Blog FastFut

Japão só empata com o Iraque e se complica nas Eliminatórias da Ásia

Celso de Miranda

O Japão tropeçou diante do Iraque , em jogo disputado nessa terça-feira, no PAS Stadium, em Teerã.

O empate em 1-1 levou os 'Samurais Azuis' à liderança isolada do Grupo B das Eliminatórias da Ásia (17 pontos), mas manteve a classificação do grupo indefinida, com Arábia Saudita e Austrália (16 pontos) ainda vivíssimas na briga pelas duas vagas diretas.

Depois de um início ruim nessa fase decisiva, em setembro, com a inesperada derrota em casa para os Emirados Árabes Unidos por 1-2) , o Japão havia vencido 5 partidas e empatado uma.

Com o novo empate e faltando apenas duas rodadas, os japoneses precisam vencer pelo menos uma das duas partidas finais para se garantir na Copa do Mundo da Rússia.

O atacante Yuya Osako, que atua no Colônia da Alemanha, marcou de cabeça para os visitantes logo aos 8'. No 2º tempo, porém o Iraque foi melhor e chegou ao empate: o jovem atacante Mahdi Kamil marcou depois de uma confusão na área japonesa.

Com 5 pontos o Iraque não tem mais chances sequer de alcançar a zona de classificação.

Depois do empate, Japão ainda não pode comemorar

3 pontos
Nas duas rodadas finais, o Japão vai enfrentar justamente Austrália e Arábia Saudita: primeiro o time recebe a Austrália (31 de agosto) e, em seguida, vai a Riad enfrentar a Arábia Saudita (5 de setembro): uma vitória contra qualquer um dos adversários já garante a vaga aos japoneses.

No outro jogo do grupo B nessa terça, a já desclassificada Tailândia (2 pontos) empatou com os Emirados Árabes Unidos (1-1), no Rajamangala National Stadium, em Bangcoc.

Mongkol Thosakrai (69') abriu o placar para o time da casa, mas já nos acréscimos Ali Mabkhout empatou (90+3') e devolveu manteve o sonho de classificação para os visitantes.

Com 10 pontos, os Emirados precisam vencer às duas últimas paridas – contra Arábia Saudita e Iraque, e ainda descontar uma desvantagem de 9 gols de saldo para ainda ter chances de alcançar a vaga.

Grupo A
No Grupo A, onde ontem o líder Irã (20 pontos) venceu o 3º colocado Uzbequistão (12) e já garantiu uma das vagas, a Síria (9 pontos) empatou diante da China (6 pontos), em jogo disputado no Hang Jebat Stadium, na Malásia.

O meia Mahmoud Al-Mawas, que atua no Riffa Club, do Bahrein, abriu o placar cobrando pênalti aos 12'.Depois de pressionar todo o 2º tempo, a China empatou com o atacante Gao Lin, do Guangzhou Evergrande, também de pênalti (69') e chegou à virada com um belo gol do meia Wu Xi, do Jiangsu Suning (75').

Já nos acréscimos, porém o zagueiro Khaled Al-Saleh, que atua no Al-Ittihad, da cidade de Alepo, cobrou com perfeição uma falta na entrada da área e voltou a igualar o placar.

O gol (e resultado) mantém vivo o remoto sonho da Síria de ainda alcançar uma das vagas diretas, ou pelo menos brigar pela 3ª colocação.

Aos chineses restam chances mínimas de alcançar o 3º lugar no grupo: para isso o time precisaria além de vencer as duas últimas rodadas, contar com derrotas de Síria e Uzbequistão, além de descontar uma diferença de 4 gols no saldo.

Ainda hoje (às 16h, Brasília), a vice-líder do grupo Coreia do Sul (13 pontos) fecha a rodada diante do já desclassificado Qatar (4 pontos), no Jassim Bin Hamad Stadium, em Doha. (Assista ao vivo aqui)

Quem se classifica: os 2 primeiros colocados de cada grupo garantem vagas diretas na Copa. Líder do Grupo A, o Irá já garantiu uma das vagas, com duas rodadas de antecedência.

Os dois 3ºs colocados se enfrentam em outubro em jogos de ida e volta e o vencedor disputa uma vaga contra o 4º colocado das Eliminatórias da CONCACAF.