Blog FastFut

Arquivo : Eliminatórias Copa do Mundo

Nova Zelândia vence Eliminatórias e vai decidir vaga contra 5º da Conmebol
Comentários Comente

Celso de Miranda

Depois de vencer as ilhas Salomão por 6-1 em Auckland na última sexta-feira, a Nova Zelândia conquistou o título das Eliminatórias da Oceania nessa terça-feira com um empate em 2-2 no Estádio Lawson Tama, em Honiara.

Para ir à Copa, no entanto os campeões da OFC ainda terá de enfrentar o 5º colocado das Eliminatórias da América do Sul, num playoff ºque será disputado em outubro.

É a 3ª vez consecutiva que a Nova Zelândia chega aos playoffs: em 2010, o time superou o Bahrain (5º colocado da Ásia) para alcançar a Copa da África do Sul 2010.

Na última vez, em 2014, porém os “All Whites” perderam a vaga na Copa no Brasil para o México (4º colocado da Concacaf).

Goleada em casa garantiu a vaga no playoff intercontinental

Jogo
Mesmo enfrentando a umidade extrema na capital das Ilhas Salomões e de atuar sem vários de seus titulares, a Nova Zelândia não teve dificuldades para abrir 2-0 no placar: Myer Bevan(14′) e Heddis Gagame (contra, 21′).

O time da casa reagiu ainda no primeiro tempo: o atacante Micah Lea’Alafa diminuiu de pênalti, aos 28′. No segundo tempo, novamente de pênalti Henry Fa’Arodo empatou (78′).

Mas apesar do domínio em toda a segunda etapa, as Ilhas Salomão não conseguiram chegar à uma inédita vitória sobre os neo-zelandeses: em 8 jogos pelas Eliminatórias, nunca as Ilhas Salomão venceram a Nova Zelândia.


México é a 5ª seleção classificada para a Copa da Rússia
Comentários Comente

Celso de Miranda

Com 3 rodadas de antecedência, o México garantiu nessa sexta-feira uma das vagas da CONCACAF na Copa da Rússia, ao vencer o Panamá, por 1-0, na Cidade do México .

O time do técnico Juan Carlos Osorio é 5ª seleção confirmada no Mundial, ao lado de Rússia, Brasil, Irã e Japão.

O gol decisivo foi de Hirving ‘Chuck’ Lozano, do PSV Eindhoven, aos 8′ dos 2º tempo.

Com 5 vitórias e 2 empates, ‘El Tri’ se isolou na liderança do hexagonal decisivo das Eliminatórias, 3 pontos à frente da vice-líder Costa Rica e com 9 de vantagem dos EUA e Honduras, que dividem a 3ª colocação.

Lozano marcou: México na Copa

Nessa fase, 3 equipes da CONCACAF se classificam direto para a Copa. O 4º colocado disputa um playoff decisivo contra o 5º colocado das Eliminatórias Asiáticas.

Será a 7ª participação consecutiva do México na Copa do Mundo.

Mais duas
Mais cedo, nessa sexta-feira, a Costa Rica venceu os Estados Unidos por 2-0, , jogando em Nova York: foi a primeira vitória dos costa-riquenhos nos EUA em 32 anos.

Com 2 gols do atacante Marco Ureña, a vitória deixou a Costa Rica bem perto da Copa.

Na outra partida da noite, mesmo jogando fora de casa, Honduras bateu Trinidad e Tobago e se igulaou aos Estados Unidos, na disputa pela 3ª vaga.


Nessa quinta, a Copa acabou para 25 seleções e 2 bilhões de torcedores
Comentários Comente

Celso de Miranda

Para a Argentina as Eliminatórias da Copa praticamente começaram nessa quinta à noite. Hoje, o Brasil joga diante do Uruguai uma partida fundamental em sua trajetória rumo a mais uma Copa do Mundo.

Mas se para algumas seleções o caminho está só começando, e para outras – como as europeias – a disputa ainda nem começou, para 25 países, que juntos somam quase 2 bilhões de habitantes, mais de 1/4 da população do planeta, essa quinta-feira foi dia de dar adeus ao sonho de chegar à Copa da de 2018, na Rússia.

VIDEO Vietnam 4 – 1 Taiwan (World Cup) Highlights – See more at: http://goal91.com/

Publicado por Goal91 em Quinta, 24 de março de 2016

E isso porque China e Japão ainda estão na disputa!

Palestina, Malásia, Timor Leste, Quirguistão, Tajiquistão, Bangladesh, Hong Kong, Ilhas Maldivas, Butão, Turcomenistão, Guam, Índia, Singapura, Afeganistão, Camboja, Iraque, Vietnã, Taipé, Kuwait, Líbano, Mianmar, Laos, Bahrain, Filipinas e Iêmem deram adeus: fica aqui, nossa homenagem.

Quem segue, são apenas os campeões dos 8 grupos e os 4 melhores 2ºs.: e apenas 3 seleções já garantiram vaga uma rodada de antecedência:  Catar e Coreia do Sul, ambos com 7 vitórias em 7 jogos e a Tailândia.

11 seleções ainda disputam 5 vagas diretas como vencedores dos grupos e mais 4 vagas como melhores 2ºs.

Torcida iraquiana: comemorando mesmo com a eliminação diante da Tailândia

Torcida iraquiana: se despedindo do time na eliminação diante da Tailândia

No Grupos A, a vaga será decidida no confronto direto entre Arábia Saudita (19 pontos) e Emirados Árabes Unidos (16), no Estádio Mohammed Bin Zayed, em Abu Dhabi, nessa terça-feira (29).

Os EAU têm uma desvantagem no saldo de 3 gols, no entanto uma vitória que não desconte o saldo, ou mesmo um empate provavelmente classifica o time entre os melhores 2os.

Austrália
Austrália (18) e Jordânia (16) também decidem mano a mano quem é o melhor do Grupo B, na terça, no Sydney Football Stadium.

Irã: só não se classifica se tomar 15 gols de Omã no último jogo

Irã: só não se classifica se tomar 15 gols de Omã no último jogo

China (14) enfrenta o Catar classificado, no  Shanxi Stadium, em Xi’an, tentando 3 pontos no Grupo C, por uma chance de ficar entre os melhores 2ºs. colocados.

O Irã (17) está virtualmente classificado apesar de Omã (14), que pode ainda chegar na sua pontuação em caso de vitória, mas teria de descontar uma desvantagem de 15 gols de saldo.

Os times se enfrentam no Azadi Stadium, em Teerã, e a chance de Omã é vencer e ainda tentar ser um dos melhores  2ºs.

Despedida: para grande parte dos torcedores a Copa acabou

Despedida: para grande parte dos torcedores a Copa acabou

Disputado
Numa das decisões mais equilibradas, no Grupo E Japão (19) e Síria (18) se enfrentam no Saitama Stadium.

O Grupo H é o último que ainda há disputa: o Uzbequistão (18) lidera com a Coreia do Norte (16) em 2º.

Na última rodada, os coreanos viajam a para enfrenta Filipinas, no Estádio Rizal Memorial.

Enquanto, isso os uzbeques recebem o Bahrain, no Bunyodkor Stadium, em Tashkent.


Aguero: “É um alívio ter Messi no time”
Comentários Comente

Celso de Miranda

O atacante Sergio Aguero não escondeu o alívio em poder contar com Lionel Messi de volta à seleção argentina para enfrentar o Chile nessa quinta-feira, nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018, em Santiago.

Afastado por causa da lesão no joelho, que o tirou de boa parte da temporada passada, a estrela do Barcelona não jogou nas 4 primeiras partidas da Argentina nas Eliminatórias Sul-americanas.

A derrota para o Equador (0-2), empates contra Paraguai (0-0) e Brasil e a única vitória sobre a Colômbia. Resultado: com 5 pontos a Argentina é a 6ª colocada.

Aguero também esteve de fora dos dois últimos: o 1-1 com o Brasil em Fortaleza e a vitória de 1-0 sobre a Colômbia, em Baranquilla, na última rodada, com um gol de Lucas Biglia.

“É um alívio que Leo esteja com a gente”, disse o artilheiro do Manchester City no encontro com a Imprensa após o treino em Santiago.

“É sempre bom jogar com ele no time. E todos o consideramos um jogador crucial, dentro e fora do campo.”

Para Aguero, ter um jogador como Messi pode fazer a diferença, sobretudo em momentos como os atuais, quando a seleção argentina enfrenta dificuldades.

“Vivemos uma situação difícil, o torcedor na Argentina está acostumado a estar no topo e isso é cada vez mais difícil”, disse Aguero. “Porque há muitos países com elencos e equipes cada vez melhores.”

“É complicado, as competições são longas e muito equilibradas. Um jogador como Leo sempre pode decidir.”

Chile
O Chile tem 7 tem pontos em 4 jogos e está em 5º lugar na classificação. Mas o vencedor da última Copa América também vive dias turbulentos depois de ter perdido por 3-0 para o Uruguai em novembro.

O clima ruim resultou na saída do técnico Jorge Sampaoli em janeiro, após semanas de tensão com a Federação Chilena.

O ex-atacante Juan Antonio Pizzi assumiu e sua primeira convocação, com alguns nomes pouco conhecidos como o do atacante de 18 anos, Jeisson Vargas (Universidad Catolica) e o zagueiro Felipe Campos (Palestino), não foi unanimidade.

“Chamei os melhores pensando nos dois jogos pela frente”, disse nessa terça-feira. “Eu sei que há alguns que, entre aspas, não são lembrados pela mídia, mas meu único critério é a avaliação do que os jogadores fazem em campo e do que acreditamos que eles ainda podem fazer.”

Pizzi acredita que seu time tem um série de virtudes, mas que para chegar as vitórias será preciso também passar a entender e admitir seus defeitos para poder corrigi-los: “A derrota para o Uruguai foi um aviso nesse sentido”, afirmou.

Pizzi: novo técnico terá problemas na estreia

Pizzi: novo técnico terá problemas na estreia

O Chile não sofre uma derrota em casa em jogos oficiais desde que perdeu para a Argentina nas Eliminatórias da Copa do Mundo, em outubro de 2012.

Pizzi tem, ainda, algumas baixas importantes: Arturo Vidal e Jorge Valdivia estão suspensos.

O meia do Bayern poderá atuar na partida contra a Venezuela, na terça (29), mas o ex-palmeirense pegou 4 jogos por ter reclamado da arbitragem na partida contra o Uruguai.

Além disso, Eduardo Vargas, Charles Aránguiz e Marcelo Larrondo estão fora por contusões.

Amanhã, as duas seleções estão sobre pressão e entram em campo precisando vencer se quiserem ir à Copa do Mundo de 2018 na Rússia.

No último encontro, Chile e Argentina empataram em 0-0 – na final da Copa América: o Chile acabou vencendo na disputa por pênaltis por 4-1.


Com seleção renovada, EUA vencem Canadá em amistoso
Comentários Comente

Celso de Miranda

Cinco dias depois de vencer a Islândia, no domingo por 3-2, com um gol em cima da hora, a seleção dos Estados Unidos voltaram a campo nessa sexta-feira à noite no StubHub Center, na Califórnia, e novamente precisaram de um gol no último minuto para bater o Canadá, por 1-0, no segundo amistoso em 2016.

O veterano Jozy Altidore marcou seu 33º pela seleção, aproveitando um cruzamento de Ethan Finlay, numa partida marcada ainda pelas caras novas de gente como a do goleiro David Bingham, do San Jose Earthquakes e de Brandon Vincent, de 20 anos, recém saído do futebol universitário.

Os próximos jogos dos EUA serão em março diante da Guatemala já pelas eliminatórias da Copa do Mundo da Rússia de 2018: primeiro, no dia 26, acontece na Guatemala, no Estadio Mateo Flores.

Depois, no dia 29, os EUA recebem a Guatemala no Mapre Stadium, em Columbus, Ohio.

Já o Canadá enfrenta o México, primeiro no dia 25, no BC Place, em Vancouver,  depois do dia 29, no Estadio Azteca.

Na partida dessa sexta-feira, os EUA bateram na porta durante todo o jogo, mas foram incapazes de romper a compacta defesa canadense e a boa atuação do goleiro Maxime Crepeau, do Impact Montreal.

160206 MNT v CAN Altidore goal

Em cima da hora: em março, os EUA enfrentam a Guatemala pelas Eliminatórias da Copa do Mundo

Caras novas
No final, se fez justiça quando Finlay, que havia entrado em campo para sua 2ª partida pela seleção apenas um minuto antes no lugar de Jordan Morris, cruzou para Altidore, que subiu entre os zagueiros e acertou uma poderosa cabeçada indefensável.

O atacante marcou seu 2º gol em 2 jogos, e o 33º na seleção: Altidore agora está apenas 1 gols atrás de Eric Wynalda (34) para se tornar o 3º maior artilheiro no USMNT de todos os tempos.

Mas Altidore é uma exceção numa seleção de novos nomes, que Jürgen Klinsmann continua experimentando: nessa sexta foi a vez do recentemente graduado na Universidade de Stanford, Brandon Vincent fazer sua estreia pela seleção principal, entrando no intervalo no lugar de Kellyn Acosta.


O goleiro David Bingham também estreou: foi o 5º jogador que participou da pré-temporada eme janeiro a ganhar uma sua primeira chance nesses dois amistosos em fevereiro.

E o 7º goleiro diferente escalado por Klinsmann desde desde fevereiro de 2015: Brad Guzan, Tim Howard, Nick Rimando, Luis Robles, Sean Johnson e William Yarbrough.

Com o resultado, Jurgen Klinsmann completou 45 vitórias com os EUA: ele está atrás apenas de Bruce Arena (71) na lista de maiores vencedores de todos os tempos da USMNT.

Klinsmann: segundo maior vencedor da seleção dos EUA

Klinsmann: segundo maior vencedor da seleção dos EUA

Sabia que:

  • Retrospecto dos EUA diante do Canadá agora é 14 vitórias, 11 empates, 8 derrotas (Em casa: 11 vitórias, 9 empates, 1 derrota)
  • 50 anos Os EUA não perdem para o Canadá em casa há mais de meio século: a última vez foi um 3-2 (1957) nas Eliminatórias da Copa do Mundo da Suécia, em St. Louis.
  • Titular – O meia Gyasi Zardes do LA Galaxy, foi titular em 21 dos últimos 22 jogos. Michael Bradley tem o segundo maior número de aparições entre os titulares: 20, incluindo o jogo desta noite.
  • Retorno – o meia atacante Mix Diskerud, do NY Red Bulls fez sua primeira partida como titular desde 10 de julho de 2015. Desde então, ele fez 4 jogos vindo do banco. No último (13 de outubro), entrou no intervalo contra a Costa Rica na Red Bull Arena.
  • Major League – 10 jogadores de 9 times diferentes da MLS estavam entre os 11 titulares que iniciaram a partida: DC United, San Jose Earthquakes, Sporting Kansas City, FC Dallas, LA Galaxy, Toronto FC, NY City FC, New England, Seattle sounders.

< Anterior | Voltar à página inicial | Próximo>