. “Precisamos de uma performance como essa para garantir a passagem para próxima rodada.”

“Mas, claro, aumentamos nossas chances e eu estou muito feliz.”

A partida de volta acontece no dia 25, no Estádio do Dragão.


Sem Aubameyang (e com dificuldade) Dortmund vence o Hannover
Comentários Comente

Celso de Miranda

A vitória do Borussia Dortmund por 1-0 sobre o Hannover foi difícil, mas temporariamente reduz para 5 pontos a diferença para o Bayern, que nesse domingo enfrenta o Augsburg, em Munique.

Sem o artilheiro Pierre-Emerick Aubameyang, que se recupera de uma leve lesão sofrida no meio da semana na semifinal da Copa da Alemanha, coube ao meia Henrikh Mkhitaryan, líder da liga em assistências marcar o gol da vitória, que saiu apenas no segundo tempo (57′).

O armênio fez seu 8º gol na atual temporada da Bundesliga, o 53º gol do Dortmund e, surpreendentemente, o 1º de fora da área.

A vitória aumentou para 13 pontos a folga do Dortmund para o 3º colocado, que com a derrota do Hertha Berlim para o Stuttgart (2-0),  é o Bayer Leverkusen. que venceu o Darmstadt (1-2).

Além de Shinji Kagawa, que entrou no lugar de Aubameyang,  Neven Subotic e Gonzalo Castro entraram entre os titulares.

O líder joga amanhã

O líder joga amanhã

O time, no entanto, deve ter força total para enfrentar o Porto, no Signal Iduna Park, na quinta-feira pela fase eliminatória da Liga Europa.

Resultados
O ressurgimento de Stuttgart desde que assumiu o técnico Jurgen Kramny continua: o time que encerrou o primeiro turno na zona de rebaixamento, chegou à sua 5ª vitória consecutiva nesse sábado sobre o Hertha e já é o 9º colocado, ficando a 6 pontos de uma vaga na Liga Europa.

Depois de 7 jogos sem vencer  o Wolfsburg bateu em casa o Ingolstadt, por 2-0, com gols de Julian Draxler e Robin Knoche.

A última vitória dos ‘Lobos’ havia sido um 6-0 sobre o Werder Bremen no dia 21 de novembro, na 13ª rodada: de lá pra cá haviam sido 4 derrotas (para Dortmund, Stuttgart, Eintracht Frankfurt e Schalke) e 3 empates (Augsburg, Hamburgo e Köln) até a vitória de hoje, na Volkswagen Arena.

A vitória veio em boa hora, já que nessa quarta-feira o time faz a primeira partida das oitavas de final da Liga dos Campeões de sua história, contra o Gent, da Bélgica, no KVV Stadium.


Dortmund goleia e mantém diferença para o Bayern
Comentários Comente

Celso de Miranda

O Borussia Dortmund começou atrás no marcador, mas conseguiu virar e vencer o Eintracht Frankfurt nesse domingo por 4-1, no Signal Iduna Park.

Após a vitória,  que mantém o time na vice-liderança da Bundesliga, um jogador se mostrava particularmente aliviado: o zagueiro Mats Hummels.

“A vitória foi muito importante para nós e para mim pessoalmente teve um sentido especial”, confirmou na Sky, o jogador da seleção alemã,  que depois de algumas más atuações nas últimas semanas foi colocado no banco pelo técnico Thomas Tuchel.

Nesse domingo, porém o zagueiro campeão do Mundo deixou as críticas para trás sobre e voltou a mostrar um excelente futebol, marcando inclusive o 3º gol, num belo chute de esquerda da entrada da área.

Hummels admitiu que pela primeira vez em sua carreira ele sentiu sua auto-confiança  ser abalada: “Hoje eu entrei  com só uma coisa na cabeça ‘agora não posso errar”, disse o jogador de 26 anos de idade.

A incerteza inicial aumentou logo aos 6’, com o gol do Eintracht Frankfurt, num contra-ataque que terminou nos pés de Alexander Meier, que acertou um belo chute cruzado de fora da área.

No meio de semana tem rodada da Copa da Alemanha

Nessa semana tem Copa da Alemanha

Imediatamente o Dortmund reagiu e já havia criado algumas chances, quando o armênio Henrikh Mkhitaryan empatou aos 24′ empatou.

O time da casa poderia ter virado o jogo ainda no primeiro tempo, num pênalti marcado numa falta sobre Gonzalo Castro. No lance, o meia sérvio Slobodan Medojević, que já tinha cartão amarelo foi expulso pelo árbitro Christian Dinger Mas Pierre-Emerick Aubameyang bateu para fora.

No segundo tempo, o artilheiro marcou e chegou ao 18º gol na Bundesliga, completando um lindo passe de Sinji Kagawa. O japonês substituiu Marco Reus, que deixou o campo machucado, ainda no primeiro tempo.

Qualquer dúvida que ainda pairasse sobre a confiança de Hummels terminou quando o zagueiro depois de uma troca de bola entre Kagawa e Mkhitayan, e acertou um lido chute de esquerda da entrada área no canto direito do bom goleiro finlandês Lukas Hradecky.

O colombiano Adrian Ramos marcou o 4º.

Aubameyang marcou seu 19º gol e é o artilheiro da liga

Aubameyang marcou seu 18º gol e é o artilheiro da liga

Tuchel elogia
“Nós conversamos muito sobre sua escalação desde o início e eu tinha toda a confiança que ele faria uma partida marcante,” disse o técnico Thomas Tuchel.

“Ele passou por uma fase ruim e eu estou contente que ele deixou esse momento pra trás. Precisamos muito dele e nós precisamos dele em sua melhor forma.”

O time volta a jogar na próxima quarta (16), pelas 8as. de final da Copa da Alemanha, em Augsburg. Veja todos o jogos da rodada:

  •  Unterhaching vs. Bayer Leverkusen (terça-feira ↓)
  •  Borussia M’gladbach vs. Werder Bremen
  • Bayern München vs. Darmstadt 98
  • Erzgebirge Aue vs.  Heidenheim
  • Stuttgart vs. Eintracht Braunschweig (quarta-feira ↓)
  • Nürnberg vs. Hertha Berlin
  • 1860 München vs. Bochum
  • Augsburg vs Borussia Dortmund

Pela Bundesliga, o Dortmund volta a jogar no sábado (19)  diante do Colônia, pela 17ª rodada, a última antes da interrupção de inverno. Depois o campeonato para e retorna apenas no dia 23/1.


Dortmund mais perto do Bayern
Comentários Comente

Celso de Miranda

Inspirado pela primeira derrota na temporada do Bayern, em Mönchengladbach, o Borussia Dortmund entrou em campo contra o Wolfsburg disposto a reduzir a desvantagem para o líder para apenas cinco pontos.

Mesmo jogando fora de casa, diante de uma Volkswagen Arena lotada por 30 mil torcedores, os visitantes partiram para o ataque desde o início, porém foi só nos acréscimos, com um gol do japonês Shinji Kagawa, que o BVB chegou aos 2-1 e aos três pontos.

Antes dos 10 minutos, o Dortmund já havia colocado duas bolas na trave, mas o gol só saiu numa falha do volante Josuha Guilavogui: o francês que atuou no lugar de Luiz Gustavo lesionado perdeu a bola para Henrikh Mkhitaryan na entrada da própria área.

O armênio tocou para Marco Reus, que driblou o goleiro Diego Benaglio antes de abrir o placar com seu 8º gol na temporada. Foi também o 8º gol de Reus nos 8 jogos que ele fez contra os Lobos.

No intervalo, o técnico Dieter Hecking trocou Guilavogui pelo atacante holandês Bas Dost, e embora o Dortmund se mantive perigoso no contra-ataque, o time da casa passou a ter seguidas chances para empatar, com Dost, Max Kruse e Julien Drexler.

 

Reus marcou seu 8o. gol na temporada

Reus marcou seu 8o. gol na temporada

O empate, porém veio num lance duvidoso já aos 91′: o árbitro Tobias Stieler marcou pênalti de Łukasz Piszczek em André Schurrle. O lateral Ricardo Rodriguez marcou.

Quando o jogo parecia caminhar para o empate, o Dortmund marcou o gol da vitória já no 3º e último minuto de acréscimo.

Europa
Os dois times voltam a jogar no meio da semana: na quinta-feira, o classificado Dortmund tenta a primeira colocação do Grupo C da Liga Europa, marcando mais pontos contra o PAOK, no Signal Iduna Park do que o Krasnodar marcar contra o Qäbälä, na Bakcell Arena, em Bacu.

Amanhã mais 2 jogos

Amanhã mais 2 jogos

 

Líder do Grupo B da Liga dos Campeões, o Wolfsburg (9 pontos) recebe o Manchester United (8), na terça (8).

Se vencer além de avançar para as oitavas, o time alemão garante a primeira colocação do grupo. Se empatar, porém, pode acabar desclassificado, caso o PSV (7) vença o desclassificado CSKA Moskva, em Eindhoven.

O Wolfsburg tem desvantagem no confronto direto contra o United e igualdade contra o PSV, contra quem tem 2 gols de vantagem no saldo.