Blog FastFut

Arquivo : Eliminatórias da Copa CONCACAF

CONCACAF: EUA goleiam Honduras. México bate a Costa Rica e assume a ponta
Comentários Comente

Celso de Miranda

Os Estados Unidos venceram Honduras por 6-0, na 3ª rodada da fase final das Eliminatórias da CONCACAF, nessa sexta-feira, no Estádio Avaya, na Califórnia.

Depois de derrotas para México (1-2) e Costa Rica (4-0), a vitória deu aos EUA seus primeiros 3 pontos do hexagonal decisivo e levou o time ao 4º lugar, apenas 1 ponto atrás dos seu próximo adversário, o Panamá, que perdeu para Trinidad e Tobago na rodada.

Apenas as 3 primeiras seleções garantem vaga direta na Copa do Mundo da Rússia: o 4º colocado da CONCACAF ainda disputa uma vaga contra o 6º lugar da Ásia.

Apesar da goleada EUA estão fora da zona de classificação

Jogo
De volta à seleção depois de quase 8 meses, Clint Dempsey marcou 3 vezes: o atacante do Seatlle Sounders chegou a 55 gols com a camisa dos EUA,  apenas 2 atrás de Landon Donovan como o maior goleador da seleção.

Mas foi o estreante Sebastian Lletget quem abriu o placar, logo aos 5′: o meia do LA Galaxy, porém deixou o gramado contundido ainda no primeiro tempo (18′) e não deve enfrentar o Panamá, na próxima terça, no Estádio Rommel Fernandez, na Cidade do Panamá .

O capitão do time Michael Bradley, do Toronto, e o atacante Christian Pulisic, do Dortmund, completaram a goleada

México
O México venceu a Costa Rica (2-0) no Estádio Azteca, e assumiu a liderança do hexagonal.

A noite foi história para Javier Hernandez, que marcou o primeiro gol do jogo (7′), chegando a 46 gols pela seleção, igualando a marca de Jared Borgetti como o maior artilheiro da história da seleção mexicana.

Néstor Araújo, marcou o 2º gol ainda no primeiro tempo (44′): após a cobrança de escanteio, o zagueiro do Santos Laguna acertou uma cabeçada à queima roupa do goleiro Keylor Navas.

Os 3 primeiros garantem vaga

Próximo
A 4ª rodada começa na próxima segunda-feira 27), com Honduras recebendo a Costa Rica, no Estádio Francisco Morazan, em San Pedro Sula.

Na terça (28), o Panamá recebe os EUA, no Estadio Rommel Fernandez, e o México vai Port Of Spain, enfrentar Trinida e Tobago, no Hasely Crawford Stadium.


Klinsmann chama 23 jogadores para jogo histórico contra Cuba em Havana
Comentários Comente

Celso de Miranda

O técnico da seleção norte-americana masculina Jurgen Klinsmann anunciou os 23 jogadores para o amistoso histórico contra Cuba,
no Estádio Pedro Marrero, em Havana, na próxima sexta-feira, dia 7, no primeiro jogo amistoso entre as duas serleções em solo cubano desde 1947.

A equipe norte-americana já começou a se reunir nesse domingo, no Centro de Treinamentos da US.Soccer em Miami.

Klinsmann fará testes decisivos para definir seleção dos EUA

Definição: Klinsmann já recebeu primeiros jogadores em Miami esse domingo

Quatro dias depois, na terça (11), os EUA vão receber a Nova Zelândia no RFK Stadium, em Washington.

As duas partidas servem de preparação para a fase decisiva das Eliminatórias da CONCACAF,  onde os 6 times restantes se enfrentam entre si em partidas de ida e volta, numa série de 10 jogos conhecida como “Hex” (‘hexagonal’), e os 3 melhores garantem vaga na Copa do Mundo, por isso Klinsmann fará os últimos testes no elenco.

Os 23 jogadores atuam em 7 países diferentes: EUA (6), Alemanha (6), Inglaterra (4), México (3) Canadá (2), Noruega e Escócia (1 cada)

Os jogos começam em novembro, com os EUA recebendo o México no Mapfre Stadium, em Ohio, no dia 11, depois com os norte-americanos vão à  San Juan enfrentar a Costa Rica.

“Estes dois jogos são muito importantes para nós porque é a última vez que podemos ver alguns jogadores antes de tomar a decisão sobre a 23 que vão nos representar para os confrontos diante do México e Costa Rica”, disse o técnico alemão.

“Temos a oportunidade de trazer alguns jogadores de volta que não puderam estar nas últimas convocações, ou que não chegaram a ser testados e queremos ver se eles podem ter uma chance para estar no elenco em novembro.”

“Mas o caso é que estreamos nessa fase justamente contra México e Costa Rica, nossos dois principais concorrentes na disputa pelas vagas. Por isso, definitivamente esperamos ver nesses dois jogos muito mais dos jogadores de que suas qualidade individuais.”

Portas abertas
Uma posição particularmente beneficiados com a janela de oportunidade aberta por Klinsmann e a de goleiro. Deixando de fora os veteranos Brad Guzan e Tim Howard, o técnico chamou 3 novos nomes: David Bingham, William Yarbrough, do Club Leon, do México e Ethan Horvath, do Molde, da Suécia.

Sacha, do NY Red Bulls: símbolo da política de portas abertas de Klinsmann

Ao lado de Bradley, Sacha Kljestan é o único que jogou na última visita do EUA a Cuba em 2008.

Enquanto Bingham do San Jose Earthquakes,foi convocado duas vezes e Yarbrough uma, Horvath faz sua estreia na equipe principal.ainda em busca de sua primeira aparição com a equipa sênior.

“Acho que a posição de goleiro é única”, disse Klinsmann. “Obviamente, temos os dois caras experientes com Tim Howard e Brad Guzan. Ambos estão em situações diferentes agora: Tim está na reta final da MLS com o Colorado Rapids e Brad não está recebendo a oportunidade de jogar no Middlesbrough.”

“É um momento perfeito para dar oportunidades a goleiros mais jovens. É por isso que decidi deixar os dois caras mais velhos e já testados de fora e dar a esses três jovens uma chance para provar seu talento. Esse tipo de oportunidade é muito rara.”

Klinsmann: jogos decisi

Klinsmann: mais que qualidades individuais

EUA versus Cuba
Estados Unidos e Cuba já jogaram entre si 11 vezes – com os norte-americanos levando ampla vantagem: oss EUA venceram 9 vezes, houve 1 empate e Cuba venceu uma vez.

Essa será apenas a 3ª vez que as duas seleções se enfrentam em solo cubano: a primeira vez foi justamente o primeiro jogo entre as duas equipes e marcou a única vitória dos cubanos, por 5-2 em 20 de julho de 1947.

Mais recentemente, os EUA venceram Cuba por 1-0, com gol de Clint Dempsey, no Estádio Pedro Marrero, em Havana, em setembro de 2008, em sua 3ª vitória consecutiva na Rodada Semifinal para se classificar para a Copa do Mundo de 2010.

Os 23 dos EUA

  • Goleiros: David Bingham (San Jose), Ethan Horvath (Molde FK), William Yarbrough (Club Leon)
  • Defensores: Steve Birnbaum (DC United), John Brooks (Hertha Berlim), Geoff Cameron (Stoke City), Timmy Chandler (Eintracht Frankfurt), Omar Gonzalez (Pachuca), Fabian Johnson (Borussia Monchengladbach), DeAndre Yedlin (Newcastle)
  • Meio-campistas: Paul Arriola (Club Tijuana), Alejandro Bedoya (Philadelphia Union), Michael Bradley (Toronto FC), Lynden Gooch (Sunderland), Perry Kitchen (Heart), Sacha Kljestan (NY Red Bulls), Christian Pulisic ( Borussia Dortmund), Danny Williams (Reading)
  • Atacantes: Jozy Altidore (Toronto FC), Julian Green (Bayern), Jordan Morris (Seattle Sounders), Chris Wondolowski (San Jose), Bobby Wood (Hamburgo)

 


Susto e goleada: EUA estreiam nas Eliminatórias da Copa
Comentários Comente

Celso de Miranda

Estreando nas Eliminatórias da CONCACAF, a seleção dos EUA recebeu St.Vincent & Grenadines, que já passou por duas fases preliminares, nas quais eliminou Guiana e Aruba.

E a pequena nação caribenha abriu o placar no Busch Stadium, em Atlanta, com um gol de Olex Anderson, meia do Seattle Sounders (4′).

Highlight of Bobby Wood’s goal! USA 1 – VIN 1

Posted by U.S. Soccer on Sexta, 13 de novembro de 2015

O atacante havaiano Bobby Wood, do Union Berlin interrompeu a série de 6 gols consecutivos sem marcar nenhum e empatou aos 11′, aproveitando uma boa jogada do DeAndre Yedlin, do Sunderland, pela esquerda.

O ala Fabian Johnson (29′), do Borussia Mönchengladbach, e Jozy Altidore (31′), do Toronto FC viraram o jogo ainda no primeiro tempo, que terminou com o time norte-americano registrando mais de 80% de posse de bola.

No segundo tempo, veio a goleada com o zagueiro do Stoke City Geoff Cameron (51′), Gyasi Zardes, atacante do LA Galaxy (58′) e de novo Altidore (74′).

Gyasi Zardes’s goal vs St. Vincent & The Grenadines.USA 5 – VIN 1

Posted by U.S. Soccer on Sexta, 13 de novembro de 2015

 

Com a vitória decidida, o técnico Jurgen Klinsmann aproveitou para promover a estreia dois finalistas da MLS, o Darlington Nagbe, meio campista do Portland Timbers e o zagueiro Matt Miazga, do NY Red Bulls de apenas 20 anos, que entraram aos 64′.

Os Estados Unidos voltam a jogar na terça-feira, diante de Trinidad e Tobago, em em Port of Spain. Enquanto St. Vincent e Granadines recebe a Guatemala.


Klinsmann chama meia nascido na Libéria para estreia nas Eliminatórias
Comentários Comente

Celso de Miranda

A grande surpresa do técnico Jürgen Klinsmann para a estreia dos Estados Unidos nas Eliminatórias da Copa do Mundo, que enfrenta na primeira rodada do Grupo C da CONCACAF, St. Vincent e Granadinas, na próxima sexta-feira (13), e em seguida Trinidad e Tobago, na terça (17), em St. Louis, foi a convocação do meia-atacante Darlington Nagbe, do Portland Timbers.

Antes, o Timbers joga nesse domingo a segunda partida da semifinal da Conferência Oeste contra o Whitecaps, em Vancouver (o primeiro jogo, em Portland acabou 0-0).

Darlington Nagbe’s best MLS goalsThis guy. Darlington Nagbe’s best goals in MLS.

Posted by Major League Soccer (MLS) on Quinta, 5 de novembro de 2015

Como os playoffs MLS terão uma semana de folga para as datas internacionais, se o Portland Timbers avançarem às finais do Oeste (para enfrentar Seattle ou Dallas), o jogador não deve perder nenhum jogo.

África-USA
Nascido na Libéria,  ele é filho de Joe Nagbe ex-capitão da seleção da Libéria, que no final dos anos 1980 e início dos 1990 tinha em George Weah, do Milan, o grande jogador. Darlington Nagbe, no entanto começou no futebol universitário dos EUA e se profissionalizou em 2011, no Timbers.

Nagbe, que marcou 5 vezes e deu 5 assistências nessa temporada obteve cidadania em setembro passado e é apenas o segundo jogador da MLS a estrear com Klinsmann sem ter passado pela pré-temporada que o técnico faz todos os anos em janeiro.

Nagbe é seleção: Klinsmann abre exceção para chamar meia do Portland

Nagbe é seleção: Klinsmann abre exceção para chamar meia do Portland

Klinsmann está declaradamente redefinindo o perfil da equipe, que vem acumulando maus resultados desde julho, quando os EUA perderam a Gold Cup em casa e culminaram com derrota para o México em outubro, que significou a perda da vaga na Copa das Confederações de 2017 na Rússia.

Aos 25 anos, Nagbe passou recentemente por uma mudança drástica na posição que vinha atuando em seu clube: de lateral-esquerdo passou a jogar como meia de criação, o que fez dele um jogador mais útil na reta final da temporada regular, quando o time obteve a classificação para os playoffs.

De fato, sua criatividade, habilidade técnica e capacidade aeróbica, faz com que ele possa jogar em qualquer lugar no meio-campo e seja, ainda, uma opção de chegada ao ataque, auxiliando os homens de frente: fator que tem sido um dos pontos fracos da seleção dos EUA, nos últimos 18 meses.

Veja a lista dos 23 convocados:

  • Goleiros: Brad Guzan (Aston Villa), Bill Hamid (DC United) e Tim Howard (Everton)
  • Defensores: Ventura Alvarado (Club América), Matt Besler (Sporting Kansas City), Geoff Cameron (Stoke City), Fabian Johnson (Borussia Mönchengladbach), Matt Miazga (New York Red Bulls), Michael Orozco (Club Tijuana), Tim Ream (Fulham FC), Brek Shea (Orlando City)
  • Meio-campistas: Kyle Beckerman (Real Salt Lake), Michael Bradley (Toronto FC), Mix Diskerud (New York City), Miguel Ibarra (Club Leon), Jermaine Jones (New England Revolution), Darlington Nagbe (Portland Timbers), DeAndre Yedlin (Sunderland)
  • Atacantes: Jozy Altidore (Toronto), Alan Gordon (LA Galaxy), Jordan Morris (Stanford), Bobby Wood (Union Berlin), Gyasi Zardes (LA)

< Anterior | Voltar à página inicial | Próximo>