Blog FastFut

Ronaldo quer voltar à Inglaterra em meio a alegações de fraude fiscal

Celso de Miranda

Em meio a acusações de crimes fiscais e atualmente envolvido em audiências judiciais que investigam o assunto, Cristiano Ronaldo disse essa semana que ele quer voltar para a Inglaterraa, onde jogou no Manchester United entre 2003 e 2009.

Acusado de evadir impostos na ordem de US$ 17 milhões (cerca de R$ 53 milhões), em seu depoimento ao Tribunal de Madri o atacante de 32 anos negou as acusações, alegando, ainda que pagou mais impostos do que deveria.

Ronaldo explicou que, na Inglaterra, foi informado pelo seu antigo clube sobre o procedimento utilizado para pagar impostos e explicou que na Espanha era obrigado a 'pagar mais para evitar problemas'.

Ronaldo: volta à Premier League?

Ele negou, ainda qualquer conhecimento sobre o uso de contas offshore para evitar o pagamento de impostos: Na Inglaterra, nunca tive esse tipo de problema, é por isso que eu quero voltar para lá'', disse Ronaldo, de acordo com a rádio espanhola Cadena SER.

''Quando cheguei a Manchester com 18 anos de idade, eles me disseram como as coisas funcionavam, quais os arranjos fiscais utilizados, e quais eram os melhores mecanismos que eu poderia ter, assim como para os outros jogadores'', explicou.

''E eu sempre segui assim como fui orientado. Mas na Espanha, a indicação era pagar mais para evitar problemas''.

Transferência
No início da janela de transferências, Ronaldo teve seu nome veiculado a uma mudança para Old Trafford, porém o assunto esfriou depois que o Real Madrid afirmou que não negociaria seu jogador mais prolífico.

De acordo com a Sky Sports, os 'Red Devils' também se distanciaram da especulação ligando-os com uma transferência e o técnico José Mourinho chegou a admitir que reassinar com Ronaldo seria uma ''missão impossível''.

Real e United decidem a Supercopa da Europa

O United terminou com os preparativos da pré-temporada nessa semana e agora está se preparando para o confronto com o Real Madrid na final da Supercopa da Europa, na próxima terça (8 de agosto), na Philip II Arena, em Skopje, na Macedônia.

Ronaldo deve estar em campo para defender o Real, na partida que coloca frente a frente o vencedor da Liga dos Campeões contra os campeões da Liga Europa.

Na Premier League, o United estreia no domingo (13 de agosto), contra o West Ham, em Old Trafford.

No domingo seguinte, dia 20, é a vez do Real estrear na Liga Espanhola contra o Deportivo, em La Coruña.