Blog FastFut

Arquivo : Humor

Imagens para estômagos fortes
Comentários Comente

Celso de Miranda

Depois de muito futebol, violência entre torcedores e alguns golaços, o momento mais memorável dos três primeiros dias da Euro 2016 provavelmente foi capturado quase sem querer pelas câmeras de TV nesse domingo em Lille, na partida em que a Alemanha venceu a Ucrânia por 2-0, com gols de Shkodran Mustafi (19′) e Bastian Schweinsteiger, já nos acréscimos do segundo tempo.

Um momento horrível e nojento protagonizado pelo técnico alemão Joachim Lowm,  que foi flagrado perto dos 30 minutos do segundo tempo enfiando a mão direita nas calças.

Depois de alguns segundos, quando Low se sentou no banco vem a cena de revirar o estômago: o técnico cheira a própria mão.

 

Que nojo! Low coçando e cheirando

Que nojo! Low coçando e cheirando


Enquanto isso na Bulgária…
Comentários Comente

Celso de Miranda

Com a vitória sobre o Chepintsi Levski, nesse domingo o Lokomotiv Sofia garantiu uma vaga nos playoffs de acesso para o Grupo B (a 2ª divisão).

A 16ª vitória consecutiva deu ao 4º maior campeão nacional, mas que hoje se esfola para voltar da 3ª divisão, o título da CWG-Norte (divisão metropolitana-norte) com 4 rodadas de antecedência.

Com 48 pontos e 16 à frente do segundo colocado, justamente o Levski Chepintsi, o Lokomotiv não pode mais ser alcançado.

Mas ao invés de lembrar os bons tempos de glória, ou do último título conquistado em 1978, a partida entre Lokomotiv e Levski no pequeno Estádio Municipal em Chepintsi pareceu um clássico digno do 4º nível do futebol búlgaro.

Faltando 10 minutos para o início do jogo caiu uma tempestade, que chegou a atrasar o início da partida em meia hora e transformou o gramado num pântano.

Em uma das cenas mais engraçadas – e tensas – da partida, o árbitro Nikolay Yordanov marcou pênalti a favor dos visitantes: o jogo ainda estava 0-0 e mais do que reclamar da decisão, a dificuldade foi encontrar a marca do pênalti.

Com a bola colocada em meio à poça d’água, o lateral Kostadin Velkov cobrou e o goleiro Kaloyan Garevski defendeu.

Depois de muita discussão e empurra-empurra, os “ferroviários” enfim abriram o placar faltando 5 minutos para o fim do jogo, com um chute de fora da área do capitão Kaloyan Angelov.

Já nos acréscimos, Kaloyan Bonev garantiu a vitória para Lokomotiv após a cobrança de um escanteio de George Vassilev.

 


Avisa o atacante que “intimidade com a bola na área” não é bem isso…
Comentários Comente

Celso de Miranda

Com o final da Premier League se aproximando as partidas, principalmente na parte de baixo da tabela envolvendo aquelas equipes que lutam para evitar o rebaixamento muitas vezes se tornam batalhas empedernidas, marcadas pela tensão, algumas até violentas.

Naismith’s ball controlSo often relegation battles are fiery encounters. But Norwich City FC’s 3-2 win over Newcastle United seemed slightly friendlier.

Publicado por SBS The World Game em Sábado, 2 de abril de 2016

Não foi o caso de Norwich  3-2 Newcastle nesse sábado em Carrow Road, na 32ª rodada, que além de muito bem jogado e repleto de emoções, teve cenas de carinho entre o atacante Steven Neismith, do Norwich e o zagueiro do Newcastle o holandês Daryl Janmaat.

No lance, uma cobrança de escanteio na área do Newcastle, ainda no primeiro tempo quando a partida estava 0-0, incomodado com a pressão de Janmaat, o escocês reagiu mostrando “intimidade na área” e um “bom controle de bola”, se é que você me entende?

Contra o rebaixamento
O Norwich abriu o placar no último lance do primeiro tempo com o suíço Tim Klose e o Newcastle empatou com Aleksander Mitrovic (71).

O congolês Dieumerci Mbokani recolocou o time da casa aos 74′, mas os magpies empataram, novamente com Mitrovic, de pênalti (86). Nos acréscimos, o sueco Martin Olsson deu a vitória as canários.

Com a vitória, o Norwich é o 17º (31 pontos), o primeiro fora da zona de rebaixamento. O Newcastle é o 19º com 25.

Na rodada 33, no próximo sábado,  o Newcastle joga em Southampton e o Norwich enfrenta o Crystal Palace em Londres.


Futebol amador australiano vira tourada
Comentários Comente

Celso de Miranda

Sábado é dia de futebol no Federation Park, na cidade de Maryborough, em Queensland na Austrália: cerca de 450 pessoas e até 30 times se reúnem todos os finais de semana para disputar ou simplesmente assistir às diversas ligas amadoras e infantis, que utilizam os campos do local.

Things got a little interesting out at soccer/football today :/

Publicado por Ryan Devenish em Sexta, 11 de março de 2016

Nesse sábado, no entanto uma visita inusitada: um jovem touro, que invadiu o campo vindo do terreno vizinho e testou o preparo físico dos jogadores – que nem sempre está em dia, aliás – e transformou por alguns segundos o futebol em um salve-se quem puder.

Ryan Devenish, o frequentador local que gravou a cena, foi um irônico, dizendo que as coisas ficaram um pouco mais interessantes no futebol do Federatiom Park nesse sábado.

Para tranquilidade geral o animal rapidamente perdeu o interesse e se retirou permitindo o retorno na partida entre o Sunbury Football Club, de Maryborough e o United Warrior FC.


Cervo invade a área e marca golaço
Comentários Comente

Celso de Miranda

Todo mundo ama o futebol: o Mundo Animal também.

Esse cervo selvagem mostrou que é difícil resistir a um joguinho de futebol no fim de semana e invadiu uma partida entre times infantis, nos EUA, nesse sábado.

Surgindo do nada, o cervo mostrou velocidade e boa visão de jogo, partiu resoluto em direção ao gol, como se pedisse para receber o lançamento: e o garoto percebeu que ele se projetava além da marcação e cruzou na área.

Sem deter a corrida o mais novo atacante do time desviou de cabeça (focinho?) para o fundo da rede, tudo em uma jogada brilhante.

Tão rápido quanto veio, no entanto o veado desapareceu, deixando todos os meninos e meninas – e torcedores do mundo todo – em estado de choque: “au, au, au, o cervo é animal!”


Van Persie: em 15 meses de bem-te-vi a mergulhão…
Comentários Comente

Celso de Miranda

O futebol pode ser cruel: e em 15 meses tudo na vida de um craque pode mudar.

Você passa de titular de um dos clubes mais poderosos do planeta, o Manchester United, parça do Wayne Rooney e coisa e tal, para banco do Fernandão, ex-Palmeiras e refugo do Bahia, no Fenerbahçe.

Piada: holandês virou meme

Piada: holandês virou meme

Pergunte como para o holandês Robin van Persie.

Em julho do ano passado o atacante holandês ídolo do United estreava na Copa do Mundo marcando aquele que seria considerado um dos gols mais bonitos do torneio, abrindo o caminho para a virada e a goleada estonteante da Holanda sobre a então campeã do mundo Espanha por 5-1.

Agora, reserva do brasileiro Fernandão no Fenerbahçe, Van Persie e a Holanda não conseguiram se classificar entre as 24 seleções para Euro’16.

Para piorar, no jogo decisivo contra a República Checa na AmsterdamArena, Robin van Persie, que entrou aos 39 minutos marcou de cabeça – que ironia – contra o 3º gol da vitória pode 3-2 dos checos.

RVP’s OG► UEFA EURO 2016 qualifying REPORT and HIGHLIGHTS: bit.ly/1RFOTFZ The Netherlands football team 2-3 Czech Republic.The Dutch have failed to qualify for the 24 team tournament, with Robin van Persie’s own-goal summing up the campaign.

Posted by SBS The World Game on Terça, 13 de outubro de 2015

A seleção holandesa não ficava de fora da Euro havia 32 anos.


Jogador sofre falta e mostra cartão amarelo para adversário
Comentários Comente

Celso de Miranda

Um pouco de senso de humor ainda vai salvar se não o Mundo… pelo menos, o mundo do Futebol.

Na Romênia, durante o jogo entre Steaua Bucareste e Concordia Chiajna (3-1), no Estádio Lia Manoliu, na 11ª rodada da Liga 1, na segunda-feira,  o lateral Alin Tosca recebeu um carrinho por trás  Marian Constantinescu.

Em vez de se ofender, ou ficar estendido no gramado, ele decidiu ‘punir’ o veterano meia com um cartão amarelo!

A imagem em câmera lenta mostra que Tosca já levava com ele o cartão, mas não porque ele tinha um: o site do jornal ProSport, da Romênia, no entanto elucidou todo o caso.

Segundo o site do jornal, poucos minutos antes, o árbitro Horace Feşnic, que aparentemente carregava cartões reservas no bolso, havia derrubado um ao tirar outro para advertir o volante Razvan Tincu, do time visitante e não percebeu.

Tosca recolheu o cartão e a jogada seguiu até que recebeu a falta de Constantinescu. “Eu já estava com o cartão na mão para entregar para ele e acho que ele já tinha até visto,” disse o jogador do Steaua.

“Então, foi uma coisa do momento, apenas uma brincadeira, não teve nenhum tom de crítica e o árbitro entendeu assim também.”

 


Mario Götze, mas pode me chamar de Cake Boss…
Comentários Comente

Celso de Miranda

Há alguns tempo, Mario Götze prometeu aos torcedores que quando sua página na rede social chegasse aos 10 milhões de fãs ele comemoraria com um bolo, que ele mesmo iria cozinhar e para isso pediu para que lhe mandassem sugestões de receitas.

Depois dos dois gols marcados contra Polônia e das duas vitórias contra poloneses e escoceses, nas Eliminatórias da Euro, sua página superou a marca em 100 mil fãs e o artilheiro da final da Copa do Mundo cumpriu a promessa e fez uma receita de bolo de banana e chocolate.

Fã ganhou camisa e pedaço do bolo

Fã ganhou camisa e pedaço do bolo

A torcedora Bettina H., que mandou a receita recebeu em troca uma camisa autografada… e um pedaço do bolo, que o jogador do Bayern disse ter sido o primeiro que ele assou na vida.

 


Torcedor inglês improvisa para acompanhar ritmo das transferências
Comentários Comente

Celso de Miranda

É, não tá fácil pra ninguém… Se a ordem para o clubes ingleses é comprar, comprar, comprar, para os torcedores é reciclar, reutilizar, reaproveitar e, sobretudo, improvisar.

Nunca se negociou tanto na Premier League em uma só janela de transferências: os 20 principais clubes da Inglaterra gastaram mais de € 1bilhão para reforçar seus elencos: cerca de metade disso foi para trazer jogadores estrangeiros.

Sterling? O negócio agora é Danny Ings

Sterling? O negócio agora é Danny Ings

Agora, terminado o período de compra e venda, chegou a hora do torcedor checar se a escalação do seu time continua a mesma. E se aquela camisa que ele comprou no mês passado ainda está atual.

Lealdade
O comércio de camisas oficiais é uma das principais fontes de renda dos grandes clubes ingleses: não é a toa que todos – do Chelsea ao Watford, do Liverpool ao Norwich – têm três uniformes e os grandes clubes lançam até dois por temporada, um no início e outro no inverno.

Segundo a Deloitte, consultoria especializada em esporte, as camisas de Radamel Falcao e Angel di Maria, do Manchester United, foram a 4ª e 5ª mais vendidas da temporada passada (ficaram atrás das de Cristiano Ronaldo, Lionel Messi e James Rodriguez).

Entre os 10 maiores vendedores de camisas do futebol mundial, há 4 clubes da Premier League: o M. United (2º), Chelsea (4º), Arsenal (5º) e Liverpool (7º). Só a camisa “9” de Balotelli no Liverpool, vendeu 805 mil unidades

Di Maria virou Mata

Com esparadrapo a tordedora do United transformou ‘Di Maria’ em ‘Mata’

Mas no meio do frenesi de transferências, que ganharam fôlego extra nesse verão, já que ao que parece o presidente da UEFA, de olho na sucessão da FIFA, resolveu dar um tempo na austeridade do fair-play financeiro, os torcedores ingleses cansaram de gastar dinheiro com camisas de novos jogadores e resolveram reciclar as antigas.

Raheem Sterling foi para o Manchester City numa das contratações mais caras do período e, além de deixar um buraco no ataque do Liverpool, que até agora marcou apenas 1 gol, em duas rodadas deixou muito torcedor do Liverpool com camisa nova no encalhada armário .

Sabe que nem deu pra notar...

Sabe que nem deu pra notar…

Entre as novas contratações do Liverpool chegaram o Roberto Firmino, do Hoffenheim, o belga Christian Benteke, do Aston Villa, e Danny Ings, do Burnley City

Graças ao “ing” do final de seu nome, o atacante da Sub-21 inglesa, que estreou (com o n.28 às costas, é verdade) na derrota do time contra o West Ham, no Anfield, entrando no 2º tempo no lugar de Firmino, é quem herdou a camisa de Sterl “ing”, que os criativos torcedores estão transformando e postando nas redes sociais.

Velhos ídolos apagados (ou riscados) da memória

Velhos ídolos apagados (ou riscados) da memória:

Um pouco de esparadrapo, tinta ou pincel atômico (que nem precisa ser da cor da camisa) e muita cara de pau e  Ángel di Maria vira [Juan] Mata, e Fábregas se transforma e Per Mertesacker, ou pelo menos no apelido do zagueiro alemão na Inglaterra, “BFG”, a sigla para “Alemão Grandão do Cacete”, em inglês (Big Fucker Germany).

O que vale é a intenção, às vezes nem isso: dos dois amigos torcedores do Liverpool, um se mantém fiel ao veterano Gerrard, que deixou o time para jogar nos Estados Unidos.

O outro apagou da camisa o nome do atacante espanhol [Fernando] Torres, trocou o time pelo Chelsea, em 2011.

Agora,  deve estar procurando alguém para subsituir Ricki Lambert, já que o atacante foi negociado nessa temporada com o West Bromwich.

 

 

 

 


Quase!
Comentários Comente

Celso de Miranda

Único representante brasileiro ontem no sorteio da Liga dos Campeões da UEFA, Julliano Belletti quase que erra os degraus na hora de deixar o palco.

إلى أين أنت ذاهب يا بيليتي!Belletti almost makes a big mistake!! #UCLdraw

Posted by beIN SPORTS on Sexta, 28 de agosto de 2015

 

Sempre bem humorado, no entanto o autor do gol do título europeu do Barcelona na temporada 2005/06  percebeu o engano a tempo ainda de fazer piada.