Blog FastFut

Arquivo : Eliminatórias da Copa 2018

Eliminatórias da Oceania: Ilhas Salomão e Nova Zelândia no playoff final
Comentários Comente

Celso de Miranda

As Ilhas Salomão venceram  Papua Nova Guiné por 2 a 1, no PNG Football Stadium em Port Moresby, e manteve vivas suas esperanças de ir à Copa do Mundo da Rússia, em 2018.

O resultado, combinado com a vitória por 3 a 2 em Honiara, na sexta-feira passada, assegurou aos ‘Bonitos’ (como é chamada a seleção) terminaram na 1ª colocação do Grupo B e a vaga para fazer a final diante da Nova Zelândia , em duas partidas (31 de agosto e 5 de setembro).

O sorteio da ordem do mando dos jogos será realizado nessa quinta-feira, 15 de junho em Auckland, Nova Zelândia.

É a primeira vez em 12 anos que as Ilhas Salomão se classificam para o playoff decisivo: “Como esperávamos, não foi uma partida fácil”, disse o capitão das Ilhas Salomão, Henry Fa’arodo, que marcou, de pênalti o gol de empate. “Papua Nova Guiné foi um adversário muito forte e eles realmente nos colocaram sob pressão.”

“Estou orgulhoso do esforço que os meninos mostraram em campo e acho que merecemos a vitória hoje”, avaliou o veterano de 34 anos, um dos poucos que atuam fora do país (no Team Wellington, da Nova Zelândia).

No jogo decisivo, o PNG saiu na frente no placar: Raymond Gunemba (18′) marcou aproveitando a falha do goleiro Phillip Mango.

Mas ainda nos acréscimos do primeiro tempo, o árbitro japonês Iida Jumpei marcou pênalti do zagueiro Felix Komolong, que cortou com a mão o chute de Micah Leaalafa: Fa’arodo cobrou e marcou. No 2º tempo,o atacante Jerry Donga marcou o gol da vitória.

Decisão: “Bonitos” voltam a sonhar com a vaga, depois de 12 anos

‘Meia-vaga’
Ilhas Salomão e Nova Zelândia (que venceu o Grupo A) se enfrentam em dois jogos (31 de agosto e 5 de setembro) e o vencedor decide  uma vaga na Copa do Mundo contra o 5º colocado das Eliminatórias Sul-americanas (atualmente, a Argentina).

Na última (e única vez) que o time disputou a final das Eliminatórias da Oceania, em 2006, foi derrotado pela Austrália por 9-1 no placar agregado.

Na época, os australianos venceram o Uruguai (5º colocado da CONMEBOL) nos pênaltis e conseguiram a vaga na Copa do Mundo da Alemanha.

Desde então, com a saída da Austrália, que passou a disputar as Eliminatórias da Ásia, apenas a Nova Zelândia venceu o torneio continental: em 2010, a Nova Zelândia, conseguiu a vaga na Copa da África do Sul eliminando o Bahrein, 5º colocado da Ásia (1-0 no agregado).

Em 2014, porém os neozelandeses acabaram eliminados pelo 4º colocado da CONCACAF México, por 9-3 (ag.).

 


Japão só empata com o Iraque e se complica nas Eliminatórias da Ásia
Comentários Comente

Celso de Miranda

O Japão tropeçou diante do Iraque , em jogo disputado nessa terça-feira, no PAS Stadium, em Teerã.

O empate em 1-1 levou os ‘Samurais Azuis’ à liderança isolada do Grupo B das Eliminatórias da Ásia (17 pontos), mas manteve a classificação do grupo indefinida, com Arábia Saudita e Austrália (16 pontos) ainda vivíssimas na briga pelas duas vagas diretas.

Depois de um início ruim nessa fase decisiva, em setembro, com a inesperada derrota em casa para os Emirados Árabes Unidos por 1-2) , o Japão havia vencido 5 partidas e empatado uma.

Com o novo empate e faltando apenas duas rodadas, os japoneses precisam vencer pelo menos uma das duas partidas finais para se garantir na Copa do Mundo da Rússia.

O atacante Yuya Osako, que atua no Colônia da Alemanha, marcou de cabeça para os visitantes logo aos 8′. No 2º tempo, porém o Iraque foi melhor e chegou ao empate: o jovem atacante Mahdi Kamil marcou depois de uma confusão na área japonesa.

Com 5 pontos o Iraque não tem mais chances sequer de alcançar a zona de classificação.

Depois do empate, Japão ainda não pode comemorar

3 pontos
Nas duas rodadas finais, o Japão vai enfrentar justamente Austrália e Arábia Saudita: primeiro o time recebe a Austrália (31 de agosto) e, em seguida, vai a Riad enfrentar a Arábia Saudita (5 de setembro): uma vitória contra qualquer um dos adversários já garante a vaga aos japoneses.

No outro jogo do grupo B nessa terça, a já desclassificada Tailândia (2 pontos) empatou com os Emirados Árabes Unidos (1-1), no Rajamangala National Stadium, em Bangcoc.

Mongkol Thosakrai (69′) abriu o placar para o time da casa, mas já nos acréscimos Ali Mabkhout empatou (90+3′) e devolveu manteve o sonho de classificação para os visitantes.

Com 10 pontos, os Emirados precisam vencer às duas últimas paridas – contra Arábia Saudita e Iraque, e ainda descontar uma desvantagem de 9 gols de saldo para ainda ter chances de alcançar a vaga.

Grupo A
No Grupo A, onde ontem o líder Irã (20 pontos) venceu o 3º colocado Uzbequistão (12) e já garantiu uma das vagas, a Síria (9 pontos) empatou diante da China (6 pontos), em jogo disputado no Hang Jebat Stadium, na Malásia.

O meia Mahmoud Al-Mawas, que atua no Riffa Club, do Bahrein, abriu o placar cobrando pênalti aos 12′.Depois de pressionar todo o 2º tempo, a China empatou com o atacante Gao Lin, do Guangzhou Evergrande, também de pênalti (69′) e chegou à virada com um belo gol do meia Wu Xi, do Jiangsu Suning (75′).

Já nos acréscimos, porém o zagueiro Khaled Al-Saleh, que atua no Al-Ittihad, da cidade de Alepo, cobrou com perfeição uma falta na entrada da área e voltou a igualar o placar.

O gol (e resultado) mantém vivo o remoto sonho da Síria de ainda alcançar uma das vagas diretas, ou pelo menos brigar pela 3ª colocação.

Aos chineses restam chances mínimas de alcançar o 3º lugar no grupo: para isso o time precisaria além de vencer as duas últimas rodadas, contar com derrotas de Síria e Uzbequistão, além de descontar uma diferença de 4 gols no saldo.

Ainda hoje (às 16h, Brasília), a vice-líder do grupo Coreia do Sul (13 pontos) fecha a rodada diante do já desclassificado Qatar (4 pontos), no Jassim Bin Hamad Stadium, em Doha. (Assista ao vivo aqui)

Quem se classifica: os 2 primeiros colocados de cada grupo garantem vagas diretas na Copa. Líder do Grupo A, o Irá já garantiu uma das vagas, com duas rodadas de antecedência.

Os dois 3ºs colocados se enfrentam em outubro em jogos de ida e volta e o vencedor disputa uma vaga contra o 4º colocado das Eliminatórias da CONCACAF.


Irã é a 3ª seleção garantida na Copa do Mundo
Comentários Comente

Celso de Miranda

O Irã venceu o Uzbequistão por 2-0, essa noite, no Estádio Azadi, em Teerã, nas Eliminatórias da Ásia, e conquistou uma das 4 vagas do continente na Copa do Mundo de 2018.

Com duas rodadas de antecedência, o time do técnico português Carlos Queiroz junta-se a Rússia e Brasil como a 3ª seleção já garantida na Copa.

Líder invicto no Grupo A, o Irã chegou aos 20 pontos (em 8 jogos) e não pode ser mais alcançado pelo 3º colocado Uzbequistão (12): os dois melhores times de cada grupo têm vaga direta na Copa.

O Irã, que vai para sua 5ª Copa do Mundo, pela primeira vez vai participar de dois Mundiais seguidos.

Na Copa do Brasil, o time disputou o Grupo F e depois de marcar seu único ponto na estreia, em Curitiba, num empate em 0-0 contra a Nigéria, e das derrotas para Argentina (1-0) e Bósnia e Herzegovina (3-1), caiu ainda na primeira fase.

Principal estrela do time, o atacante Sardar Azmoun, do Rostov, da Rússia, abriu o placar aos 23′.

No 2ºtempo, o time da casa chegou a perder um pênalti, cobrado pelo capitão Masoud Shojaei, mas, no final, o atacante Mehdi Taremi (88′) garantiu a vitória, a 11ª consecutiva do Irã nas Eliminatórias da Ásia.

Irã: 5a. participação

4 vagas e meia
Apesar da derrota, o Uzbequistão permanece em 3º lugar no Grupo A (12 pontos) e ainda briga pela 2ª vaga com a Coreia do Sul (13), que enfrenta o Qatar nessa terça-feira.

Os 2 melhores de cada grupo têm vaga direta na Copa e os 3ºs colocados ainda disputam um playoff em jogos de ida e volta para decidir o 5º melhor da Ásia, que em novembro disputa a repescagem contra o 4º colocado da CONCACAF.

Atualmente ao lado de Austrália e Arábia Saudita (16 pontos), o Japão pode se isolar na ponta do Grupo B, caso pontue amanhã diante do Iraque, em jogo que por questões de segurança será disputado no PAS Stadium, em Teerã.


Japão e Coreia do sul voltam a vencer nas Eliminatórias Asiáticas
Comentários Comente

Celso de Miranda

Depois da derrota na estreia para os Emirados Árabes Unidos, em setembro, o Japão conseguiu sua primeira vitória em casa na fase final das Eliminatórias Asiáticas da Copa, nessa quinta-feira, ao vencer o Iraque por 2-1 no Saitama Stadium.

O jogo que reuniu 2 dos 3 últimos campeões do continente, no entanto teve muita emoção, sofrimento e luta – e só foi decidido aos 50′ do 2º tempo.

O time da casa abriu o placar aos 26′, com o atacante do Hertha Berlim Genki Haraguchi, que completou de letra o cruzamento de Hiroshi Kiyotake, do Sevilla.

As melhores chances do jogo permaneciam sendo do Japão, mas foi o Iraque que chegou ao empate, numa cobrança de falta de Ali Adnan da intermediária, que Saad Abdulamir desviou de cabeça (60′).

Japão: gol nos acréscimos deu a vitória sobre o Iraque

Empurrados por uma multidão de 63 mil torcedores que lotaram o Saitama Stadium, o time da casa perseguiu a vitória até o final e já nos acréscimos, após uma falta da direita, Kiyotake cruzou e a defesa do Iraque afastou.

O meio-campista do Cerezo Osaka, porém pegou o rebote de primeira e acertou da entrada da área um chute poderoso dando a vitória ao Japão.

Com a vitória o Japão chegou aos 6 pontos no Grupo B, mesma pontuação com que Arábia Saudita e Austrália, que se enfrentam ainda nessa quinta entraram na rodada.

Os Emirados Árabes também atingiram os 6 pontos com a vitória por 3-1 sobre a Tailândia, no estádio Mohammed Bin Zayed, em Abu Dhabi.

Coreia dos Sul e Irã
No Grupo A, depois de empatar em 0-0 diante da Síria na última rodada a favorita Coreia do Sul voltou a vencer, batendo de virada o Qatar por 3-2, no Suwon World Cup Stadium.

O meia do Swansea Son Heung-min abriu o placar para os sul-coreanos logo aos 11′, mas os visitantes reagiram ainda no primeiro tempo: Hasan Al Haydos cobrando pênalti empatou (15′) e o uruguaio naturalizado Sebastian Soria virou o placar (45 +1′).

A virada da Coreia do Sul veio com dois gols em menos de 2 minutos: Ji Dong-won, do augsburg empatou (56′) e  Son Heung-min, do Tottenham marcou o gol da vitória (58′).

Son: atacante do Tottenham marcou o gol da vitória

Son: atacante do Tottenham marcou o gol da vitória

“É a primeira vez que vencemos uma partida saindo atrás do placar desde que me tornei treinador”, disse o técnico da Coreia do Sul Uli Stielike. “Isso ajudará a confiança dos jogadores para o próximo jogo contra o Irã.”

“Mentalmente nós estamos cada vez mais fortes do que antes e isso é muito importante. Não há jogos fáceis nessa fase das Eliminatórias e temos que lembrar disso.”

Próxima rodada: 10/11

Próxima rodada: 10/11

Ja o Irã do técnico português Carlos Queiroz foi a Tashkent e acabou com a invencibilidade do Uzbequistão (0-1): iranianos e sul coreanos dividem a liderança do grupo (7 pontos).

Também jogando como visitante a Síria conseguiu sua 1ª vitória nessa fase, vencendo a China no Estádio Shanxi, em Xi’a.


Itália e Espanha abrem rodada dupla das Eliminatórias Europeias na quinta
Comentários Comente

Celso de Miranda

A partida entre Itália e Espanha, no Juventus Stadium, em Turim, nessa quinta-feira, dia 6 marca o início da rodada dupla das Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo de 2018: serão 54 jogos em 6 dias.

Maratona europeia: 54 jogos em 6 dias

Maratona europeia: 54 jogos em 6 dias

Apenas os 9 vencedores de cada grupo avançam diretamente para a Copa da Rússia: os 8 melhores segundos colocados disputam um mata-mata para decidir os 4 últimos representantes europeus.

As duas seleções estrearam vencendo, em setembro: a Espanha goleou Liechtestein por 8-0, no Estádio Municipal Reino de León. Já a Itália, jogando em Haifa, venceu Israel por 1-3, mantendo sua série de 51 partidas invicta nas Eliminatórias, que já dura mais de 10 anos.

Depois de se enfrentarem, as duas equipes voltam a campo no domingo, dia 9: a Espanha viaja à Shkoder para enfrentar a Albânia (que estreou vencendo a Macedônia por 2-1), no Estádio Loro Boriçi. A Itália vai à Skopje enfrentar a Macedônia na Arena Nacional Filip II Makedonski.

Dia 1:

Na quinta, Kosovo faz sua 1ª partida oficial como mandante: o jogo será na Albânia

Outro bom jogo do primeiro dia é Áustria e País de Gales, em Viena: as duas seleções venceram em setembro e dividem a liderança do Grupo D.

Portugal
Na sexta-feira, 7 de outubro, o destaque é a partida entre o campeão europeu, Portugal que tem a grande chance de se recuperar da derrota na estreia para a Suíça (2-0), jogando em casa contra Andorra, no Estádio Municipal em Aveiro.

Já a França, que empatou na estreia diante de Belarus, jogando em Borisov (0-0), enfrenta no Stade de France, em Saint Denis, a única equipe do Grupo A, que venceu em setembro, a Bulgária, do brasileiro naturalizado Marcelinho, que fez 4-3 em Luxemburgo.

O campeão

Rivalidade: Grécia e Chipre se enfrentam em jogo considerado “de risco” pela UEFA

Novo técnico
No sábado, a Inglaterra estreia o interino Gareth Southgate, em Wembley diante de Malta (Grupo F).

Depois de fazer 3-0 sobre a Noruega, em Oslo na estreia, a atual campeã do mundo Alemanha recebe a República Checa em Hamburgo, no Grupo C.

Alemanha

Polônia enfrenta a líder Dinamarca

No Grupo E, a Dinamarca, que ao bateu a Armênia em casa por 1-0, sendo a única seleção que venceu na estreia, defende a liderança diante da Polônia, que empatou em 2-2 com o Cazaquistão em setembro, jogando em Astana.

 


Eliminatórias da CONCACAF: definidas 4 das 6 vagas na fase final
Comentários Comente

Celso de Miranda

As Eliminatórias da CONCACAF para a Copa do Mundo, que começaram em janeiro de 2015 com 35 seleções chegou nessa sexta-feira à 5ª rodada de sua 4ª Fase: 12 seleções entraram em campo, mas agora restando apenas uma rodada, restam apenas duas vagas em disputa: México, Costa Rica, Panamá e Trinidad e Tobago já estão garantidos no hexagonal decisivo.

Honduras e Estados Unidos são favoritos para ficarem com duas últimas vagas, que serão definidas na próxima terça (6): Canadá e Guatemala ainda têm chances e dependem de resultados combinados.

100%: de virada, México elimina El Salvador

100%: de virada, México elimina El Salvador

O Grupo A, o México entrou classificado para enfrentar El Salvador, no Estádio Cuscatlan, em San Salvador e depois do susto inicial, quando o time da casa abriu o placar, com Alexander Larin, de pênalti (24′).

A “Tri” virou com Hector Moreno (52′), Ángel Sepulveda (58′) e Raul Jimenez (73′), mantendo os 100% de aproveitamento.

A outra vaga ainda está em disputa, mas ficou praticamente nas mãos de Honduras com a vitória do time da América Central, também de virada sobre o Canadá, por 2-1, no Estádio Olímpico, em San Pedro Sula.

Manjrekar James abriu o placar para os visitantes (35′), mas Mario Martinez (45’+2′) e Romell Quito (50′) viraram para os hondurenhos.

Na última rodada, na próxima terça-feira, Honduras (7 pontos) precisa apenas de um empate no Estádio Azteca diante do México.

Além de contar com a derrota do rival, o Canadá (4) precisa vencer o já desclassificado El Salvador (2), no BC Place em Vancouver por uma diferença de gols suficiente para descontar o saldo de 5 gols negativos, que hoje separa as duas equipes.

Trinidad e Tobago avança

Jones: jogador do Seattle Sounders marca duas vezes e Trinidad e Tobago avança

Definidos
Com as vitórias da Costa Rica sobre o Haiti (1-0) em Port-Au-Prince, e do Panamá sobre a Jamaica (2-0) no Estadio Rommel Fernandez, em Panama City, as duas vagas do Grupo B já estão definidas.

Na última rodada, as duas equipes se enfrentam em San Juan, no Estádio Nacional e decidem as posições finais no grupo: um empate  garante a primeira posição à Costa Rica.

Goleada
Trinidad e Tobago garantiu a vaga na próxima fase com um emocionante empate em casa, por 2-2, no Estádio Hasely Crawford, em Port Of Spain, diante da Guatemala: os visitantes abriram o placar Carlos Ruiz (36′).

Mas o time da casa empatou e virou com Joevin Jones (45’+1′, 62′). No final, Ruiz voltou a igualar o placar (87′).

A goleada por 6-0 sobre St. Vincent e Grenadines, em Kingstown, deixou os EUA muito perto da 2ª vaga.

Com 10 pontos, os norte-americanos têm ainda 12 gols de saldo de vantagem sobre a os guatemaltecos que estão 3 pontos atrás.

Assim, na terça, o time de Jürgen Klinsmann enfrenta Trinidad e Tobago em Jacksonville, na Florida, se empatar está classificado, se vencer, serão os primeiros do grupos e, mesmo perdendo ainda podem se classificar.

Saldo: goleadas praticamente garantiram EUA na próxima fase

Saldo: goleadas praticamente garantiram EUA na próxima fase

Para ficar com a vaga, além de torcer contra os EUA, a Guatemala precisa descontar um saldo de 12 gols na partida em casa diante St. Vincent e Grenadines.

Próxima
Na última fase, as 6 equipes se enfrentam em jogos de ida e volta e os 3  primeiros colocados se classificam automaticamente para a Copa do Mundo de 2018, enquanto o 4º colocado disputa um playoff contra o 5º colocado das Eliminatórias da Ásia por uma vaga na Rússia.


Novo técnico da Rússia quer estar entre os 4 melhores em 2018
Comentários Comente

Celso de Miranda

O Comitê Executivo da Federação Russa de Futebol (RFU) aprovou nessa quinta-feira o nome de Stanislav Cherchesov, que até a temporada passada treinava o Legia Warsaw, como novo técnico da seleção de futebol da Rússia.

O ex-goleiro da União Soviética e da Rússia vai suceder Leonid Slutsky, que acumulava o comando da seleção com o cargo de técnico que do CSKA e deixou a seleção depois que a Rússia terminou em último lugar no Grupo B do Euro2016, com um empate e sem qualquer vitória.

Stanislav Cherchesov: do Legia Warsaw para a seleção

Stanislav Cherchesov: do Legia Warsaw para a seleção

“Temos de parar de nos queixarmos e de nos subestimarmos”, disse Cherchesov, que além doLegia Warszawa, treinou o Dinamo Moscou e o Spartak Moscou.

“Queremos chegar no topo, mas seria irresponsável prometer agora que vamos ser campeões do Mundo em 2018″, disse o treinador, que assinou contrato por dois anos – até a conclusão da Copa do Mundo. ”

O nosso primeiro passo será definir uma equipe base e avaliar em que posição estamos neste momento”, disse. “Mas nossa meta é estar entre as 4 melhores seleções na Copa de 2018.”

Na Liga dos Campeões 1990/91, com o Spartak, diante do Real Madrid

Na Liga dos Campeões 1990/91, com o Spartak, diante do Real Madrid

Uma participação em semifinal repetiria sua melhor classificação registrada em 1966, na Inglaterra, quando ainda como União Soviética, o time  naão passou da Alemanha Ocidental (2-1) e depois foi derrotado por Portugal (2-1) na disputa de 3º lugar.

Segundo a agência Tass, o treinador receberá  € 2,6 milhões por ano. Com Cherchesov vem toda sua comissão técnica formada por Gintaras Stauče, Miroslav Romaschenko e Vladimir Panikov.

A decisão por Cherchesov foi tomada depois de outros 3 nomes terem sido analisados: Kurban Berdyev, vice-campeão na temporada passada com o Rostov, Aleksandr Borodyuk, ex-Schalke, atualmente no Kairat, e Sergei Semak, ex-jogador e assistente técnico do Zenit.

A Rússia, que como país sede não disputa as Eliminatórias da Copa, deve anunciar ainda essa semana o amistoso que fará no início de setembro, que deve marcar a estreia de Cherchesov no comando do time.

Cherchesov conversa com Kalynychenko do Spartak: nova direção

Cherchesov conversa com Kalynychenko do Spartak: nova direção

Currículo
Formado em Educação Física e Esporte pela Universidade do Estado da Ossétia do Norte, o antigo goleiro soviético e russo que foi ídolo do Spartak e Locomotiv, nos anos 1980, chegou a atuar fora da Rússia nos anos 1990, primeiro no Dynamo Dresden, na Alemanha, depois no Tirol Innsbruck, da Áustria, onde se aposentou em 2002.

Como jogador, fez 49 jogos pelas seleção (URSS, CEI e Rússia), jogando as Eurocopas de 1992 e 1996 e as Copas de 1994 e 2002.

Em 2004, começou como treinador em times das ligas menores da Áustria, como o FC Kufstein e o Wacker Tirol (que surgiu após o fechamento do Innsbruck).

Voltou para a Rússia em 2007 onde treinou o Spartak, o Terek Grozny e o Dynamo Moscou. Na última temporada foi para a Polônia, onde levou o Legia ao título da Liga e da Copa da Polônia.


< Anterior | Voltar à página inicial | Próximo>