Blog FastFut

Arquivo : Eliminatórias Copa 2018

Eliminatórias: Inglaterra vence e mantém liderança do grupo
Comentários Comente

Celso de Miranda

A Inglaterra venceu a Lituânia (2-0) nesse domingo, no Estádio de Wembley, e confirmou a liderança do Grupo F das Eliminatórias da Copa do Mundo, com 13 pontos, em 5 jogos.

Além de manter a invencibilidade, a Inglaterra ainda não sofreu nenhum gol no torneio. Em casa, o time não perde uma partida das eliminatórias há 34 partidas: foram 26 vitórias e 8 empates.

O veterano Jermain Defoe, 34 anos, abriu o placar aproveitando o cruzamento de Raheem Sterling, aos 20′.

No segundo tempo, o atacante Jamie Vardy fechou o placar, aproveitando a assistência de Adam Lallana (65′).

As duas equipes voltam a disputar as Eliminatórias no dia 10 de junho, quando a Lituânia recebe a Eslováquia, e a Inglaterra enfrenta a Escócia, no Hampden Park, em Glasgow.


Holanda entra em campo na sexta para evitar recorde negativo
Comentários Comente

Celso de Miranda

Depois de estrear nas Eliminatórias Europeias da Copa com um empate em 1-1 diante da Suécia, em setembro, na Friends Arena, em Solna, a seleção da Holanda enfrenta a Bielorússia, nessa sexta-feira, em Roterdã.

Após quase 2 anos e meio, a Holanda volta a atuar no De Kuip, como é conhecido o estádio do Feyenoord, e tentar evitar um recorde negativo: o time do técnico Danny Blind perdeu os últimos 5 jogos em casa, fato que não ocorre desde a década de 1930.

A última vitória em casa da Holanda foi no dia 31 de março de 2015: a equipe do então técnico Guus Hiddink venceu a Espanha por 2-0.

Ainda pelo Grupo A, a França enfrenta a líder Bulgária no Stade de France e Luxemburgo recebe a Suécia. Na segunda-feira, a Holanda recebe a França, na Amsterdam ArenA. Suécia vs. Bulgária e Bielorússia vs. Luxemburgo completam a rodada.

Impasse: Danny Blind durante o treinamento em Roterdã

Impasse: Danny Blind durante o treinamento em Roterdã

História
Entre 1932 e 1934 a equipe holandesa perdeu 6 partidas consecutivas em casa para Estados Unidos (3-4), Islândia (0-1), República Checa (2-3), a França (2-3) e Grécia (1-2).

Nas Eliminatórias da Copa, porém o retrospecto holandês é bem melhor: a última derrota em casa num jogo das Eliminatórias foi para Portugal (0-2), em 11 de outubro de 2000.

Em seguida vieram 17 vitórias e 1 empate em casa: no total, a seleção holandesa está a 33 jogos sem perder nas Eliminatórias.

 


Eliminatórias da Ásia: Austrália e Coreia do Sul confirmam favoritismo
Comentários Comente

Celso de Miranda

Austrália e Coreia do Sul, campeã e vice na última Copa da Ásia e favoritas a duas das 5 vagas diretas do continente no Mundial da Rússia estrearam vencendo nessa quinta-feira na fase final das Eliminatórias.

A Austrália derrotou o Iraque por 2-0 na partida de abertura do Grupo B, no Oval Stadium, em Perth.

Depois de um primeiro tempo nervoso e equilibrado, a seleção da casa só abriu o placar com Massimo Luongo, aos 58, que completou o cruzamento de Tomi Juric, que fez uma ótima jogada pela direita e deixou o atacante do Queens Park Rangers livre para marcar.

Logo em seguida foi a vez de Juric marcar: Aaron Mooy cobrou o escanteio e o atacante do Luzern, da Suíça ampliou (65′).

Com a vitória a Austrália saltou na frente do Grupo B, ao lado dos Emirados Árabes Unidos, que venceram o Japão (1-2) e Arábia Saudita, que fez 1-0 na Tailândia, no Estádio Internacional Rei Farah, em Riad.

Bom começo: campeões da AFC saem na frente

Bom começo: campeões da AFC saem na frente

Na terça, a Coreia enfrenta os EAU no Estádio Mohammad Bin Zayed, em Abu Dhabi e o Iraque tenta se recuperar diante da Arábia Saudita: impedidos de receber seus jogos em casa por conta da guerra, os iraquianos vão mandar o jogo no Estádio Shah Alam, na Malásia.

Vitória apertada
A Coreia do Sul confirmou sua posição de favorita do Grupo A da fase final das Eliminatórias da Ásia da Copa do Mundo com uma emocionante vitória por 3-2  sobre a China, no Estádio da Copa do Mundo de Seul, nessa quinta-feira.

No primeiro tempo, o time da casa abriu o placar após uma cobrança de falta do ídolo Son Heungmin, do Tottenham: o atacante Ji Dongwon, do Ausgsburg desviou de cabeça e a bola ainda tocou no pé do zagueiro chinês Zheng Zhi antes de ir contra as próprias redes

Após o intervalo, os sul-coreanos marcaram duas vezes em 3 minutos: primeiro Lee Chungyong completou de cabeça a boa jogada pela esquerda de Dongwon (63′).

100%: sul-coreanos venceram suas 9 partidas até agora

100%: sul-coreanos venceram suas 9 partidas até agora

Logo em seguida, em nova jogada pela esquerda, foi a vez de Heungmin cruzar e Koo Ja-Cheol  marcar (66′).

Mas quando o placar, ou pelo menos a vitória parecia definida a favor dos anfitriões, a China reagiu com Hai Yu (74, 77′), que garantiram um final de jogo eletrizante.

A Coreia do Sul divide a liderança do Grupo A com o Uzbequistão, que venceu a Síria por 1-0 no Estádio Bunyodkor, em Tashkent, e com o Irã, que bateu o Qatar no Estádio Azadi em Teerã.

Coreia do Sul e China voltam a jogar na próxima terça-feira: a China recebe o Irã no Shenyang Olympic Sports Center Stadium, em Shenyang, enquanto a Coreia do Sul vai enfrenta a Síria no Tuanku Abdul Rahman Stadium, em Paroi, na Malásia, onde os sírios mandam seus jogos.


Pressionada, Holanda começa corrida para a Copa do Mundo
Comentários Comente

Celso de Miranda

A seleção da Holanda inicia nessa sexta-feira (2) uma nova fase: depois de decepcionar na Copa do Mundo e de ficar de fora da Eurocopa, a tradicional força do futebol europeu, que passa por um dos piores momentos de sua história inicia sua caminhada para a Copa do Mundo da Rússia, em 2018.

O amistoso com a Grécia, em Eindhoven representa o último teste para a Holanda antes do início das Eliminatórias Europeias contra a Suécia, na terça-feira, na Friends Arena em Solna.

Danny Blind: renovação

Danny Blind: renovação

Holanda e Suécia estão no Grupo A, que ainda tem França, Belarus, Bulgária e Luxemburgo.

“O momento exige renovação,” acredita Mike Verweij, editor do Telegraaf. “A Federação mantém o técnico Danny Blind, mas ele está certamente sobre pressão e não tem nenhuma margem para erro, sobretudo após a saída de praticamente toda sua Comissão.”

Nessa terça, o ex-jogador Marco Van Vasten, que assistente-técnico da seleção anunciou que deixará o cargo para assumir uma função técnica na FIFA. Há duas semanas, o treinador havia sido surpreendidos com a saída de seu 2º assistente, Dick Advocaat, que assumiu treinador principal do Fenerbahçe.

Nessa quinta, o gerente da equipe Hans Jorritsma também deixa o cargo depois de 20 anos no cargo. De acordo com membros da Federação Holandesa (KNVB), o perfil do novo gerente deve ter como modelo o alemão Oliver Bierhoff,  que tem um papel de ser o conector entre os jogadores e a equipe técnica, mas também de ser o ponto de contato entre o time e o mundo exterior.

“A KNVB confirma que o ex-jogador Ruud Gullit foi convidado, mas recusou. Muitos na Holanda dizem que ele aguarda um tropeço de Blind para ser convidado a assumir o seu cargo,” diz Verweij.

Se haverá renovação dentro de campo, porém o técnico  Danny Blind faz mistério: nessa quarta-feira, ele comandou o último treino antes da partida contra a Grécia na Phillips Arena, de portões fechados.

A chegada do lateral-direito Daryl Janmaat, do Watford, chamado nessa terça para substituir Kenny Tete, do Ajax, que sentiu uma contusão, mas foi mantido no elenco e ainda pode ser aproveitado contra a Suécia, deixou o grupo com 24 jogadores.

“Começamos um novo desafio, mas não começamos do zero, do nada”, afirmou Blind, ue falou à Imprensa nessa quarta após a sessão de treinos, lembrando dos amistosos realizados antes da Euro, quando o time já desclassificado, iniciou o planejamento visando às Eliminatórias.

Berghius: atacante ex-AZ Alkmaar estreou na seleção em maio

Berghius: atacante que estreou na em maio deve ser titular

Desde o início do ano, a Holanda fez 5 amistosos: em março perdeu para a França em Amsterdã (2-3) e venceu a Inglaterra em Londres (1-2). Depois, em maio empatou com a Irlanda (1-1) em Dublin. Em junho, duas vitórias fora de casa sobre a Polônia (1-2) e Áustria (0-2).

“É claro que vamos utilizar novos jogadores, mas também vamos contar com a experiência e o talento de atletas que já têm história na seleção,” disse.

Numa seleção sem Nigel De Jong, Arjen Robben, Klaas-Jan Huntelaar e Memphis Depay contundidos, o torcedor vai poder ver ao lado de nomes conhecidos como Wijnaldum (Liverpool), Luuk de Jong (PSV), Bas Dost (Wolfsburg) e, é claro, Wesley Sneijder (Galatasaray), algumas revelações do futebol holandês como Steven Berghuis, do Feyenoord, Quincy Promes, do Spartak Moscou, Davy Klaassen, do Ajax, ou Jorrit Hendrix, do PSV, este em sua primeira convocação na carreira.

Blind indicou, no entanto que ninguém tem lugar garantido, quando afirmou, por exemplo, que o goleiro Jasper Cillessen enfrenta a crescente concorrência de Jeroen Zoet, do PSV e Maarten Stekelenburg, do Everton.

Liderança: aos 32 anos, Sneijder briga por uma vaga

Liderança: aos 32 anos, Sneijder briga por uma vaga

Para ele, o novo contratado do Barcelona não é mais o número 1 absoluto, como nos últimos anos. Blind também não confirmou se vai escalar Wesley Sneijder entre os titulares.

“Espero que ele seja um líder dentro e fora de campo”, respondeu Blind sobre Sneijder, de 32 anos. “É o nosso jogador mais experiente e muitos dos mais jovens o admiram como a um ídolo. Eu espero que ele fale com os jogadores, que ele passe um pouco de sua experiência para eles. Se ele jogar e mesmo se ele não jogar.”

Sobre os motivos do treino fechado, o técnico disse que não visou esconder nada, mas sim se se concentrar, junto com os jogadores, nos próximos dois jogos.

O treinador holandês falou, ainda na confiança com a sua seleção em relação à estreia diante da Suécia. O treinador vê sua equipe como o favorita para vencer a primeira partida das Eliminatórias, mesmo jogando fora de casa.

Klaassen e Promes: contra a França, única derrota do ano

Klaassen e Promes: contra a França, única derrota do ano

“Nós somos favoritos com base nas qualidades que temos e as qualidades que faltam à Suécia em certas posições,” afirmou. “É claro que um jogo fora de casa na estreia gera sempre uma dificuldade, mas se conseguirmos lidar com nossas emoções temos tudo para nos sair bem.

“A Suécia é uma equipe difícil, que está bem organizada. Mas eu estou com um bom sentimento, uma boa expectativa,” concluiu.

Provável escalação: Cillessen; Veltman, Bruma, Blind e Willems; Strootman, Wijnaldum e Sneijder; Berghuis, Janssen e Promes.

Os 24 de laranja:
>> Goleiros: Jasper Cillessen (Barcelona), Maarten Stekelenburg (Everton) e Jeroen Zoet (PSV)
>> Laterais: Joël Veltman (Ajax), Kenny Tete (Ajax),  Daryl Janmaat (Watford) e Jetro Willems (PSV)
>> Zagueiros: Jeffrey Bruma (Wolfsburg), Daley Blind (Man  United), Virgil van Dijk (Southampton), Patrick van Aanholt (Sunderland) e Ron Vlaar (AZ),
>> Meio-campistas: Georginio Wijnaldum (Liverpool), Kevin Strootman (Roma), Riechedly Bazoer (Ajax), Luciano Narsingh (PSV), Wesley Sneijder (Galatasaray) e Davy Pröpper (PSV)
>> Atacantes: Steven Berghuis (Feyenoord), Bas Dost (Wolfsburg), Vincent Janssen (Tottenham), Luuk de Jong (PSV), Davy Klaassen (Ajax),  Quincy Promes (Spartak) e Jorrit Hendrix (PSV),


Copa’18: golaço de Okazaki do Leicester abre caminho para vitória do Japão
Comentários Comente

Celso de Miranda

Com um segundo tempo de gala no Saitama Stadium 2002, o Japão goleou o Afeganistão por 5-0 nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018 dessa quinta-feira.

A vitória deixou os “Samurais Azuis” muito próximos da vaga em primeiro lugar no Grupo E: o Japão pode garantir a classificação já na próxima terça-feira quando enfrenta a  Síria 2ª colocada do grupo.

VIDEO Japan 5 – 0 Afghanistan (World Cup) Highlights – See more at: http://goal91.com/video-japan-5-0-afghanistan-world-cup-highlights—12149.html#sthash.MVJzrVu6.dpuf

Publicado por Goal91 em Quinta, 24 de março de 2016

O time chegou aos  22 gols marcados sem sofrer nenhum gol nas 5 vitórias em 6 partidas, que fez até agora no torneio: a única partida que o Japão não venceu foi na estreia, um surpreendente empate em casa diante de Singapura

A partida dessa quinta, porém começou parecendo uma repetição do tropeço da estreia: com os anfitriões não conseguindo capitalizar sua posição dominante, e perdendo inúmeras oportunidades ao longo do primeiro tempo.

Só quando restavam dois minutos para o intervalo, Shinji Okazaki mostrou que está em grande fase: depois de receber de Hiroshi Kiyotake, o atacante do Leicester City, driblou Sayed Hashemi, passou a bola entre as pernas de Modijeb Jamali antes de bater para o fundo da rede.

Okazaki: habilidade do artilheiro colocou Japão na frente

Okazaki: habilidade do artilheiro colocou Japão na frente

Após o intervalo Kiyotake dobrou a vantagem do Japão (58′), quando recebeu entre os zagueiros e só desviou do goleiro Ovays Azizi.

Apenas 5 minutos depois, Sharif Mukhammad tocou contra o próprio gol, desviando um cruzamento rasteiro de Hiroki Sakai e marcando o 3º.

Nos minutos finais, Maya Yoshida marcou de cabeça na cobrança de um escanteio (74), e Mike Havenaar fechou o placar (82′).

Os vencedores dos 8 grupos e os 4 melhores segundos classificados (total de 12 equipas) avançam para rodada final da fase Eliminatória da Copa do Mundo da FIFA 2018, onde serão formados dois grupos de 6 equipes para determinar os 3 classificados e o 4º que time que joga a repescagem.

 

 


Firmino contundido é cortado. Jonas do Benfica é chamado
Comentários Comente

Celso de Miranda

O atacante do Benfica Jonas foi convocado para jogos das Eliminatórias no lugar de Roberto Firmino, contundido, para jogos contra Uruguai (dia 25 de março, na Arena Pernambuco) e Paraguai (dia 29 de março, no Defensores Del Chaco, em Assunção).

Chamado no lugar de Kaká, meia-atacante do Liverpool fica fora

Chamado no lugar de Kaká, meia-atacante do Liverpool fica fora

O anúncio foi feito no site da CBF nesse sábado.

Chamado para substituir Kaká, Roberto Firmino marcou 11 gols nos 9 jogos que jogou como atacante no Liverpool nesta temporada.

Já o ex-gremista Jonas, de 31 anos, tem 28 gols em 26 jogos do campeonato português e 8 gols na Liga dos Campeões sendo um forte candidato ao prêmio “Chuteira de Ouro” de artilheiro da temporada na Europa.


Brasileiro dá vitória à Hong Kong nas Eliminatórias
Comentários Comente

Celso de Miranda

Em sua estreia em jogos oficiais com a camisa de Hong Kong, o meia Paulinho Piracicaba marcou o gol da vitória diante das Maldivas, nessa quinta-feira no Estádio Nacional, em Male.

O brasileiro de 32 anos, que atua em Hong Kong (Citizen, Kitchee) desde 2008, só conseguiu o passaporte especial de residente permanente (concedido pelo governo da China, seguindo o acordo de 1997, que estabeleceu a autonomia parcial da região) no dia 31 de outubro, ou seja há apenas 12 dias!

O gol surgiu logo no início da partida, aos 13′, na cobrança de um pênalti que o próprio Paulinho sofreu, quando foi derrubado na área pelo goleiro Imran Mohamed .

Dupla
Outro brasileiro estreou em Hong Kong, Alessandro Ferreira Leonardo, ou simplesmente Sandro, de 28 anos, que veio do CFZ do Rio para o Citizen, em 2008.

Hoje no Kitchee, o atacante estreou no final de semana num amistoso contra Mianmar e marcou um dos gols da goleada por 5-0.

A vitória levou o Hong Kong à vice-liderança do Grupo C, com 13 pontos, 2 atrás do líder Qatar, que segue com 100% de aproveitamento.

No outro jogo do grupo, jogando no Changsha Helong Sports Center, a China goleou o Butão (12-0) e foi a 10 pontos. O Butão segue sem pontuar.

Apenas os vencedores dos 8 grupos e os 4 melhores segundos classificados (total de 12 equipes) avançam para a fase final das Eliminatórias Asiáticas.

 


Eliminatórias Africanas: Moçambique e Zâmbia vencem na estreia
Comentários Comente

Celso de Miranda

Abrindo a 2ª rodada das Eliminatórias Africanas, Moçambique venceu o Gabão por 1-0: jogando em casa no Estádio Nacional do Zimpeto, em Maputo, Helder Pelembee (55), jogador do Bloemfontein Celtic, da África do Sul acertou um chute de fora da área não dando chances ao veterano goleiro Didier Ovono.

Mesmo desfalcado de sua principal estrela, o atacante Pierre-Emerick Aubameyang (22 gols em 20 jogos nessa temporada), que alegou uma lesão muscular de última hora, o Gabão criou várias chances para marcar, na melhor delas, Guelor Kanga certou a trave.

No sábado, em Libreville, o Gabão espera contar com força máxima para o jogo de volta.

Extremo
No outro extremo do continente, em Karima, 400 km ao norte de Cartum, os campeões africanos de 2012 Zâmbia conseguiu um resultado ainda mais importante e diante do Karima Stadium lotado venceu fora de casa o Sudão, também pelo placar de 1-0.

O goleiro Akram El Hadi Salim e o zagueiro Ramadan Agab falharam no lance: enquanto hesitavam esperando que o outro afastasse a bola da área o experiente Kalengo aproveitou para marcaro atacante Winston Kalengo marcou aos 38′.

A vitória deixa a Zâmbia como favorita para se classificar em Ndola, no domingo e chegar ao grupo de cinco 3ª rodada de onde os vencedores se classificam para a Copa do Mundo na Rússia.


Depois da Argentina, Equador faz outra vítima
Comentários Comente

Celso de Miranda

Depois de estrear vencendo a Argentina, em Buenos Aires, o Equador bateu a Bolívia por 2-0, na sua 2ª partida nas Eliminatórias, nessa terça-feira, no Estádio Olímpico Atahualpa em Quito.

Depois de um primeiro tempo em que o futebol ficou quase impraticável por conta de uma forte chuva, o time da casa só abriu o placar com o atacante Miller Bolanos aos (81′). Felipe Caicedo marcou de pênalti já nos acréscimos.

Os equatorianos venceram seus dois primeiros compromissos nas eliminatórias, ambas partidas por 2-0. Em sentido oposto, a Bolívia perdeu de novo por 2-0: na semana passada, o time estreou perdendo em casa para o Uruguai.


Ásia: Qatar mantém os 100% e Jordânia dispara no grupo da Austrália
Comentários Comente

Celso de Miranda

Depois da surpreendente vitória sobre a Austrália na quinta-feira (2-0), quando assumiu a liderança do Grupo B, a Jordânia voltou a vencer nessa terça-feira.

Jogando no Estádio Internacional em Amã, o time fez 3-0 no Tajiquistão e abriu 4 pontos de vantagem sobre os campeões continentais que, no entanto têm um jogo a menos.

Qatar 100%

Posted by FastFut on Terça, 13 de outubro de 2015

Na outra partida do grupo o Quirguistão venceu Bangladesh (2-0).

Na próxima rodada será a vez da Jordânia e Tajiquistão jogarem apenas uma vez: no dia 12 o Tajiquistão recebe Bangladesh e no dia 17 a Jordânia vai ao Quirguistão.

Qatar 100%
O Qatar manteve os 100% de aproveitamento, chegando à sua 5ª vitória no Grupo C, ao bater por 4-0 sobre as Maldivas, em casa no Estádio Boualem Khoukhi no Hamad bin Jassim.

Com o resultado o time mantém os 5 pontos de vantagem para o segundo colocado Hong Kong, que venceu o Butão com um gol do veterano atacante Chan Siu Ki, aos 89′ no Estádio Changlimithang.

Em novembro Hong Kong enfrenta as Maldivas, enquanto o Butão volta a jogar enfrenta a China.

Primeira
Em junho, na primeira rodada Laos e Mianmar empataram em 2-2 até hoje esse era o único ponto que das duas seleções nas 4 partidas que haviam feito no Grupo G das Eliminatórias.

Hoje, na partida de volta no Estádio Supachalasai, de virada, Myanmar fez 3-1. Mianmar volta a jogar em novembro: primeiro na Coreia do Sul (no dia 12), depois recebendo o Kuwait (17). Já o Laos joga fora contra o Líbano, depois recebe a Coreia.