Blog FastFut

Portugal: Benfica sonha com penta, Sporting e Porto buscam fim do jejum

Celso de Miranda

Maior vencedor do Campeonato Português (36 títulos conquistados) e campeão nas últimas 4 temporadas, o Benfica começa a busca de um pentacampeonato inédito em sua história na temporada da Liga Portuguesa, que começa nesse domingo.

O time da Luz será, sem dúvidas, o principal alvo a ser batido, num campeonato que promete ser particularmente aguerrido, já que com a queda de Portugal no ranking da UEFA (da 5ª para a 7ª posição), a partir desse ano apenas o campeão tem vaga direta na Liga dos Campeões na temporada 2018/19.

Maior campeão português busca primeiro 'penta'

O vice será obrigado a disputar a 3ª pré-eliminatória de acesso e 3º colocado terá de se contentar com a Liga Europa.

O Campeonato começa nesse domingo (6) com duas partidas (Desportivo Aves vs. Sporting Lisboa e Vitória Setúbal vs. Moreirense), mas Benfica e Porto só estreiam na quarta (9): o atual campeão enfrenta o Braga em casa, no Estádio da Luz, enquanto o Porto recebe o Estoril. A 1ª rodada se estende até a quinta-feira, dia 10.

Outra novidade na temporada será utilização do vídeo-árbitro.

Favorito
O Porto é o único time que venceu a Liga cinco vezes consecutivas (entre 1995 e 99), e alcançar a marca do rival é uma prioridade, segundo o presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira.

Saferevic: força no ataque do Benfica

As saídas de jogadores importantes como Ederson (Manchester City), Nélson Semedo (Barcelona) e Lindelof (Manchester United) levantam a principal questão na Luz: o técnico Rui Vitória terá um elenco a altura daquele que sob seu comando conquistou dois títulos.

As negociações nessa janela de transferência, porém renderam ao clube cerca de € 100 milhões (R$ 370 milhões), que a torcida espera que se revertam em contratações.

No ataque, o grande reforço é Haris Seferovic (ex-Eintracht Frankfurt). O suíço é a princpal aposta manter a eficácia ofensiva demonstrada nos últimos anos (246 gols nos últimos três campeonatos anteriores, uma média de 2,4 gols por jogo).

Desafiantes
Se na Luz ainda se vive a ressaca dos últimos títulos, em Alvalade a 'seca' já é quase insuportável: faz 15 anos que o Sporting não conquista o título e a responsabilidade para quebrar o jejum será do técnico Jorge Jesus, em sua 3ªa terceira temporada no comando do time.

Para voltar ao topo, o 3º colocado na última temporada investiu forte para voltar ao topo, na contratação de jogadores como Fábio Coentrão (que estava no Monaco), Jérémy Mathieu (Barcelona) e Cristiano Piccini (Bétis).

No ataque, Bruno Fernandes (Sampdoria) e o argentino Marcos Acuña (Racing) são esperança de gols ao lado do holandês Bas Dost, artilheiro da última temporada (36 gols).

A pré-temporada do time ainda gerou insegurança no torcedor gostaria: o time venceu Fiorentina (1-0) e Monaco (2-1), mas foi derrotado pelo Vitória Guimarães (0-3), Olympique de Marselha (1-2) e Basel (3-2).

Acuña: argentino vai reforçar o Sporting

Além disso, persistem muitas dúvidas em relação ao elenco, que ainda pode perder algumas das suas maiores estrelas, como Rui Patrício, William Carvalho, Adrien ou Gelson.

''Novo'' Porto
Talvez para seguir as regras do fairplay financeiro da UEFA, o Porto foi econômico em matéria de reforços, tendo a mais tímida janela de transferência da história recente do clube.

O treinador Sergio Conceição, que perdeu o jovem atacante André Silva para o Milan, e conta com o regresso do camaronês Vincent Aboubakar, terá como base a equipe vice-campeã de 2016-17, ainda que não esteja totalmente assegurada a manutenção de Danilo, peça fundamental no meio-campo.

E os resultados na pré-temporada são positivos: o time goleou o Deportivo La Coruña (4-0), o Paços Ferreira (3-1) e o Gil Vicente (4-1).