Blog FastFut

Arquivo : Marta

Liga dos Campeões Feminina: confira os confrontos das quartas de final
Comentários Comente

Celso de Miranda

Finalistas em 2015/16, Lyon e Wolfsburg se enfrentam nas quartas-de-final da Liga dos Campeões Feminina, que recomeça em março.

O sorteio em Nyon definiu ainda os confrontos entre Bayern de Munique e Paris Saint-Germain, Fortuna Hjørring e Manchester City e Rosengård e Barcelona.

Lyon e Wolfsburg são os dois únicos times que já venceram a Liga dos Campeões  (3 vezes o Lyon e duas vezes o Wolfsburg) e ainda disputam o título nessa temporada.

Reta final: Marta e o Rosengar recebem o Barcolona de Andressa Alves

Reta final: Marta e o Rosengård recebem o Barcelona de Andressa Alves

Em 2015/16, o Lyon venceu o Wolfsburg nos pênaltis, após empate em 1-1 na decisão disputada em Reggio Emilia, na Itália. Em 2013, as duas equipes já haviam disputado a final e as alemãs venceram por 1-0 em Stanford Bridge.

Os jogos de ida acontecem nos dias 22 e 23 e a volta nos dias 29 e 30 de março.

O sorteio na Suíça definiu ainda os jogos das semifinais: o ganhador do confronto entre Wolfsburg e Lyon vai enfrentar o vencedor de Fortuna e Man. City. Já o vencedor do duelo entre Rosengård e Barcelona pega Bayern ou PSG. As semifinais acontecem em 22/23 e 29/30 de abril.

A final acontece no dia 1º de junho, no Cardiff City Stadium, no País de Gales.

Campeãs: Lyon busca 4o titulo, o 2 consecutivo

Campeãs: o Lyon busca 4º titulo, o 2º consecutivo

Destaques

França vs Alemanha: entre os 8 times, há 2 alemães e 2 franceses. Além de 1 espanhol, 1 inglês, 1 sueco e 1 dinamarquês. Definida no sorteio, a tabela deixou aberta a possibilidade de uma final toda francesa, ou toda alemã.

• Além da reedição da final da última temporada entre Lyon e Wolfsburg, outro confronto vai envolver francesas e alemãs: vice-campeão de 2015 e semifinalista em 2016, o PSG e enfrenta o Bayern, que pela primeira vez disputa uma quarta de final.

• O Lyon pode se tornar o maior vencedor da competição, com 4 títulos ao lado do Frankfurt. Diante do Wolfsburg, o time francês fará seu 75º jogo na Liga dos Campeões e, se chegar à final, quebrará o recorde do Arsenal (79). Nessa temporada, o Lyon chegou a 57 vitórias no torneio, quebrando o recorde anterior do Frankfurt (54).

8 gols: a húngara Jakabfi lidera a tabela de artilheiras

8 gols: a húngara Jakabfi (direita) lidera a tabela de artilheiras

• No Wolfsburg, da artilheira da competição Zsanett Jakabfi, a atacante alemã Anja Mittag está a 1 gol de se tornar a primeira jogadora a atingir 50 gols na competição. O técnico Ralf Kellermann pode se tornar o primeiro a vencer a Liga dos Campeões 3 vezes com o mesmo clube.

• Estreante na competição, o Manchester City superou o Brøndby para chegar a essa fase e agora enfrenta um outro time dinamarquês, o Fortuna, da brasileira Tamires. Vice-campeão em 2003, o Fortuna encerrou uma série de 7 eliminações consecutivas nas oitava ao eliminar o Brescia (4-1 ag.).

• Confronto entre duas brasileiras na partida entre Rosengård e Barcelona: do lado sueco, a veterana Marta, que disputa a competição desde 2003/04 quando chegou às semifinais atuando pelo Brondby. Do lado espanhol, Andressa Alves disputa o torneio pela primeira vez, em sua temporada de estreia no Barcelona.

• O Barcelona chega às quartas de final pela 3ª vez (2014, 2016 e 2017). Nessa temporada, o time espanhol eliminou o Twente pela 2ª vez consecutiva para chegar às quartas de final. O Barça ganhou seus primeiros 12 jogos nessa temporada, antes de um empate (1-1) diante do Real Betis. Em sua partida mais recente pela Liga Espanhola (7 de dezembro), Andressa Alves marcou o único gol no empate diante do Valencia (1-1).

• Atual bicampeão da Frauen Bundesliga, o Bayern conta com a meia-atacante Melanie Behringer, campeã olímpica pela Alemanha e uma das 3 finalistas ao Prêmio FIFA de “Melhor Jogadora do Mundo” em 2016.

• Finalista há duas temporadas, o Paris Saint-Germain das brasileiras Cristiane e Erika parou na semifinal em 2015/16, caindo diante do campeão Lyon.

Vencedores: Lyon (2011, 2012, 2016), Wolfsburg (2013, 2014)
Vice-campeões: Fortuna Hjørring (2003), Paris Saint-Germain (2015)
Semifinalistas: Rosengård (2004, quando o time ainda se chamava Malmö)
Quartas de final: Barcelona (2014, 2016)
Primeira vez nas quartas de final: Bayern (3ª participação), Manchester City (1ª participação)

Artilheiras 2016/17:

1Zsanett Jakabfi (Wolfsburg)….. 8
2 – Vivianne Miedema (Bayern)….. 7
3 – Eugénie Le Sommer (Lyon)….. 5
4 – Camille Abily (Lyon), Ada Hegerberg (Lyon), Jenni Hermoso (Barcelona)….. 4


Marta é finalista ao Prêmio de Melhor do Mundo, mas alemã é favorita
Comentários Comente

Celso de Miranda

Depois de ficar de fora da lista em 2015, a atacante Marta volta a figurar entre as finalistas ao Prêmio de Melhor Jogadora do Ano anunciadas pela FIFA nessa sexta-feira.

Essa é a 12ª vez em 13 anos, que a brasileira é listada entre as 3 melhores do mundo.

Marta: de volta entre as mulheres

Marta: de volta entre as melhores

Cinco vezes vencedora do Prêmio, a brasileira disputa a coroa com a norte-americana Carli Llyod, que recebeu o prêmio em 2015, e com a alemã campeã olímpica Melanie Behringer.

Chuteira de Ouro (artilheira) das Olimpíadas do Rio, com 5 gols, a meia Behringer, 31 anos, pinta como a favorita, depois da excelente temporada com seu clube, o Bayern de Munique.

O time além de vencer a Frauen-Bundesliga, conquistou uma inédita classificação para as quartas-de-final da Liga dos Campeões da UEFA, onde enfrenta o Paris Saint-Germain, em dois jogos que acontecem em março (nos dias 22 e 29).

Com a seleção, além medalha de ouro, Behringer ajudou a Alemanha a avançar com 100% de aproveitamento para a fase decisiva das Eliminatórias da Euro’17, na Holanda.

Ouro na Rio 2016, a meia do Bayern é favorita

Artilheira da Alemanha na Rio 2016, a meia do Bayern é a favorita

Por fora
Apesar de cair nas quartas dos Jogos Olímpicos – diante da Suécia ,nos pênaltis – a camisa 10 do Houston Dash, Carli Lloyd vencedora do prêmio no ano passado, mais uma vez se destacou entre as estrelas do time líder do ranking da FIFA, marcando 17 gols pela seleção norte-americana na temporada.

Outra que amargou grande decepção na Rio 2016, Marta, aos 30 anos, mais uma vez foi o destaque do time brasileiro, que ficou com o 4º lugar na competição: apesar das derrota na semifinal (para a Suécia) e na disputa da medalha de bronze para o Canadá, a atacante conseguiu cativar a nação com gols e atuações apaixonadas.

Com o Rosengård, a jogadora vive boa fase, marcando os gols decisivos na conquista da Liga e da Copa da Suécia e está nas quartas-de-final da Liga dos Campeões, onde enfrenta o Barcelona.

A vencedora será escolhida pelos técnicos e capitães das seleções, bem como representantes da mídia durante evento em Zurique, no dia 9 de janeiro de 2017.

 


Champions Feminina: Bayern, Barcelona e City avançam às 8as.
Comentários Comente

Celso de Miranda

O Fortuna Hjørring venceu o Athletic por 3-1 nessa quarta-feira, na Dinamarca e avançou para as oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa Feminina.

As atuais campeãs espanholas haviam vencido a primeira partida na semana passada em Bilbao por 2-1. Nessa quarta-feira, a vitória na prorrogação só veio no último minuto, com a brasileira Tamires marcando o gol da classificação.

Outra brasileira que brilhou na rodada foi Andressa Alves, que marcou seu 1º gol na Liga dos Campeões, o 2º na vitória do Barcelona por 2-1 sobre o Minsk.

O gigante espanhol, que já havia vencido o estreante da Bielorrússia, em Minsk, por 3-0 no jogo de ida avançou sem dificuldades.

Mesmo sem brilho – e sem gols – o Rosengård também garantiu a vaga: jogando em casa, o time da brasileira Marta empatou em 0-0 diante do Breidablik, e acabou eliminando o estreante time islandês graças à vitória na semana passada por 1-0.

Outros 10 times garantiram vaga nessa quarta-feira: na quinta, mais 4 jogos (Rossiyanka vs. Sarajevo, Paris Saint-Germain vs. LSK Kvinner, Brescia vs. Medyk Konin e Glasgow City vs. Eskilstuna United) vão definir os 16 classificados que seguem na competição.

Simples
Diante de mais de 5 mil torcedores, o atual campeão Lyon voltou a golear o Avaldsnes, da Noruega: depois de fazer (2-5) na semana passada as francesas venceram por  5-0 nessa quarta-feira.

O Bayern também chegou aos 2 dígitos: o campeão alemão voltou a golear o Hibernian (4-1), fechando o confronto diante do time escocês em 10-1.

O Manchester City conseguiu um desempenho impressionante em sua primeira participação na competição, eliminando o Zvezda 2005 por 6-0 no placar agregado. De quebra, com a goleada dessa quarta-feira, as campeãs inglesas impuseram ao time russo a primeira derrota em casa na competição desde um 6-0 para Duisburg, na primeira partida da final de 2009.

Nessa quinta, mais 4 jogos definem os 16 classificado

Na 5ª, mais 4 jogos definem os 16 classificados

Depois de fazer 3-0 sobre o Chelsea em Stamford Bridge, na semana passada, o outro representante alemão Wolfsburg eliminou o Chelsea com um empate em 1-1 no AOK Stadium.

Por fora
Um empate em 2-2 diante do SKN St. Polten, em casa, na Dinamarca garantiu o avanço do Brondby, que havia vencido a partida de ida por 2-0, na Áustria. O outro time austríaco Sturm, que havia perdido na estreia em casa para o Zürich (6-0), voltou a perder essa quarta, na Suíça (3-0.

City: inglesas avançam às 8as. em sua primeira participação

City: inglesas avançam às 8as. em sua primeira participação

O Twente, da Holanda chega às 8as. pela segunda temporada consecutiva, após eliminar o Sparta Praha (5-1 agreg.). O Outro time da República Checa, porém conseguiu a vaga: depois de empatar em 1-1 na semana passada, o Slavia Praha venceu o Apollon do Chipre, por 3-2.

A grande surpresa, no entanto foi a classificação do BIIK-Kazygurt: o time do Cazaquistão foi único a participar das fases preliminares que conseguiu avançar, eliminando o Verona, da Itália por 4-3 no placar agregado.


Marta desequilibra e Rosengård leva título da Copa depois de 19 anos
Comentários Comente

Celso de Miranda

Com uma atuação decisiva de Marta, que deu passe para 2 gols e marcou o 3º, o Rosengård conquistou nesse domingo a Copa da Suécia, vencendo o campeão das últimas duas temporadas Linköping por 3-1.

Somando as duas equipes, 7 medalhistas de prata nos Jogos Olímpicos estiveram em campo na partida em que o Rosengård vingou a derrota para o Linköpings FC na ‘Svenska Cupen Final do ano passado por 2-0.

Marta levanta a Copa da Suécia: 19 anos de espera

Marta levanta a Copa da Suécia: a Rainha volta a sorrir

O atual bicampeão e líder da Damallsvenska (a Liga Feminina Sueca), não vencia o título da Copa desde 1997, quando o time ainda chamava Malmö FF.

“Foi um bom jogo, todas trabalhamos duro para nos superar e apoiar umas as as outras,” disse Marta à SVT Sport.

“Eu sinceramente ainda estou cansada após os Jogos Olímpicos, mas realmente tentei pensar positivo e fazer o meu melhor e estou muito feliz porque pudemos vencer a partida. Isso era muito importante para mim,” disse a brasileira, visivelmente emocionada.

Jogo
Depois de um primeiro tempo de muita marcação coube à vice-campeã olímpica e campeã da Liga dos Campeões em 2016 com o Lyon, Lotta Schelin abrir o placar, no último minuto antes do intervalo.

Após receber passe de Marta na entrada da área, a atacante bateu cruzado para vencer a goleira Cajsa Andersson.

No início da 2ª etapa, em outra jogada da brasileira, a holandesa Lieke Marten aumentou.

O Linkoping diminuiu com a atacante revelação da seleção Stina Blackstenius, de 20 anos.

Chave de ouro
Marta fechou o placar aos 67′ num golaço: em jogada individual a brasileira invadiu a área pela esquerda, cortou a volante Jonna Andersson e bateu de esquerda por cobertura com grande categoria.

Essa edição da Copa da Suécia começou em março de 2015 e durou até maio, com 76 equipes das divisões Regionais e da D1 (3ª Divisão) se enfrentando. Em setembro, as primeiras 38 equipes classificadas se somaram às 26 equipes da 1ª e 2ª divisões na 2ª fase eliminatória.

Dessas 64 equipes, 32 disputaram a 3ª fase, em outubro. Esse ano começou com 16 equipes nas oitavas de final em fevereiro, e em seguidas fase eliminatórias em jogos únicos até às semifinais em junho e à grande final, nesse domingo.


Uniforme do time de Marta vai ter bandeira contra homofobia
Comentários Comente

Celso de Miranda

O FC Rosengård, time da brasileira Marta estreia nessa quarta-feira nas quartas de final  na Liga dos Campeões Feminina, diante do Frankfurt um novo uniforme, que traz nas costas, um pouco abaixo da gola e acima do número, a tradicional bandeira do arco-íris, símbolo da luta contra a homofobia.

Bandeira: campanha ganha espaço no uniforme do time

Bandeira: jogando em casa Rosengard deve usar branco nessa quarta

A introdução do símbolo é mais uma iniciativa do clube que desde o ano passado promove uma série de ações de conscientizações em relação ao tema, tanto junto aos torcedores, quanto da comunidade em Malmö

Jogando em casa diante de sua torcida no Malmö Idrottsplats Stade, o atual campeão sueco deve usar seu uniforme principal, com calções, meias e camisas brancas e deixar as camisas pretas para o jogo de volta, em Frankfurt, na semana que vem.

Modelo 1 e 2 das camisas, e a ideia de colocar as bandeirinhas de escanteio

Desde a temporada passada as bandeirinhas de escanteio do clube são coloridas

Homens
No início da temporada, o time masculino, que disputa as divisões regionais e Copa da Suécia também deve usar o símbolo.


Marta marca 3 e Rosengård avança às quartas da Champions Feminina
Comentários Comente

Celso de Miranda

Com três gols da brasileira Marta, o Rosengård goleou o Verona (5-1), nessa quinta-feira, no Estádio Idrottsplats, em Malmö, no jogo de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões Feminina.

Grande noite: Marta marcou 3 na classificação do Rosengard

Grande noite: Marta marcou 3 na classificação do Rosengard

O campeão sueco que já havia vencido na semana passada por 3-1, , na Itália avançou com facilidade para as quartas de final pela 5ª temporada consecutiva.

O último classificado saiu do outro jogo do dia: o Slavia Praha empatou com Zvezda (0-0), em Perm, na Rússia e obteve a vaga graças à vitória na primeira partida, em Praga, por 2-1.

É a primeira vez que o Slavia chega entre os 8 melhores times da Europa. Apenas o rival, Sparta Praha em 2005/06, havia conseguido o feito.

Já o Zvezda, que recentemente venceu o campeonato russo de 2015 garantiu que estará de volta na próxima temporada, juntamente com o vice-campeão Rossiyanka.

Rainha
Além da classificação, com os 3 gols dessa quinta a brasileira chegou ao seu 46º gol na competição, apenas 3 a menos que a recordista, a ex-companheira de time Anja Mittag, que trocou o Rosengard pelo Paris Saint-Germain no início da temporada.

A alemã atingiu os 49 gols na semana passada, quando marcou no empate em 1-1 diante do Örebro.

Além disso, com 5 gols Marta assumiu a vice-artilharia do torneio nessa temporada ao lado de outra brasileira, a atacante Cristiane do PSG. A líder é a norueguesa Ada Herberg, do Lyon, com 8.

PSG e Lyon, que garantiram vaga ontem, também se classificaram e essa disputa promete ser acirrada até o fim do torneio.

 

Jogo
O Verona saiu na frente no placar com a capitã Melania Gabbiadini (20’), mas ainda no primeiro tempo a meia Josée Belanger empatou (38’).

A canadense que veio por empréstimo apenas por 6 meses após se destacar na Copa do Mundo em junho se despediu ontem da equipe: “Minha missão está completa”, escreveu numa rede social. “Título da Liga e o time está classificado para as quarta de final da Champions.”

Artilheira do time na temporada Belanger ainda não revelou detalhes sobre seu destino a partir de janeiro, mas deve ser mesmo os Estados Unidos: “Eu aprendi coisas novas, que eu levo comigo,” diz ela. “Conheci pessoas incríveis, dentro e fora do campo e isso nunca esquecer.”

Além do gol, a canadense deu o passe para o Marta marcar e colocar o time da casa na frente (50’). Em seguida a veterana Silvia Fuselli marcou contra (65’). A partir daí, só deu a brasileira, que marcou mais duas vezes (aos 67’ e 87’).

Classificados

  • Wolfsburg 🏆🏆 & Frankfurt 🏆🏆🏆🏆 (Alemanha)
  • Lyon 🏆🏆 e PSG (França)
  • Barcelona (Espanha)
  • Brescia (Itália)
  • Rosengard (Suécia)
  • Slavia Praha (Rep. Checa)

O sorteio para definir os jogos das quartas acontece no dia 27 de novembro


Prêmio FIFA: pela 1ª vez desde 2003, sem brasileiras entre as 10 finalistas
Comentários Comente

Celso de Miranda

As 10 finalistas ao prêmio de Jogadora do Ano da FIFA 2015 foram anunciados na noite dessa segunda e pela primeira vez desde 2003 que a brasileira Marta não está entre elas: são 3 norte-americanas, 2 francesas, s alemãs, uma canadense, 1 japonesa e 1 suíça concorrerão ao prêmio.

O Prêmio feminino foi criado em 2001 e nos dois primeiros anos, a norte-americana Mia Hamm foi a vencedora. Marta foi indicada entre as 10 finalistas pela primeira vez em 2003, mas não ficou entre as 3 finalistas.


De 2004 até 2014, Marta esteve 11 vezes seguidas entre as 3 finalistas tendo vencido 4 vezes entre 2006 e 2009.

As 10 finalistas: Nadine Angerer (ALE), Ramona Bachmann (SUI), Kadeisha Buchanan (CAN), Amandine Henry, Eugenie Le Sommer (FRA), Carli Lloyd (EUA), Aya Miyama (JAP), Megan Rapinoe (EUA), Celia Sasic
(ALE) e Hope Solo (EUA)

Escolhida pelo Comitê de Futebol Feminino da FIFA e do Mundial Feminino da FIFA, além de um grupo de especialistas da France Football, a lista será reduzida para apenas 3 nomes em 30 de novembro, com a vencedora sendo definida para ser anunciada em 11 de janeiro de 2016, na festa oficial da Bola de Ouro FIFA.


USA 5-2 Japan | All Goals and Full HIGHLIGHTS… por zidanekrisz

Depois de vencer a Copa do Mundo no Canadá, as norte-americanas são fortes favoritas ao prêmio, sobretudo Carli Lloyd, vencedora da Bola de Ouro como melhor jogador do torneio, onde marcou 6 gols, todos nas fases eliminatórias, incluindo um histórico hat-trick histórico na final contra o Japão.

Com o mesmo número de gols de Celia Sasic (da Alemanha), Lloyd ficou com a ‘Chuteira de Prata como segunda melhor artilheira do torneio por ter feito os 6 gols em mais jogos.

A goleira Hope Solo foi a “Luva de Ouro” da Copa, passando 539 minutos durante o torneio sem levar gols. Titular em todas as 6 partidas do torneio, Rapinoe marcou dois gols e também deu duas assistências, incluindo uma na final

 


Rosengård vence o título e Marta se torna a maior campeã sueca da história
Comentários Comente

Celso de Miranda

Atual campeão sueco, o Rosengård entrou na 22ª e última rodada da Damallsvenskan 2015 com um ponto de vantagem para o Eskilstuna United.

Só a vitória garantiria o título e a atacante Natasa Andonova mostrou logo cedo que diante de seus 4225 torcedores, o Rosengård não deixaria a decisão escapar de suas mãos e aos 9′ abriu o placar.

A capitã de equipe Lina Nilsson aumentou 15 minutos depois encaminhando aquele que seria seu 5º campeonato nacional nos últimos seis anos.

Mais dois jogadora da Macedônia Andonova e a islandesa Sara Björk Gunnarsdóttir fecharam a goleada que garantiu o troféu ‘Crown Princess Victoria’ no segundo tempo.

Gerações: a jovem Andonova marcou 3 gols e Marta conquistou o 7º título

Duas gerações: Andonova marcou 3 gols e Marta conquistou o 7º título

“O que fizemos é absolutamente fantástico após a queda que tivemos, conseguimos recuperar e chegar na frente”, disse Marta, que conquistou seu 7º título sueco, tornado-se a jogadora com maior número de títulos nacionais.

“É especial, uma alegria enorme, gigante”, comemorou a brasileira. “Ganhar o campeonato no último jogo em casa na frente de uma multidão fantástica, não há palavras para dizer o quanto estamos orgulhosas.”

 


Rosengård de Marta estreia amanhã na Liga dos Campeões Feminina
Comentários Comente

Celso de Miranda

A fase eliminatória da Liga dos Campeões Feminina começa nessa quarta-feira: depois de uma longa fase na qual 32 clubes campeões com pior ranking competiram em playoffs pré-classificatórios de onde apenas 8 se qualificaram  para se juntar aos 24 times dos países de melhor índice no ranking feminino da UEFA, entre eles a Alemanha de onde vem o atual campeão Frankfurt e o Bayern, que volta depois de 6 temporadas

Outro que estreia nessa quarta é o FC Rosengård, da brasileira Marta. Na temporada passada o time saiu do torneio invicto, caindo nas quartas depois de dois empates diante do então bicampeão Wolfsburg devido aos gols sofridos em casa.

O campeão sueco, vice-líder da atual temporada (1 ponto atrás do Eskilstuna United DFF), estreia contra o PK-35, no estádio ISS, em Vantaa, na vizinha Finlândia.

Novo
Marta continua sendo uma referência para o time, ainda mais depois da transferência da alemã Anja Mittag para o PSG, mas a brasileira marcou seus últimos gols em agosto:  dois na vitória do Rosengård sobre o Mallbackens (2-1) pela Damallsvenskan e um de pênalti sobre o Piteå IF.


All Goals and Highlights | Canada 1-0… por zidanekrisz

Novos nomes têm se destacado: o clube trouxe para o lugar da atacante suíça Ramona Bachmann, que foi para o Wolsfburg, a artilheira canadense Josée Bélanger, uma das líderes da excelente campanha de sua seleção na Copa do Mundo, marcando o gol da vitória sobre a Suiça (1-0), que levou o time às quartas de final.

Outro reforço é Nataša Andonova, atacante de apenas 20 anos, grande revelação da temporada passada na Euro Sub-21 pela seleção da Macedônia e destaque do futebol feminino na Alemanha, levando o Turbine Postdam à final da Copa (e que já está aprendendo a sambar nas comemorações de seus gols…)

Outro destaque da Copa do Mundo, a zagueira dinamarquesa Sophie Pedersen, 23, foi contratada junto ao Fortuna Hjørring, da Holanda.


Finlândia
Com uma vitória por 2-1 sobre o HJK Helsinki, o PK-35 de Vantaa venceu seu 5º título finlandês consecutivo, que classificou o time para a Fase de Classificação (também chamada de Pré-Liga dos Campeões).

Nessa fase, porém o time da Finlândia sobrou, marcando 20 gols em três partidas, mais do que qualquer outra equipe.

Os jogos de volta acontecem na semana que vem, nos dias 14 e 15.

Fast-INFOS>>

• Na temporada passada o Frankfurt conquistou seu 4º título e se tornou o maior vencedor do torneio. Seu adversário, o Standard participa pela 5ª vez da competição e nunca avançou além dessa fase.

• A Alemanha terá três representantes na competição: além do campeão nacional Bayern, o vencedor da Copa Wolfsburg e o atual campeão do torneio Frankfurt. Esta é apenas a 2ª vez que um país tem três representantes e pela 2ª vez será a Alemanha (a outra foi 2009/10).

Bayern volta depois de 6 anos de espera

Bayern volta depois de 6 anos de espera

• Depois de 6 anos anos, o Bayern ‘finalmente’ volta da Liga dos Campeões Feminina e estreia nessa quarta contra o  Twente, em Enschede.”Nossa expectativa é muito grande”, disse o treinador Thomas Wörle.

• Duas vezes campeão, o Lyon foi eliminado logo na estreia na temporada passada justamente para o rival PSG, que acabou chegando à decisão.

• O estreante Chelsea faz em casa, no estádio Wheatsheaf Park, em Staines-upon-Thames, um dos jogos mais interessantes da rodada diante do Glasgow, que chegou até as quartas da temporada passada


Definidos jogos da Champions Feminina: Marta estreia contra time finlandês
Comentários Comente

Celso de Miranda

Ontem em Nyon, foram definidos os 16 confrontos da primeira fase da Liga dos Campeões da UEFA Feminina 2015/16: os jogos de ida acontecem nos dias 7 e 8 e a volta 14 e 15 de outubro.

Os 16 confrontos acontecem em outubro

Os 16 confrontos acontecem em outubro

Entenda quem são os times que participaram do sorteio

  • 8 melhores times que venceram a fase Pré-eliminatória entre as 32 equipes das ligas nacionais ranqueadas entre as 16ª e 48ª posições da UEFA:  Olimpia Cluj (Romênia), Spartak Subotica (Sérvia), Twente (Holanda), PK-35 Vantaa (Finlândia), PAOK (Grécia), Stjarnan (Islândia), Medyk Konin (Polônia) e ZFK Minsk (Bielorrússia).

A esses times, agora se unem:

  • 7 equipes que representam suas nações como campeãs das ligas ranqueadas entre a 9ª e 15ª: Glasgow City (Escócia), LSK Kvinner (Noruega),  Zürich (Suíça), Standard Liège (Bélgica), St. Pölten-Spratzern (Áustria), Slavia Praha (Rep. Checa) e BIIK-Kazygurt (Cazaquistão)
Marta, com o Rosegard: eliminada sem perder nas quartas

Marta, com o Rosegard: eliminada sem perder nas quartas

E dois times de cada uma das 8 principais ligas ranqueadas pela UEFA

  • 16 (+ 1): Lyon e Paris Saint Germain (França),  Bayern de Munique e Wolfsburg (Alemanha), Brøndby e Fortuna Hjørring (Dinamarca), Zvezda-2005 e Zorkiy Krasnogorsk (Rússia), Barcelona e Atlético (Espanha),  Liverpool e Chelsea (Inglaterra), Verona e Brescia (Itália), Rosengård e KIF Örebro (Suécia)  (+ o Frankfurt, 3º time da Bundesliga que tem direito à vaga por ser o atual campeão)

Jogo a jogo

PK-35 Vantaa (FIN) vs. Rosengård (SWE) :: Do tradicional futebol feminino da Escandinávia, a Finlândia talvez seja o ela mais fraco: a última fez que times da Finlândia e da Suécia se enfrentara na Liga dos Campeões, o Rosengård (na época ainda chamado Malmö) bateu o FC United por 3-0, na Ucrânia, ainda na fase de qualificação de 2003/04. Dois anos antes, o Umeå havia eliminado HJK Helsinki na primeira partida das semifinais. Na temporada passada, o Rosengard cruzou com o então bi-campeão do torneio Wolfsburg, e depois de um empate na Alemanha, abriu 3-1 em casa, mas sofreu o empate nos últimos minutos: com o 3-3, e os gols marcados fora as alemães seguiram para as semifinais.

O time sueco se reforçou: trouxe a meia macedônia Nataša Andonova, de apenas 21 anos, que fez um excelente campeonato alemão pelo Turbine Potsdam e a atacante Josée Bélanger, um dos destaques canadense na Copa do Mundo, autora do gol da vitória sobre o Suíça
Previsão: 70% Rosengard

BIIK-Kazygurt (CAS) vs. Barcelona (ESP) :: Na temporada passada o BIIK estreou em casa com um empate em dois gols diante do Frankfurt, sendo a única equipe que não perdeu para as alemãs, que conquistaram o título. O Barcelona feminino está longe de ter a mesma relevância – ou experiência – que o time masculino. O destaque do Barcelona são as gêmeas da seleção Sub-19 Nuria e Pilar Garrote.
Sem previsões

O campeão Frankfurt: 3ª vaga para as campeãs europeias

O campeão Frankfurt: 3ª vaga para as campeãs europeias

Medyk Konin (POL) vs. Lyon (FRA) :: O Medyk venceu os quatro jogos em torneios europeus que disputou em casa, com 17 gols marcados sem resposta, mas o Lyon, líder do ranking da UEFA, duas vezes campeão europeu, venceu os 12 jogos que disputou nessa fase em sua história, marcando 66 golos e sofrendo apenas um.
Previsão: 100% Lyon

Cluj (ROM) vs. Paris Saint-Germain (FRA) :: O Olimpia Cluj caiu diante do Lyon em 2011/12, com um total de 12-0, e agora também não terá tarefa fácil frente às finalistas da época passada. O PSG é um dos times que mais se reforçou– talvez ao lado do Bayern e Chelsea – para a temporada
Previsões: 100% PSG

Marozsan: cirurgia no tornozelo deve afastar atacante da primeira fase

Marozsan: cirurgia no tornozelo deve afastar atacante da primeira fase

Slavia Praha (CZE) vs. Brøndby (DIN) :: Os times nunca se enfrentaram, mas o Brøndby, que já chegou três vezes até as semifinais, já enfrentou e venceu o Sparta Praha (vizinho do Slávia), na segunda fase em 2007/08.
Previsões: 100% Brøndby

Standard Liège (BEL) vs. Frankfurt (ALE) :: O campeão Frankfurt enfrenta um clube que foi derrotado nas quatro participações anteriores e nunca avançou além dessa fase. A seu favor, as belgas têm, hoje, alguns bons valores jovens – hoje a Bélgica tem uma das melhores seleções de base da Europa – mas é improvável que isso se reflita diante das campeãs europeias.

Embora essas se apresentem desfalcadas de algumas de suas principais jogadoras da temporada passada, como a artilheira do torneio Celia Sasic – que se aposentou – e Dzsenifer Marozsan, que passou por uma cirurgia no tornozelo no início de agosto e apesar da jogadora já ter até postado fotos na rede sociais mostrando que  já está – “de volta ao trabalho… num maravilhoso fim de semana,  Maro☺✌”,  apenas três dias depois de sair do hospital, a previsão é que ela só possa jogar em dezembro.
Previsão: 100% Frankfurt

Gêmeas espanholas: destaque no Barcelona

Gêmeas espanholas: esperança no Barcelona

PAOK (GRE) vs. Örebro (SWE) :: O Örebro estreia na competição e herdou a posição de cabeças-de-chave depois que, surpreendentemente o Limassol foi eliminado na fase pré-eliminatória em casa pelo Stjarnan, da Islândia. O PAOK disputou a competição apenas uma vez e caiu ainda na fase pré-eliminatória, diante de Arsenal e Neulengbach.

Twente (HOL) vs. Bayern (ALE) :: O futebol feminino holandês vive seu melhor momento: depois de chegar às oitavas-de-final em sua primeira Copa do Mundo, no Canadá, o país vai sediar, em março, um quadrangular (com Noruega, Suécia e Suíça) para definir a última vaga europeia para os Jogos Olímpicos do Rio. O Bayern, campeão da Frauen Bundesliga por outro lado foi um dos times que mais se reforçou, contratando a espanhola Vero Boquete e Sara Däbritz (ex-Frankfurt), que ao lado de Melanie Leupolz são os principais destaque do time.
Previsão: 100% Bayern

Destaque do Frankfurt na temporada, Däbritz, acabou na seleção: agora atacante vai reforçar o Bayern

Destaque do Frankfurt na temporada, Däbritz, acabou na seleção: agora atacante vai reforçar o Bayern

Atlético Madrid (ESP) vs. Zorkiy (RUS) :: O Zorkiy avançou nas duas vezes que chegou a essa fase em temporadas anteriores e enfrenta o estreante Atlético.
Previsão: Zorkiy

St. Pölten-Spratzern (AUT) vs. Verona (ITA) :: O único desafio europeu do St. Pölten foi contra as italianas do Torres, tendo empatado em 2-2 em casa e vencendo fpor 3-1 na Sardenha em 2013/14.
Sem previsões

Stjarnan (ISL) vs. Zvezda (RUS) :: As duas equipes já se enfrentaram na temporada passada e o Zvezda venceu por 5-2 (fora) e por 3-1 em casa. O Stjarnan já surpreendeu eram ao eliminar o Limassol e em sua única outra participação numa eliminatória europeia terminou com uma derrota frente às russas do Zorkiy.
Previsão: Zveda

As representantes do polonês Medyk Konin comemoram classificação

As representantes do polonês Medyk Konin comemoram classificação

Kvinner (NOR) vs. Zürich (SUI) :: Esta é a primeira vez que se enfrentam equipes norueguesas e suíças nesta competição. O futebol norueguês já teve melhores momentos e o suíço vive uma ascensão.
Sem previsões

Chelsea (ENG) vs. Glasgow City (ESC) :: As duas equipas disputaram um amistoso em fevereiro com o Chelsea vencendo por 2-0. Nas oitavas-de-final de 2013/14, o Glasgow foi eliminado pelo Arsenal, outra equipe de Londres. A experiente goleira da seleção sueca Hedvig Lindahl, um dos destaques do time do Chelsea que venceu a Copa da Inglaterra, no início do mês em Wembley, acompanhou o sorteio.
Previsão: Chelsea 

Minsk (BLR) vs. Fortuna Hjørring (DIN) :: Na caminhada até à final de 2002/03, o Fortuna bateu por 3-0 as bielorrussas do Bobruichanka na fase de qualificação.
Previsão: Fortuna Hjørring

Spartak Subotica (SER) vs. Wolfsburg (ALE) :: O Wolfsburg jamais havia perdido uma partida por um torneio europeu, numa série de 13 partidas sem derrotas, até perder a primeira partida da semifinal da temporada passada para o PSG, na Alemanha, por 2-0. A vitória na volta em Paris por 2-1 não evitou a desclassificação. Spartak estreia na competição
Previsão: Wolsfburg

Brescia (ITA) vs. Liverpool (ING) :: Ambos ficaram pelo caminho na temporada passada logo na estreia na temporada passada.
Previsão: Liverpool