Blog FastFut

Arquivo : New York City FC

Villa brilha e NY City fica a um passo dos playoffs da MLS
Comentários Comente

Celso de Miranda

O New York City FC venceu na sexta-feira o Chicago Fire por 4-1 no Yankee Stadium nessa sexta-feira e deu mais um passo para chegar pela primeira vez aos playoffs da MLS.

Destaque da partida, o espanhol David Villa marcou duas vezes, chegando a 19 gols, 1 a menos que o inglês Bradley Wright-Phillips do NY Red Bulls.

O colombiano Jefferson Mena abriu o placar após cobrança de escanteio ensaiada: Andrea Pirlo recuou para Khiry Shelton, que cruzou para Ronald Matarrita. O lateral costa-riquenho ajeitou de cabeça para que o ex-zagueiro do Atlético Medellin marcasse seu primeiro gol com a camisa do City.

Um minuto depois Villa recebeu de Shelton na entrada da área e bateu rasteiro no canto do goleiro Sean Johnson para aumentar.

Último colocado na Conferência Leste, 9 pontos atrás do o Chicago ainda mostrou sinais de vida aos 35′: numa boa jogada pela direita de Arturo Alvarez, o argentino Luis Solignac diminuiu de cabeça.

Villa: vice artilheiro da MLS com 19 gols

Villa: vice artilheiro da MLS com 19 gols

Mas o time da casa ampliou ainda no primeiro tempo, numa jogada iniciada por Villa, que serviu Stiven Mendoza. O colombiano ex-Corinthians recebeu na intermediária e acertou um lindo chute de esquerda.

O capitão do City fechou o placar aos 83′: em mais um passe de Shelton, o espanhol ainda cortou o zagueiro Michael Harrington e bateu de esquerda com categoria.

Playoffs
Com a vitória, o New York City assumiu a liderança da Conferência Leste e ficou muito perto de uma vaga nos playoffs  logo sua 2ª temporada na MLS.

O time garante uma das vagas da vaga ainda nesse fim de semana, com 3 rodadas de antecedência, se DC United e Orlando City empatarem nesse sábado, se o New York Red Bulls vencer o Montreal, ou se o New England não vencer o Columbus Crew no domingo.

Toronto de Altidore, Giovinco e Bradley pode garantir vaga nesse sábado

Toronto de Altidore, Giovinco e Bradley pode garantir vaga nesse sábado

Nessa rodada, além do FC Dallas, que na semana passada se tornou a primeira equipe matematicamente classificada para os playoffs,  Toronto FC e NY Red Bulls podem garantir vagas nos playoffs da Conferência Leste o LA Galaxy no Oeste.

O Toronto FC garante a vaga em caso de vitória sobre o Philadelphia Union, se o Orlando City não perder para o DC United ou o NY Red Bulls vencer o Montreal Impact nesse sábado

Os canadenses avançam ainda se o New England Revolution empatar ou perder para o Columbus Crew no domingo.

O Red Bulls só garante vaga se bater o Montreal e o LA Galaxy conquista a vaga caso vença o Seattle Sounders FC, no domingo.

Próximo

  • NYC : Houston Dynamo vs. New York City FC | sex, 30 set – Estádio BBVA Compass
  • CHI : Seattle Sounders vs. Chicago Fire | qua, 28 set- CenturyLink Field

Com 2 gols de Lampard NY City vence e volta à liderança
Comentários Comente

Celso de Miranda

O New York City FC venceu o DC United por 3-2 nessa quinta-feira à noite no Yankee Stadium, mas a vitória veio apenas nos últimos 15 minutos de partida.

Os visitantes venciam com um gol ainda no primeiro tempo (36′), quando David Villa empatou aos 79′. Aos 85′, Frank Lampard virou o placar, mas o DC voltou a igualar (90′).

Nos acréscimos, o meia de 38 anos marcou seu 2º gol na partida e definiu a vitória do NYC. Antes da partida, Lampard havia sido homenageado pelo time por alcançar a marca de 300 gols na carreira.

A vitória levou o City de volta à liderança da Conferência Leste, 1 ponto à frente do Toronto FC: o gol de Villa também coloca o espanhol de volta no topo da artilharia com 17 gols na temporada, 1 a mais que Sebastian Giovinco, do Toronto, e Bradley Wright-Phillips, do New York Red Bulls.

Emoção
O DC United abriu o marcador aos 36′ numa rápida e certeira troca de passes que começou com Luciano Acosta no meio-campo. O argentino tocou para o ganês Patrick Nyarko, que de primeira colocou Lloyd Sam atrás da defesa do New York.

O inglês entrou rápido e finalizou da entrada da área no direito de Josh Saunders.

O veterano Saunders evitou que os visitantes aumentasse ainda no primeiro tempo, num contra-ataque, em que o atacante Patrick Mullins finalizou cara a cara com o goleiro.

Um ídolo em Nova York: meia continua marcando

Um ídolo em Nova York: meia continua marcando

O time da casa empatou na 2ª chance que criou após o intervalo: na 1ª, aos 75′, Villa concluiu um cruzamento do lateral RJ Allen eo goleiro Bill Hamid espalmou para escanteio.

Poucos minutos depois, o zagueiro Lucas Mishu falhou ao tentar atrasar para o goleiro do campo de ataque do DC, Villa se adiantou a a Hamid e da entrada da área empatou a partida.

Apenas 5 minutos depois, o time do técnico Patrick Vieira assumiu a liderança: o jovem lateral Kiry Shelton brigou pela direita, recuperou a bola e cruzou na área.

Villa dividiu com o zagueiro Jalen Robinson, caiu, pediu pênalti, mas a bola sobrou para o oportunista Lampard, que não perdoou.

Se os 23.768 torcedores no Yankee Stadium pensavam que a vitória estava garantida se enganaram: numa cobrança de escanteio de Julian Buescher, aos 90′, Lamar Neagle marcou de cabeça e voltou a igualar o placar.

Mas o time da casa teve a última palavra 2 minutos depois: Shelton voltou a aparecer, conduzindo a bola ao ataque e servindo  Lampard na entrada da área.

O meia dominou, deu um corte que deixou Robinson no chão, antes de bater de esquerda para marcar e fazer vibrar a  a multidão.

Villa voltou ao topo na tabela de artilheiros com 17 gols

Villa voltou ao topo na tabela de artilheiros com 17 gols

300 e contando
Antes da partida, Lampard foi homenageado com uma camisa especial, um anel e uma proclamação oficial do escritório do prefeito de Nova York nomeando o 13 de agosto como ‘Frank Lampard Day’: foi nesse dia, no empate em 3-3 entre Columbus Crew e New York City FC, que o meia atingiu seu 300º gol.

“Quero investigar isso”, brincou Lampard após o jogo. “Eu não sei o que isso significa, foi realmente inesperado, mas uma verdadeira homenagem. Eu fiquei realmente emocionado.”

Proximos:

  • NYC:  New England vs New Yor City | Gillette Stadium (sábado, 10.set)
  • DC: New York Red Bulls vs DC Unite | Red Bull Arena (domingo, 11. set)

Zagueiro do New York City recebe homenagem da torcida rival
Comentários Comente

Celso de Miranda

Cara nova no New Yok City, o zagueiro Jason Hernandez, 32, passou as útimas 7 temporadas no San Jose Earthquakes: ele se juntou à equipe californiana em 2008, na primeira temporada do San Jose na MLS, vindo do Chivas.

Nessa sexta-feira, no encontro entre as duas equipes na abertura da 22ª rodada da MLS, no Avaya Stadium, os torcedores do San Jose Earthquakes deixaram de lado a tradicional rivalidade entre Califórnia e Nova York e lembraram a passagem do jogador, que fez 163 jogos pelo time da Costa Oeste numa homenagem ao ex-ídolo.

“Sete anos em preto e azul para sempre em nossos corações: Jason um de nós,” dizia a faixa da “San Jose Ultras” na  arquibancada.

Pelas redes sociais, o atual time de Hernandez, o NY City cumprimentou os torcedores rivais do San Jose pela atitude.

Em campo, San Jose e NY City empataram em 0-0: o resultado, o primeiro empate do City desde 29 de maio, garantiu o time na liderança da Conferência Leste (37 pontos: 10v-7e-7d).

Já o San Jose (28 pontos: 6v-10e-6d) permanece em 8ºlugar e fora da zona de playoffs na Conferência Oeste.

Hernandez e o inglês Dawkins: defesas prevaleceram

Hernandez e o inglês Dawkins: defesas prevaleceram

O nova-iorquino Hernandez, que optou por atuar pela seleção de Porto Rico, onde seus pais nasceram, atuou os 90 minutos nessa sexta-feira, efetuando 3 desarmes, 4 passes (3 certos) e cometendo uma falta.

Próximos:

  • SJ : Vancouver Whitecaps vs San Jose Earthquakes | Sexta-feira, 12 agosto / BC Place, Vancouver
  • NYC: Columbus Crew vs New York City FC | Sábado, 13 de agosto/ Mafre Stadium, Ohio

NY City vence mais uma e segue firme na liderança
Comentários Comente

Celso de Miranda

Jogando no Stade Saputo, no Canadá, New York City FC bateu o Montreal Impact por 3-1 nessa tarde domingo e confirmou a liderança da Conferência Leste.

O espanhol David Villa abriu o placar aos 35′, confirmando sua posição de artilheiro da MLS, com seu 13º na temporada. O jovem inglês Jack Harrison, de 19 anos ampliou numa jogada individual, nos acréscimos do primeiro tempo.

Após o intervalo, Harry Shipp e Frdiminuiu (55′), mas Frank Lampard voltou a marcar para os visitantes no final da partida (85′).

O encontro marcou a volta de Didier Drogba aos gramados: o atacante steve afastado dos últimos 3 jogos do Montreal por causa de uma lesão na coxa.

Lampard fechou a vitória

Lampard fechou a vitória

A derrota deixou o Montreal em 4º.

Próximos jogos
MTL : Montreal Impact vs. Philadelphia Union | Saputo Stadium (sab, 23 julho)
NYC :  New York Red Bulls vs. New York City FC | Red Bull Arena (dom, 24 de julho)

 Clássico do Oeste

O argentino Diego Valeri foi o destaque do clássico da Cascadia, marcando dois gols na vitória do Portland Timbers sobre o Seattle Sounders por 3-1 em Providence Park, nesse domingo.

Chad Marshall diminuiu para os visitantes, mas o nigeriano Fanendo Adi fez o 3º para o time da casa.

Com a vitória o campeão do ano passado é o 5º colocado e entrou na zona de playoff da Conferência Oeste. O Seattle é o 9º.

Por coincidência, as duas equipes enfrentam a mesma equipe – o LA Galaxy – em seus próximos jogos: o Seattle joga na quarta-feira pelas quartas de final da US Open Cup, e no .

Próximos jogos
SEA:  La Galaxy vs. Seattle Sounders | US Open Cup,  StubHub Center  (qua, 2o de julho)
POR : Portland Timbers vs. LA Galaxy | MLS Regular Season, Providence Park  (sab, 23 julho)


As camisas mais vendidas na MLS
Comentários Comente

Celso de Miranda

Passados 4 meses e meio desde o início da temporada 2016 da Major League Soccer, os resultados dentro de campo têm surpreendido muita gente: na Conferência Leste, o New York City FC lidera com um ponto de vantagem sobre o Philadelphia Union, dois times que sequer se classificaram para os playoffs na temporada passada.

Kaká caiu para 4: italiano assumiu

Kaká deixou o top5: italiano assumiu a liderança

No Oeste, FC Dallas repete o feito de 2015 e lidera a Conferência, mas em 2º vem o Colorado Rapids, que terminou em último na temporada passada.

Estamos só na metade do campeonato e muita coisa pode muda, mas o reflexo da posição dos times na tabela na popularidade dos jogadores fora de campo é evidenciada no mercado material esportivo, sobretudo na venda de camisas oficiais.

As camisas de Andrea Pirlo, David Villa e Frank Lampard, do NY City FC estão entre as 10 mais vendidas, ocupando inclusive o topo da lista (Pirlo) e o 3º lugar (Villa). Frank Lampard é o 9º.

Este é o segundo ano consecutivo em que os 3 jogadores designados do time ficam entre os top 10 de vendas: em 2015, os 3 veteranos ficaram em 4º, 5º e 7º lugares.

O NY City, que está apenas em sua 2ª temporada na MLS é o time com mais representantes entre as 10 camisas mais vendidas.

Na lista dos Top 20, há alguns nomes tradicionais, mas uma nova seleção de ídolos já aparece dominando as vendas: e aí, é o Seattle Sounders quem aparece com mais jogadores (4).

Gerrard: entre os 5

Gerrard: entre os 5

Confira os Top 20:

  1. Andrea Pirlo, New York City FC
  2.  Clint Dempsey, Seattle Sounders
  3.  David Villa, NY City FC
  4.  Jordan Morris , Seattle
  5. Steven Gerrard, LA Galaxy
  6. Kaká, Orlando City
  7. Didier Drogba, Montreal Impact
  8. Sebastian Giovinco, Toronto FC
  9. Frank Lampard, NY City FC
  10. Dom Dwyer, Sporting Kansas City
  11. Darlington Nagbe, Portland Timbers
  12. Diego Valeri, Portland
  13. Giovani dos Santos, LA Galaxy
  14. Robbie Keane, LA Galaxy
  15. Graham Zusi, Sporting KC
  16. Nat Borchers, Portland
  17. Brad Evans, Seattle
  18. Osvaldo Alonso, Seattle
  19. Brek Shea, Orlando
  20. Kei Kamara, New England Revolution

Lampard, Villa e Pirlo marcam e New York City vence na MLS
Comentários Comente

Celso de Miranda

O futebol nos Estados Unidos deu um tempo na Copa América Centenário nesse sábado e os clubes da Major League Soccer votaram a campo: e na abertura da rodada, o New York City FC se deu bem vencendo por 3-2 o líder da Conferência Leste Philadelphia Union, no Yankee Stadium.

A curiosidade é que os três gols do City foram marcados pelos 3 jogadores designados do clube: em sua primeira partida da temporada o inglês Frank Lampard abriu o placar aos 8′.

Depois o artilheiro da MLS David Villa ampliou, marcando seu 11º gol na temporada (21′).

Após o intervalo foi a vez de Andrea Pirlo atingir uma marca pessoal: o italiano marcou pela primeira vez na na MLS numa cobrança de falta perfeita, que congelou o goleiro Andre Blake (50′).

Os visitantes diminuíram com o holandês Roland Alberg, de pênalti e jã no final num gol contra do zagueiro Frederic Brillant (88′).

Lampard, Villa e Pirlo: marcas individuais

Lampard, Villa e Pirlo: marcas individuais

Com o resultado, o NY City que não vencia há 4 jogos chegou à vice-liderança no Leste (21 pontos/16 jogos), 2 pontos atrás do Philadelphia, que viu sua série de 8 jogos de invencibilidade – um recorde do clube – chegar a um fim.

Red Bulls e Montreal, com 19, que ainda jogam na rodada podem ultrapassar o time do técnico Patrick Vieira.

Próxima rodada:

  • NYC:  Seattle Sounders vs New York City FC / CenturyLink Field, sábado, 25 jun
  • PHI: Philadelphia Union vs Chicago Fire / Talen Energy Stadium, quarta-feira, 22 jun

NY Red Bulls volta a vencer e bate o Chicago Fire
Comentários Comente

Celso de Miranda

Depois da dura derrota na semana passada para o DC United por 2-0, em Washington, o New York Red Bulls voltou a vencer nessa quarta-feira batendo o Chicago Fire por 1-0 na Red Bull Arena.

Com estilos de jogo bem distintos, as duas equipes tiveram grandes dificuldades para criar oportunidades de gol durante a partida.

Mesmo mantendo a posse de bola e um jogo de troca de passes no meio de campo, o New York não conseguia romper a defesa do  Chicago, que por sua vez mantinha-se recuado tentando partir em contra-ataques.

O gol da partida saiu aos 13′ do segundo tempo: o atacante Bradley Wright-Phillips retomou a bola mal passada pelo lateral Janathan Campbell, do Chicago, e de calcanhar deixou Lloyd Sam de frente para o gol.

Eficiência: poucas chances e gol de Mike Grella

Eficiência: poucas chances e gol de Mike Grella

A tabelinha entre a dupla inglesa no NY Red Bulls acabou com Sam rolando para Mike Grella, que bateu rasteiro no canto esquerdo do goleiro Sean Johnson.

“Sabíamos que ia ser um jogo duro e o primeiro tempo foi frustrante, pois corremos muito, mas não conseguimos criar nenhuma boa chance”, disse Mike Grella, do Red Bulls.

“Mas depois do intervalo eu acho que eles assumiram alguns riscos e nós fomos capazes de capitalizar sobre um  erro deles.”

Para o técnico Jesse Marsch, do NY Red Bulls, o fato do time ter atacantes experientes e eficientes foi determinante para a vitória:

“Tivemos poucas oportunidades e a verdade é que numa das únicas chances que apareceram nosso ataque foi absolutamente eficiente. E a verdade é que essa noite o 1-0 foi um grande passo para nós, certo?”

City
Na outra partida da noite, Toronto FC e New York City FC empataram em 1-1: o ganês Kwando Poku abriu o marcador para o NY City (16′) e Will Johnson empatou (42′).

No sábado, NY City e NY Red Bulls se enfrentam no Yankee Stadium. O City é o líder da Conferência Leste, 4 pontos à frente do Red Bulls, na 5ª posição.

Lanterna do Leste, o Fire recebe o Houston Dynamo, último do Oeste, no sábado, no Toyota Park, em Chicago.


Com golaço de David Villa, NY City vence a primeira em casa
Comentários Comente

Celso de Miranda

O New York City FC finalmente conseguiu vencer uma em casa nessa temporada: em sua 6ª partida no Yankee Stadium em 2016, o time de Patrick Vieira conseguiu a primeira vitória ao bater o Vancouver Whitecaps por  3-2 nesse sábado à tarde.

Mas as coisas pareciam que não iam dar certo no Bronx, quando apenas som 36 segundos, o uruguaio Octavio Rivero abriu o placar para aproveitando a falha do goleiro Josh Saunders.

Ainda no primeiro tempo David Villa marcou duas virando a partida (33′, 41′): no 2º, o espanhol acertou um lindo voleio emendando de primeira a cobrança de escanteio de Andrea Pirlo.

O espanhol chegou aos 6 gols na temporada.

Tendo jogado na quarta contra o Sporting KC (1-1 ) no BC Blace, em Vancouver, o Whitecaps teve que cruzar o continente para enfrentar o New York.

Villa: golaço pra virar a partida

Villa: golaço pra virar a partida

A longa viagem e o curto período de descanso fez o técnico Carl Robinson poupar alguns titulares, incluindo os dois laterais Jordan Smith, na direita e Sam Adekugbe ( esquerda).

Após o intervalo, os Whitecaps chegaram ao empate no pênalti do zagueiro Ethan White, que segurou o atacante do Gâmbia Kakuta Manneh.

Christian Bolanos cobrou e Saunders defendeu, mas no rebote o próprio meia costa-riquenho empatou (62′).

Dez minutos depois, o New York respondeu com Ronald Matarrita, que lançou Thomas McNamara pela esquerda. O explosivo atacante entrou na área e cruzou forte

O colombiano Steven Mendoza, que havia entrado apenas 5 minutos antes, dominou e bateu rasteiro.

Com a vitória o NY City chegou à 6ª colocação no Leste (10p/9 jg).  Com 11 pontos/10 jogos, o Vancouver é o 7º no Oeste

Próximo

  • NYC vs DC United, domingo 8 de maio
  • VAN vs Portland Timbers, sábado 7 de maio

Montreal Impact evita derrota no último minuto e se mantém na ponta
Comentários Comente

Celso de Miranda

Faltou 1 minuto: o New York City FC vencia por 1-0 até os 89′ e os  23.352 torcedores no Yankee Stadium já contavam que veriam enfim sua primeira vitória em casa nessa temporada, mas em cima da hora o Montreal Impact estragou a festa.

Em uma cobrança de falta pela direita, Didier Drogba cruzou e o ganês Dominic Oduro desviou de cabeça para fazer 1-1.  Com o empate, o primeiro do Montreal na temporada, o time se mantém na liderança da Conferência Leste.

Para o New York City, porém, que saiu na frente no início do segundo tempo com um gol do zagueiro RJ Allen, que marcou seu primeiro gol como profissional, após um cruzamento de Thomas McNamara o resultado representou a 7ª partidas sem vencer:  o time é 8º.

Nos outros dois jogos dessa quarta-feira, New England e Portland empataram (1-1) e Vancouver e Sporting KC também (1-1).