Blog FastFut

Arquivo : Coreia do Sul

Eliminatórias/Ásia: Qatar bate Coreia do Sul e mantém chance de ir à Copa
Comentários Comente

Celso de Miranda

O Qatar venceu a Coreia do Sul por 3-2, nessa terça-feira, no Estádio Jassim Bin Hamad, em Doha, e manteve viva as chances de conquistar a 2ª vaga do Grupo A, das Eliminatórias Asiáticas da Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

O time do brasileiro naturalizado Rodrigo Tabata chegou a abrir 2-0 com o meia Hassan Al-Haydos (25′) e o atacante Akram Afif (51′), mas sofreram o empate, no 2º tempo: o volante Ki Sung-yueng (62′) e o atacante  Hwang Hee-chan (70′) marcaram para a Coreia do Sul.

A alegria dos visitantes, porém durou pouco: aos 71′, Al-Haidos voltou a marcar e colocar o Qatar na frente.

Apertado
O resultado garantiu, ainda, ao já classificado Irã a 1ª posição do  grupo A. A a briga pela 2ª vaga direta, porém promete ser apertada nas duas rodadas finais: em 31 de agosto, os sul-coreanos recebem o Irã, enquanto o Uzbequistão enfrenta a China, fora de casa.

Em seguida, no dia 5 de setembro, o confronto direto entre Uzbequistão e Coreia do Sul no Estádio Bunyodkor, em Tashkent, promete ser decisivo.

Sonho: jogadores do Qatar comemoram vitória

O tropeço dos sul-coreanos animou também a disputa pelo 3º lugar nas rodadas finais: a 4ª colocada Síria (8 pontos), que enfrenta o Qatar, em casa, e o Irã (fora), nas rodadas finais, e até o 5º colocado Qatar (7 pontos), que além de enfrentar a Síria (fora), encerra sua participação contra China (em casa), almejam o 3º lugar do grupo.

Na AFC, os dois melhores de cada grupo garantem vaga na Copa da Rússia. Os dois 3ºs colocados disputam em outubro um playoff de duas partidas e o vencedor ainda enfrenta o 4º colocado da CONCACAF para definir uma vaga.


Japão e Coreia do sul voltam a vencer nas Eliminatórias Asiáticas
Comentários Comente

Celso de Miranda

Depois da derrota na estreia para os Emirados Árabes Unidos, em setembro, o Japão conseguiu sua primeira vitória em casa na fase final das Eliminatórias Asiáticas da Copa, nessa quinta-feira, ao vencer o Iraque por 2-1 no Saitama Stadium.

O jogo que reuniu 2 dos 3 últimos campeões do continente, no entanto teve muita emoção, sofrimento e luta – e só foi decidido aos 50′ do 2º tempo.

O time da casa abriu o placar aos 26′, com o atacante do Hertha Berlim Genki Haraguchi, que completou de letra o cruzamento de Hiroshi Kiyotake, do Sevilla.

As melhores chances do jogo permaneciam sendo do Japão, mas foi o Iraque que chegou ao empate, numa cobrança de falta de Ali Adnan da intermediária, que Saad Abdulamir desviou de cabeça (60′).

Japão: gol nos acréscimos deu a vitória sobre o Iraque

Empurrados por uma multidão de 63 mil torcedores que lotaram o Saitama Stadium, o time da casa perseguiu a vitória até o final e já nos acréscimos, após uma falta da direita, Kiyotake cruzou e a defesa do Iraque afastou.

O meio-campista do Cerezo Osaka, porém pegou o rebote de primeira e acertou da entrada da área um chute poderoso dando a vitória ao Japão.

Com a vitória o Japão chegou aos 6 pontos no Grupo B, mesma pontuação com que Arábia Saudita e Austrália, que se enfrentam ainda nessa quinta entraram na rodada.

Os Emirados Árabes também atingiram os 6 pontos com a vitória por 3-1 sobre a Tailândia, no estádio Mohammed Bin Zayed, em Abu Dhabi.

Coreia dos Sul e Irã
No Grupo A, depois de empatar em 0-0 diante da Síria na última rodada a favorita Coreia do Sul voltou a vencer, batendo de virada o Qatar por 3-2, no Suwon World Cup Stadium.

O meia do Swansea Son Heung-min abriu o placar para os sul-coreanos logo aos 11′, mas os visitantes reagiram ainda no primeiro tempo: Hasan Al Haydos cobrando pênalti empatou (15′) e o uruguaio naturalizado Sebastian Soria virou o placar (45 +1′).

A virada da Coreia do Sul veio com dois gols em menos de 2 minutos: Ji Dong-won, do augsburg empatou (56′) e  Son Heung-min, do Tottenham marcou o gol da vitória (58′).

Son: atacante do Tottenham marcou o gol da vitória

Son: atacante do Tottenham marcou o gol da vitória

“É a primeira vez que vencemos uma partida saindo atrás do placar desde que me tornei treinador”, disse o técnico da Coreia do Sul Uli Stielike. “Isso ajudará a confiança dos jogadores para o próximo jogo contra o Irã.”

“Mentalmente nós estamos cada vez mais fortes do que antes e isso é muito importante. Não há jogos fáceis nessa fase das Eliminatórias e temos que lembrar disso.”

Próxima rodada: 10/11

Próxima rodada: 10/11

Ja o Irã do técnico português Carlos Queiroz foi a Tashkent e acabou com a invencibilidade do Uzbequistão (0-1): iranianos e sul coreanos dividem a liderança do grupo (7 pontos).

Também jogando como visitante a Síria conseguiu sua 1ª vitória nessa fase, vencendo a China no Estádio Shanxi, em Xi’a.


Eliminatórias da Ásia: Austrália e Coreia do Sul confirmam favoritismo
Comentários Comente

Celso de Miranda

Austrália e Coreia do Sul, campeã e vice na última Copa da Ásia e favoritas a duas das 5 vagas diretas do continente no Mundial da Rússia estrearam vencendo nessa quinta-feira na fase final das Eliminatórias.

A Austrália derrotou o Iraque por 2-0 na partida de abertura do Grupo B, no Oval Stadium, em Perth.

Depois de um primeiro tempo nervoso e equilibrado, a seleção da casa só abriu o placar com Massimo Luongo, aos 58, que completou o cruzamento de Tomi Juric, que fez uma ótima jogada pela direita e deixou o atacante do Queens Park Rangers livre para marcar.

Logo em seguida foi a vez de Juric marcar: Aaron Mooy cobrou o escanteio e o atacante do Luzern, da Suíça ampliou (65′).

Com a vitória a Austrália saltou na frente do Grupo B, ao lado dos Emirados Árabes Unidos, que venceram o Japão (1-2) e Arábia Saudita, que fez 1-0 na Tailândia, no Estádio Internacional Rei Farah, em Riad.

Bom começo: campeões da AFC saem na frente

Bom começo: campeões da AFC saem na frente

Na terça, a Coreia enfrenta os EAU no Estádio Mohammad Bin Zayed, em Abu Dhabi e o Iraque tenta se recuperar diante da Arábia Saudita: impedidos de receber seus jogos em casa por conta da guerra, os iraquianos vão mandar o jogo no Estádio Shah Alam, na Malásia.

Vitória apertada
A Coreia do Sul confirmou sua posição de favorita do Grupo A da fase final das Eliminatórias da Ásia da Copa do Mundo com uma emocionante vitória por 3-2  sobre a China, no Estádio da Copa do Mundo de Seul, nessa quinta-feira.

No primeiro tempo, o time da casa abriu o placar após uma cobrança de falta do ídolo Son Heungmin, do Tottenham: o atacante Ji Dongwon, do Ausgsburg desviou de cabeça e a bola ainda tocou no pé do zagueiro chinês Zheng Zhi antes de ir contra as próprias redes

Após o intervalo, os sul-coreanos marcaram duas vezes em 3 minutos: primeiro Lee Chungyong completou de cabeça a boa jogada pela esquerda de Dongwon (63′).

100%: sul-coreanos venceram suas 9 partidas até agora

100%: sul-coreanos venceram suas 9 partidas até agora

Logo em seguida, em nova jogada pela esquerda, foi a vez de Heungmin cruzar e Koo Ja-Cheol  marcar (66′).

Mas quando o placar, ou pelo menos a vitória parecia definida a favor dos anfitriões, a China reagiu com Hai Yu (74, 77′), que garantiram um final de jogo eletrizante.

A Coreia do Sul divide a liderança do Grupo A com o Uzbequistão, que venceu a Síria por 1-0 no Estádio Bunyodkor, em Tashkent, e com o Irã, que bateu o Qatar no Estádio Azadi em Teerã.

Coreia do Sul e China voltam a jogar na próxima terça-feira: a China recebe o Irã no Shenyang Olympic Sports Center Stadium, em Shenyang, enquanto a Coreia do Sul vai enfrenta a Síria no Tuanku Abdul Rahman Stadium, em Paroi, na Malásia, onde os sírios mandam seus jogos.


Rio’16: Japão e Coreia do Sul garantidos. Iraque e Qatar decidem 3ª vaga
Comentários Comente

Celso de Miranda

Riki Harakawa marcou aos 93′ e o Japão garantiu um lugar na final do Campeonato Asiático Sub-23AFC U23 Championship e a vaga para os Jogos Olímpicos de 2016, com uma vitória dramática por 2-1 sobre o Iraque na semifinal Estádio Abdullah Bin Khalifa em Doha.

A Coreia do Sul se uniu ao Japão na final no sábado e ficou com a 2ª vaga Olímpica depois de garantir uma vitória  sobre o Qatar também e forma dramática: até os 89′ a partida no Estádio Jassim Bin Hamad permanecia empatada em 1-1, quando o meia Kwon Chang-hoon colocou os coreanos na frente. Depois, nos acréscimos, a Coreia do Sul ainda faria 3-1 com Moon Chang-jin.

Com isso, o Japão, semifinalista em Londres e a Coreia do Sul, que comemora sua 8ª classificação consecutiva para os Jogos Olímpicos, um recorde entre as nações asiáticas, duas potências olímpicas do continente confirmaram vagas no torneio de Futebol Masculino no Rio de Janeiro.

Última chance
A única vaga restante sai do confronto entre Iraque e Qatar, na sexta-feira, que define 3º e 4º colocados do torneio. No mesmo dia, se enfrentam Japão e Coreia do Sul para definir o campeão Sub-23 do continente.

Recorde: futebol sul-coreano vai para a Olimpíada consecutiva

Recorde: futebol sul-coreano vai para a 8ª Olimpíada consecutiva


Confira a lista dos 14
(dos 16) já classificados:

  • ÁSIA:  Coreia do Sul, Japão,e Iraque ou Qatar
  • ÁFRICA: África do Sul, Argélia e Nigéria
  • EUROPA: Alemanha, Dinamarca, Portugal e Suécia
  • AMÉRICA DO NORTE, CENTRAL E CARIBE e Caribe: Honduras e México – (playoff: EUA vs Colômbia)
  • AMÉRICA DO SUL: Brasil (sede), Argentina (playoff: Colômbia vs EUA)
  • OCEANIA: Fiji

Torneio Olímpico de Futebol (datas principais):

  • Abertura (quinta-feira, 4 de agosto): Brasília
  • Quartas de final (Sábado 13 de Agosto): Brasília, Salvador, Belo Horizonte, São Paulo
  • Semifinais (Quarta-feira 17 de agosto): São Paulo, Rio de Janeiro
  • Medalha de Bronze (Sábado 20 de agosto): Belo Horizonte
  • Medalha de Ouro (Sábado 20 de agosto): Rio de Janeiro

Rio’16: Coreia do Sul confirma favoritismo e enfrenta Qatar na semifinal
Comentários Comente

Celso de Miranda

Moon Chang-Jin marcou o único gol da partida e a Coreia do Sul venceu a Jordânia (1-0), avançando às semifinais do Campeonato Asiático Sub-23, na noite desse sábado, no Estádio Suheim Bin Hamad, em Doha.

O time vai enfrentar o Qatar na próxima terça-feira e uma vitória garante a 8ª participação consecutiva da seleção masculina nos Jogos Olímpicos.

Mas os jordanianos deixam o torneio de cabeça erguida, depois de superar a fase de grupos, quando eliminou a Austrália, e hoje quando enfrentou de igual para igual uma equipe muito mais tradicional e teve a chance de obter um resultado melhor, principalmente no segundo tempo, quando chegou a marcar, com Baha Faisal, mas o árbitro iraniano Alireza Faghan anulou o gol, marcando um controverso impedimento.

No final, a vitória premiou a equipe do técnico Shin Tae-yong, que soube ser mais organizada para aguentar a pressão e manter a posse de bola sem ser ostensivamente atacada.


Sub-23: Japão é o primeiro a garantir vaga nas quartas
Comentários Comente

Celso de Miranda

Com uma goleada sobre a Tailândia por 4-0, nesse sábado o Japão se tornou a primeira equipe a garantir lugar na fase eliminatória do Campeonato Asiático Sub-23.

Musashi Suzuki, Shinya Yajima e dois gols de Yuya Kubo garantiram a vaga no Grupo B.

A vitória leva os ‘Samurais Azuis”, semifinalistas em Londres 2012, aos 6 pontos em 2 jogos (após a vitória diante da Coreia do Norte) e por contra do confronto direto já garantiu uma das duas vagas do Grupo B nas quartas de final.

Na última rodada (19), os japoneses enfrentam a Arábia Saudita, enquanto a Tailândia joga com a Coreia do Norte.

Coreia
Depois de uma dura – e até pouco convincente – vitória na estreia, a Coreia do Sul voltou a campo nesse sábado no Estádio Suhaim Bin Hamad e conseguiu golear o Iêmen por 5-0.

Aproveitando a fragilidade do rival, a Coreia do Sul foi ofensiva desde o início e fez três gols ainda no primeiro tempo: o meia atacante do Suwon Samsung Bluewings, Kwon Chang-hoon marcou os três.

Após o intervalo Ryu Seung-woo e Kim Seung-jun selaram a vitória.

A vitória ainda não garantiu à Coreia do Sul nas quartas, mas deixou o time muito próximo de uma das 8 vagas: na última rodada, na terça (19), os coreanos enfrentam o Iraque, que tem uma vitória e ainda almeja a vaga.

 

 


Rio’2016: Coreia do Sul vence o Uzbequistão
Comentários Comente

Celso de Miranda

A Coreia do Sul uma das seleções favoritas do torneio precisou de um pênalti duvidoso para vencer o Uzbequistão por 2-1 na estreia das duas equipes no Grupo C do Campeonato Asiático Sub-23, nessa quarta-feira, no Suhaim Bin Hamad Stadium.

O meia Moon Chang-Jin, do Pohang Steelers marcou os dois gols da seleção coreana, que atuou os 20 minutos finais com um jogador a mais, após a expulsão do zagueiro Boltaboev Jamshid.

O primeiro gol da Coreia do Sul, nasceu de um lance polêmico: o atacante Hwang Hee Chan, do Red Bull Salzburg, foi à linha de fundo pela esquerda e cruzou: o zagueiro Otabek Shukurov saltou e a tocou no seu peito, mas o árbitro Fahad Almirdasi, da Arábia Saudita marcou pênalti.

Moon cobrou de pé esquerdo com tranquilidade e marcou. No início do segundo tempo, a jogada se repetiu: Chan entrou pela esquerda e cruzou forte, mas dessa vez a bola cruzou toda a área pequena e Moon completou forte de pé direito.

Dostonbek Khamdamov, eleito o Jovem Jogador do Ano da AFC reduziu o diferença para o Uzbequistão num belo chute rasteiro de fora da área que venceu o goleiro Kim Dongjun.

“Foi o primeiro jogo e foi um jogo muito difícil,” diz Shin Tae-yong o técnico da Coreia do Sul. “Estou satisfeito com a vitória e tenho que agradecer aos jogadores pelo esforço e profissionalismo.”

Coreia do Sul: primeiro passo pra voltar aos Jogos Olímpicos

Coreia do Sul: primeiro passo pra voltar aos Jogos Olímpicos

Outro lado
“Tivemos um bom jogo, mas infelizmente perdemos”, disse o técnico do Uzbequistão Samvel Babayan. “Acho que nós não jogamos bem no ataque, onde você precisa ser criativo. Vamos analisar e vamos aprender com este jogo.”

“A próxima partida é decisiva e é importante melhorar, especialmente no ataque, mas é claro que precisamos manter o comprometimento e a dedicação defensiva.”

As duas equipes voltam na terça-feira: a Coreia do Sul enfrenta o Iraque e o Uzbequistão tenta pontuar diante do Iêmen.

 


Eliminatórias da Ásia: Austrália e Coreia do Sul vencem, Japão tropeça
Comentários Comente

Celso de Miranda

Os gigantes da AFC – Confederação Asiática – estrearam no segundo dia de jogos dessa 2ª Fase das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018: Austrália e Coreia do Sul venceram, o Irã empatou fora e o Japão empatou jogando em casa.

O goleiro Izwan Mahbud de Cingapura foi um dos destaques da partida

O goleiro Izwan Mahbud de Cingapura foi um dos destaques da partida

O Japão foi surpreendido em casa por Cingapura e não conseguiu ir além de um empate em 0-0 na sua estreia pelo Grupo E das Eliminatórias Asiáticas da Copa do Mundo 2018, em casa, no Estádio Saitama.

Entre as equipes da AFC que estiveram na Copa do Mundo no Brasil, o Irã também teve estreia decepcionante: jogando fora, no estádio Esporte Toplumy, em Dashoguze, o time não foi além de um empate em 1-1 com o Turcomenistão.

 [veja a classificação completa de todos os 8 grupos]

As outras duas, a Austrália estreou no Grupo B com vitória por 2-1 sobre o Quirguistão no Estádio Dolen Omurzakov, em Bishkek, e no Grupo G a Coreia do Sul também venceu jogando fora contra Mianmar (2-0), no Estádio de Rajamangala, Bangcoc, na Tailândia.

Mesmo tendo feito apenas um jogo (enquanto Libano, Laos e Mianmar fizeram dois), a Coreia lidera o grupo.

Divididas em 8 grupos de 5 equipes cada (com exceção do grupo F que ficou 4 times), as equipes vão competir em jogos de ida e volta que começaram agora em 11 de junho e vão até 29 de março de 2016.

Resultados de 16 de junho

Resultados de 16 de junho

Os vencedores dos grupos e os quatro melhores segundos classificados (no total de 12 equipes) avançam para a rodada final da fase das Eliminatórias Asiáticas.

Surpresas
Até agora, depois de duas partidas, algumas surpresas: no Grupo A, por exemplo, com dois jogos a Palestina tem o mesmo número de pontos que os favoritos Emirados Árabes e Arábia Saudita, que fizeram apenas um, mas graças a goleada sobre a Malásia (6-0) em Kuala Lampur, os palestinos lideram.

No B, sem surpresas, Jordânia e Austrália venceram a única partida que fizeram e dividem a liderança com o Quirguistão, que já fez dois jogos, e venceu Bangladesh na estreia.

Butão recebe a China: derrota entre as montanhas

Butão recebe a China: derrota entre as montanhas

Duas vitórias em casa, no Estádio Mongkok, contra Butão (7-0) e Maldivas, (2-0), deram a liderança a Hong Kong no Grupo C, à frente dos favoritos China e Qatar, que fizeram apenas uma partida fora e venceram, respectivamente Maldivas (0-1) e Butão (0-6).

História
Com duas vitórias caseiras no FA Field, sobre Turcomenistão e Índia, Guam lidera o Grupo D, seguido por Omã, que venceu a Índia, em Bangalore (1-2).

Cingapura lidera o Grupo E, depois do empate fora diante do favorito Japão e da vitória sobre Camboja (6-0). Síria e Afeganistão têm uma vitória.

O grupo F tem apenas quatro times e é liderado pela Tailândia que venceu as duas partidas contra Vietnã e Taipé. O Iraque ainda não estreou.

A Coreia do Norte venceu as duas no Grupo G e lidera: na estreia, os coreanos venceram por 1-0 o Iêmen no Estádio Qatar Sports Club, em Doha. Em seguida, bateram os favoritos do grupo Uzbequistão por 4-2, no Estádio Kim II Sung, em Pyongyang.

As Filipinas também chegaram aos 6 pontos, vencendo o Bahrein em casa e o Iêmen em Doha


‘Hazard coreana’ vem aí: é contra ela que o Brasil estreia na Copa
Comentários Comente

Celso de Miranda

Meia-atacante do Chelsea que no final de abril foi escolhido o melhor da Inglaterra nessa temporada: sabe quem é? Quem disse Edin Hazard errou. Se você respondeu Ji So Yun… Aí sim!

Um dos prêmios mais respeitados do futebol europeu e mundial é o de Jogador do Ano da PFA (Professional Footballers’ Association), onde os próprios jogadores e profissionais ligados a área escolhem os melhores do ano na Premier League.

Meia-atacante do Chelsea ganhou o prêmio de melhor jogadora do ano na Inglaterra... Sabe quem é?

Meia-atacante do Chelsea ganhou o prêmio de melhor jogadora do ano na Inglaterra… Sabe quem é?

Você que acompanha e curte o futebol internacional provavelmente já sabe que no final de abril o prêmio dessa temporada foi entregue ao meia-atacante belga Edin Hazard, o cérebro que levou ao Chelsea ao título da Premier League e da Copa da Liga.

Isso entre os homens. O que você provavelmente não sabia é que entre as mulheres quem ficou com o prêmio de Melhor Jogadora do Ano foi um dos mais novos talentos do  futebol feminino hoje em dia no cenário mundial, a sul-coreana Ji So-Yun.

(Você ganha uma mariola se adivinhar em que grupo a Coreia do Sul está na Copa do Mundo Feminina do Canadá e contra quem ela estreia no dia 9 de junho: uma dica… O Brasil está no Grupo E, que tem ainda Espanha e Costa Rica).

Grandes expectativas
“Ela é uma jovem craque, que tem a extrema capacidade de controlar a bola e ao mesmo tempo se ajustou muito bem ao estilo de jogo físico da Inglaterra”, disse a técnica do Chelsea, Emma Hayes, para quem o troféu da PFA de So-Yun não vai demorar muito para ter a companhia da Bola de Ouro da FIFA.

“Outras jogadoras até têm mais experiência, ou mais consciência do jogo que ela, mas como todo craque, ela sempre encontra uma maneira de resolver os problemas, de improvisar, de achar uma saída,” disse Jayes. “Acho que Ji tem tudo para ser uma das boas surpresas da Copa do Mundo.”

Aos 24 anos, essa foi sua primeira temporada na Inglaterra, na qual ela marcou 9 gols em 19 jogos, mas havia muitas expectativas sobre a transferência da meia-atacante coreana para a Europa já algum tempo.

Jogadora da seleção desde os 15 anos, So-Yun jogava no Kobe  INAC até o ano passado, onde ela ganhou o apelido de ‘Messi coreana.’

Contra a China na Copa da Ásia: artilheira

Contra a China na Copa da Ásia: artilheira

Precoce
Em seu país, So-Yun é uma estrela desde os 15 anos de idade, quando ela marcou dois gols contra Taipei nos Jogos Asiáticos de 2006 no Qatar e se tornou a jogadora mais jovem a marcar pela seleção sul-coreana. (15 anos e 282 dias).

So-Yun foi artilheira (4 gols) Copa Asiática Sub-19 (2009) e foi Chuteira de prata na Copa do Mundo Sub-20 (8 gols) 2010. Aos 24 anos ela já tem 60 partidas pela seleção.


< Anterior | Voltar à página inicial | Próximo>