Blog FastFut

Arquivo : Premier League

Na zona de rebaixamento, Swansea busca meia da seleção holandesa
Comentários Comente

Celso de Miranda

O Swansea City assinou o meia-atacante Luciano Narsingh, do PSV Eindhoven. Destaque da renovação da seleção holandesa, após ficar de fora da Euro’16, o jogador de 26 anos fez 16 jogos com a camisa ‘laranja’ e marcou 4 gols.

“Um sonho se tornou realidade,” afirmou Narsingh, que marcou duas vezes em 20 jogos pelo PSV nessa temporada. “Disputar a Premier League, jogando num grande clube, com uma grande torcida como o Swansea é a ambição de todo jogador. Para mim, não foi difícil decidir pela mudança.”

“Estou com 26 anos, que é uma boa idade para entrar na Premier League,” disse. “Ganhei dois títulos na Holanda, por isso é um bom momento para vir pra cá.”

O contrato de Narsingh com o PSV iria apenas até o final dessa temporada, por isso os holandeses concordaram com uma taxa reduzida de cerca de £4 milhões (R$ 15,5 milhões).

O jogador assinou por 2 anos e meio e é a primeira contratação do clube após a saída do norte-americano Bob Bradley. Apesar de não ser um pedido seu, o novo treinador Paul Clement elogiou a transferência:

“O clube já vinha em negociação antes de eu chegar, mas estou mais do que feliz por tudo ter avançado da melhor forma,” disse Clement. “Quando eu estava no Bayern, jogamos em Eindhoven contra o PSV pela Liga dos Campeões e ele [Narsingh] marcou um gol maravilhoso.”

Renovação: holandês é esperança do Swansea

Renovação: holandês é esperança do Swansea

Segundo Clement, o holandês vai trazer outra dinâmica para a equipe, que luta para deixar a zona do rebaixamento: “Ele tem velocidade e é um jogador que equilibra agressividade e bom toque de bola. Ele marca gols e tem experiência em jogos de alto nível, diante de grandes clubes.”

Narsingh confirmou que conversou com o companheiro de seleção holandesa Leroy Fer – que está em 2ª temporada no clube, mas que está na Premier League desde a temporada 2012/13 – antes de decidir se mudar para a Liberty.

“Leroy me falou muito bem do clube, elogiou os jogadores do elenco e os torcedores,” disse ele. “Isso me ajudou muito a tomar uma decisão, então foi fácil para mim dizer sim ao Swansea.”

Mais
Paul Clement falou nessa quinta-feira sobre o interesse no meio-campista do Tottenham, Tom Carroll: o treinador do Swansea confirmou as conversas com o clube do norte de Londres.

Carroll: próximo alvo

Carroll: próximo alvo

“Há interesse sim e os clubes estão em negociações”, disse.

Jogador de todas as seleções de base da Inglaterra, o meia de 24 anos jogou apenas uma vez na Premier League nessa temporada e o técnico do Tottenham Mauricio Pochettino já admitiu que ele poderia ser vendido.

“Não podemos manter todos os nossos jogadores e talvez a mudança  [de Carroll], que não está jogando e não está muito envolvido com a equipe seja uma alternativa interessante para os dois lados”, disse o argentino, em entrevista ao BBC Sports.

“Mas vamos ver o que acontece. Hoje, são apenas rumores”.


Premier League tem a maior porcentagem de jogadores estrangeiros da Europa
Comentários Comente

Celso de Miranda

A liga mais rica da Europa, a Premier League da Inglaterra é também o campeonato com a maior porcentagem de jogadores estrangeiros entre todas as ligas europeias, como revela uma nova pesquisa da UEFA, divulgada nessa quinta-feira.

O “Relatório de Benchmarking de Licenciamento dos Clubes” mostra que 69,2% dos jogadores da Premier League são estrangeiros:  número significativamente maior que a 2ª Liga da lista, a primeira divisão do Chipre, com 57,1%.

Em outras 6 ligas europeias a maioria dos jogadores são estrangeiros (mais de 50%), incluindo o Championship (2ª Divisão Inglesa) e a Premiership escocesa.

Com 49,2% de estrangeiros, a Bundesliga da Alemanha aparece em 9º lugar.

Dos times que disputam o topo da tabela Chelsea (78,3%) e Manchester City (77%) são os times com maior número de estrangeiros:  do outro lado, o Southampton (44.5%) tem um dos menores índices de não-ingleses.

Paul Pogba, Eden Hazard e Alexis Sanchez estão entre as estrelas estrangeiras

Pogba, Hazard e Sanchez: estrelas estrangeiras

Diversidade
A Premier League é, ainda a Liga com a maior diversidade: 65 nacionalidades diferentes estão representadas na competição. Franceses (16%) e espanhóis (15,2%) são as nacionalidades estrangeiras mais comuns.

Mas a maior concentração de jogadores estrangeiros de um só país em uma liga ocorre em Portugal, onde pouco mais de 25% (1/4) dos jogadores da primeira divisão são brasileiros.

As 10 ligas da Europa com maior porcentagem de jogadores estrangeiros

PaísCompetiçãoPercentagem
InglaterraPremier League69,2%
ChiprePrimeira divisão57,1%
BélgicaJupiler Pro League55,8%
PortugalLiga NOS55,6%
ItáliaSerie A55,5%
InglaterraChampionship50,8%
EscóciaScotish Premiership50,5%
LuxemburgoBGL Ligue50,4%
Alemanha1. Bundesliga49,2%
SuíçaSuper League48,6%

Yaya Toure descarta transferência em janeiro e quer 3º título no City
Comentários Comente

Celso de Miranda

Yaya Toure disse que não vai negociar acordos com potenciais pretendentes em janeiro: o meio-campista do Manchester City afirmou que está totalmente focado em vencer o título inglês com o clube.

“O meu foco está no City, meu futuro é aqui, porque a liga não está concluída,” disse o jogador de 33 anos, que está nos 6 meses finais de seu contrato e, portanto, livre para negociar com outros clubes.

Touré quermais um título antes de sair

Touré quer ganhar a Premier League mais uma vez

“Sou futebolista, todos os meus pensamentos estão dentro do campo”, afirmou o marfinense. “Depois, no momento certo vamos pensar no que vai acontecer fora dos gramados.”

Yaya Toure voltou ao time titular em novembro, após ficar 3 meses afastado após as declarações de seu agente, Dimitri Seluk sobre o técnico Pep Guardiola, no início da temporada.

O técnico do City havia declarado que o jogador não seria escalado até que Seluk se desculpasse por ter dito que seu cliente estava “sendo humilhado” pelo espanhol, que não inscreveu Yaya Toure para disputar a Liga dos Campeões.

Toure se desculpou em nome do agente no início de novembro e tem sido uma figura chave na equipe, desde que marcou duas vezes na vitória por 2-1 sobre o Crystal Palace em 19 de novembro.

O City é o 3º colocado e está 7 pontos atrás do líder Chelsea (que ainda joga na 20ª rodada), mas Touré acredita que o clube pode ganhar o título da Premier League: “O Chelsea está em boa fase, mas vamos lutar até o fim.”

O time volta a jogar na sexta-feira contra o West Ham, em Londres, pela 3ª rodada da Copa da Inglaterra. Pela Premier League, o City vai ao Goodison Park, no dia 15, para enfrentar o Everton na 21ª rodada.

 


Após apenas 11 jogos, Bob Bradley deixa o Swansea
Comentários Comente

Celso de Miranda

Bob Bradley não é mais o técnico do Swansea City. O clube anunciou a demissão do norte-americano nessa terça-feira, um dia depois do time ter sido goleado em casa pelo West Ham, na 18ª rodada da Premier League.

Com o resultado, o Swansea se manteve na penúltima colocação da liga – com 12 pontos em 18 jogos e saldo de gols de -20.

Bradley se transformou no primeiro norte-americano da história a dirigir um time na liga Premier quando foi contratado no dia 3 de outubro.

11 jogos: primeiro norte-americano deixa a Premier League

11 jogos: primeiro norte-americano deixa a Premier League

Após a demissão do italiano Francesco Guidolin, o ex-técnico da seleção dos EUA, que estava no Le Havre, da Ligue 2 (a 2ª divisão francesa), assumiu o time na 17ª posição, com apenas 4 pontos em 7 jogos.

Bradley teve um início animador: depois de vender caro uma derrota para o Arsenal em Londres, por 3-2, o time empatou em casa com o Watford (0-0).

No entanto, derrotas consecutivas seguidas para o Stoke (3-1) e Manchester United (1-3) e um empate diante do Everton (1-1) deixou o time na última posição da tabela, após a 12ª rodada.

Depois da vitória sobre o Crystal Palace (5-4), a primeira na temporada, o mês de dezembro começou com uma goleada para o Tottenham (5-0).

À vitória sobre o sunderland (3-0), se secuderam derrotas para o West Bromwich (3-1), Middlesbrough (3-0) e, enfim a goleada em casa para o West Ham (1-4), nessa segunda-feira: o Swansea sofreu pelo menos 3 gols em 8 dos 11 jogos sob comando de Bob Bradley.

Além dos maus resultados (7 derrotas, 2 empates e apenas duas vitórias), pesou contra Bradley a má vontade da Imprensa pelo fato dele ser norte-americano.

Jornalistas e comentaristas foram implacáveis com Bradley até pelo fato de ele usar gírias e termos norte-americanos durante as entrevistas.

No final, ele foi convidado a melhorar um esquadrão horrivelmente falho, que quase nenhum técnico poderia ter transformado em um time vencedor, sobretudo porque não lhe foi dada a chance de contratar antes da janela de transferência de janeiro.

Sem Bradley, o Swansea tem que descobrir como mudar as coisas dentro de campo, porque o time vem flertando desde o início da temporada e em meio à busca de um 3º técnico antes do novo ano.

No dia 31, o time recebe o Bournemouth no Liberty Stadium.

Futuro
Ryan Giggs é o favorito para suceder Bradley. Um ano depois da experiência como assistente de Louis van Gaal, Giggs tem a seu favor o fato de ser galês – como o time.

Giggs: o preferido da torcida e da diretoria

Giggs: ex-United é o preferido da torcida e da diretoria

Aos 43 anos, foi sondado pelo conselho de Swansea em outubro, quando Guidolin deixou o cargo, mas ele perdeu a vaga para Bradley, norte-americano como os novos donos do clube.

Outro nome forte é o de Chris Coleman, que conta com grande apoio depois de dirigir o País de Gales para as semifinais do Euro 2016. Porém, só uma proposta milionária para que Coleman desista de dirigir sua seleção nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018?

O ex-treinador do Birmingham, Gary Rowett, também foi mencionado, mas ele limitou a experiência da Premier League como jogador e nenhum como treinador.

Outros nomes que me disseram estão na disputa são Alan Pardew, recém-demitido do Crystal Palace, e Nigel Pearson, que deixou o Derby County em outubro, após apenas 14 jogos..

 


Welbeck volta aos treinos no Arsenal depois de 7 meses afastado
Comentários Comente

Celso de Miranda

O atacante do Arsenal e da seleção inglesa, Danny Welbeck, participou nessa sexta-feira de um treinamento completo depois de 7 meses afastado.

O jogador de 26 anos sofreu uma lesão no joelho direito no empate em 2-2 diante do Manchester City, na penúltima rodada da Premier League da temporada passada (8 de maio).

Welbeck já havia perdido os primeiros 9 meses da última temporada – entre abril de 2015 e janeiro de 2016 – com outra lesão no joelho que necessitou cirurgia.

7 meses afastado

7 meses afastado

“É fantástico para o time e para o para jogador, que está fora há tanto tempo é quase como começar uma nova carreira,” disse Arsene Wenger, treinador do Arsenal, que evitou fazer previsões para a escalação do jogador.

“Precisamos ser pacientes com o atleta, até que ele recupere suas melhores condições físicas, para que possa voltar a desempenhar seu melhor futebol.”

Quarto colocado na tabela – 9 pontos atrás do líder Chelsea -, o Arsenal recebe o West Bromwich na segunda-feira, dia 26.

Welbeck marcou 13 vezes em 49 jogos pelo Arsenal, desde que deixou o Manchester United por £ 16milhões (ou R$ 63,8) em setembro de 2014.


Mourinho acredita em recuperação do United na 2ª metade do campeonato
Comentários Comente

Celso de Miranda

A 3 rodadas do final do ‘primeiro turno’ do Campeonato Inglês, o técnico do Manchester United José Mourinho elogiou a melhora recente da equipe e disse que confia na recuperação do time na 2ª metade da temporada a tempo de lutar pelas primeiras posições da Premier League.

O time parece estar encontrando um padrão e está invicto há 9 jogos, levando em conta todas as competições (Premier League, Copa da Liga Inglesa e Liga Europa).

Vitórias consecutivas e novo ânimo ao para o 2 turno

Vitórias consecutivas e novo ânimo ao para o 2º turno

Na Premier League, embora prejudicado por uma série de empates, o time melhorou muito as suas perspectivas com as vitórias seguidas sobre Tottenham e Crystal Palace e já é o 6º colocado a 3 pontos do Tottenham, e a 6 do City, primeiro na zona de classificação para a Liga dos Campeões, principal objetivo do clube.

“Eu sempre disse que  seria quase impossível estarmos entre os 4 primeiros nessa primeira metade do torneio,” disse Mourinho nessa sexta-feira.”Mas uma coisa é estar a 15 pontos dos 4 primeiros, outra é estar a 5 ou 6 pontos.”

“O que temos de tentar fazer nesses 3 jogos restantes [do primeiro turno] é nos colocar numa posição que nos dê uma chance na 2ª parte da temporada.”

“Estamos jogando muito bem”, disse. “Se pudermos transformar performances em resultados, teremos uma chance.”

O treinador elogiou o esforço e a performance de Zlatan Ibrahimovic, que tem estado em excelente forma e já marcou 8 vezes nos últimos 8 jogos, incluindo o gol da vitória contra o Crystal Palace, na quarta-feira.

“Ele está sendo fenomenal”, disse Mourinho. “Amanhã [contra o WBA] é um último esforço, então teremos uma semana sem futebol e os jogadores  precisam dela, especialmente Zlatan. Em algumas posições você pode se proteger, mas como atacante, é impossível se esconder.”

Maratona
Um dos desafios imediatos do time é enfrentar uma longa sequência de jogos em 5 jogos por 3 competições diferentes no próximos 13 dias: começando por esse sábado, quando o United enfrenta o West Bromwich, no The Hawthorns.

Sem Bailly, Smalling deve voltar aos 11 titulares

Sem Bailly, Smalling deve voltar aos 11 titulares

Ainda em dezembro o time recebe o Sunderland (dia 26) e encerra o primeiro turno, no Old Trafford contra o Middelsbrough (31).

Em janeiro, o time enfrenta o West Ham (em Londres, no dia 2) e em seguida enfrenta o Reading pela Copa da Inglaterra, no dia 6 e no dia 8, disputa a primeira partida da semifinal da Copa da Liga contra o Hull City

O United estreia no returno da Premier League contra o Liverpool, no dia 15.

Elenco
Perguntado sobre transferências, Mourinho disse que não está desesperado para contratar ninguém na janela de janeiro: “Eu gosto do meu time, eu acredito no meu time,” disse.

Para essa reta final do 1º turno, o treinador português pode contar  com Chris Smalling, recuperado de contusão. A volta do zagueiro inglês, que não atua desde o final de outubro acontece em boa hora, já que o marfinense Eric Bailly deixou a partida contra Palace contundido no 2º tempo e não joga nesse sábado.

Rondon: 3 gols sobre o Swansea

Rondón: venezuelano marcou 3 gols sobre o Swansea

Outro lado
Surpresa da temporada, o West Brom do treinador Tony Pulis e do atacante venezuelano Salomon Rondon é 7º colocado na tabela e vem de uma boa vitória em casa sobre o Swansea City (3-1) no meio da semana.

“Nosso elenco é forte e s depois de muito trabalho desde o início da temporada estamos conseguindo bons resultados,” disse Pulis nessa sexta.

“Mas o United está numa série de invencibilidade e merece respeito. É um time para terminar entre os 4 primeiros.”

A única dúvida do treinador para a partida é o zagueiro Jonny Evans, que se recupera de lesão. Se ele não puder jogar, Gareth McAuley deve compor o miolo da defesa ao lado do veterano sueco Jonas Olsson.


‘Diego ainda pode melhorar’, diz Conte
Comentários Comente

Celso de Miranda

O técnico Antonio Conte não tem poupado elogios às performances do atacante Diego Costa: segundo o italiano, o espanhol estaria muito mais focado nessa temporada, e tem sido peça chave do elenco do Chelsea, atual líder da Premier League.

Conte, porém insiste que o jogador de 28 anos, artilheiro da Premier League com 12 gols (ao lado de Alexis Sanchez, que marcou nessa terça-feira na derrota do Arsenal por 2-1 para o Everton, em Goodison Park), e que marcou o gol da vitória sobre o West Bromwich no domingo (1-0), ainda pode melhorar.

Focado: Diego Costa comemora com Antonio Conte

Focado: Diego Costa comemora com Antonio Conte

“Diego está jogando a temporada de uma forma fantástica e estou satisfeito por ele e pelos torcedores,” disse o técnico em entrevista no site do clube.

“Ele está mostrando muita paciência e está no caminho certo”, afirmou. “Está muito focado, se mantendo concentrado durante os 90 minutos das partidas, fazendo tudo que pedimos, tanto nos deslocamentos no ataque, quanto ocupando os espaços e ajudando o time como um todo. Mas claro que sempre há alguma coisa para melhorar.”

“Ele está numa curva ascendente fisicamente e também do ponto de vista tático, é um jogador que colabora muito para equipe.”

O técnico confirmou que conta com o atacante para buscar a 10ª vitória consecutiva do time na liga, nessa quarta-feira diante do Sunderland (no Stadium of Light): será o 2º de 6 jogos do Chelsea no espaço de 24 dias.

“Temos uma série de jogos duros em poucos dias e estamos trabalhando muito física e psicologicamente para enfrentar este período”, disse. “É importante nos mantermos focados durante as partidas, evitando cartões e nos mantendo saudáveis para termos o melhor resultado em cada partida.”

Natal
“É uma experiência nova para mim e minha família”, afirmou. “Normalmente, durante o Natal eu estou acostumado a ter uma pausa com a minha família, mas agora vamos curtir essa nova experiência de jogar durante esse período.”

“No passado, eu sempre assisti os jogos desse período do Campeonato Inglês na TV e agora estou vivendo ao vivo essa atmosfera, que é simplesmente fantástica.”


Mourinho pode ser punido por comentários sobre árbitro da Premier League
Comentários Comente

Celso de Miranda

O técnico José Mourinho, do Manchester United foi acusado pela Federação Inglesa (FA) de má conduta pelos comentários que fez sobre o árbitro Anthony Taylor designado para a partida Liverpool e Manchester United, em Anfield, disputada na segunda-feira 17 de outubro pela 8ª rodada, e que terminou num empate sem gols.

comentou em frente a nomeação de Anthony Taylor da viagem de Manchester Untied para Liverpool

Mourinho comentou a escolha de Taylor para o jogo do Manchester United em Liverpool

“Eu acho que o Sr. Taylor é um bom árbitro, mas acho que com toda essa pressão sobre ele eu sinto que vai ser difícil para ele ter um desempenho muito bom”, disse Mourinho na época.

Os técnicos são proibidos pelas regras da FA de fazer quaisquer comentários – positivos ou negativos – sobre os árbitros antes dos jogos.

O ex-árbitro e chefe do Comitê de Arbitragem Keith Hackett diz que os comentários de Mourinho “foram impróprios e trouxeram descrédito para a partida.”

O treinador tem até segunda-feira 31 de outubro para apresentar sua defesa: antes disso, porém, o time que venceu o Manchester City, ness quarta-feira pela Copa da Liga Inglesa, enfrenta o Burnley, nesse sábado no Old Trafford.

Má conduta
Numa situação semelhante na última temporada, quando era técnico do Chelsea, Mourinho foi julgado após por afirmar, antes da partida contra o Stoke City, que os árbitros estavam com “medo” de tomar decisões a favor de seu time.

Na ocasião Mourinho foi suspenso por uma partida e multado em £ 50 mil (R$ 191,5 mil).

Ainda na temporada 2015/15, o português acabou no tribunal após discutir e xingar o árbitro Jon Moss, na derrota do Chelsea para o West Ham (2-1), em outubro de 2015.

Julgado, Mourinho que corria o risco de ser banido dos estádios ingleses, foi multado e pegou sursis – uma espécie de pena condicional, que expirou em 13 de outubro de 2016, apenas 3 dias antes de seus comentários sobre Taylor.

 


Bom humor nos bastidores do Chelsea após vitória sobre o Hull
Comentários Comente

Celso de Miranda

O clima era tão bom nos vestiários do Chelsea, após a vitória por 2-0 sobre o Hull City, na 7ª rodada da Premier League, nesse sábado no Kingston Communications Stadium, que o meia Eden Hazard resolveu atacar de repórter para a TV do canal do clube pela Internet.

O belga começou entrevistando Willian, destaque da partida e autor do primeiro gol, aos 61′: em inglês, Hazard quis saber para quem o brasileiro dedicou o gol.

O brasileiro, que marcou pela 2ª vez na temporada disse que o gol foi para sua mãe. “Não foi para mim,” brincou Hazard.

“Quem sabe da próxima vez”, respondeu o meia titular da seleção brasileira.

Beautiful or not Beautiful? "Golaaaazo"

Beautiful or not Beautiful? “Golaaaazo”

Os dois já iam se despedindo quando chegou o espanhol Diego Costa, autor do 2º gol do jogo. O artilheiro da temporada que chegou ao seu 6º gol brincou com a própria dificuldade – já famosa – em se expressar em inglês.

“Diego, Diego… your goal please”, perguntou Hazard. “No compriendo”, respondeu em espanhol o atacante.

“Beautiful or no beautiful?”, simplificou o belga. “Golazo”, respondeu o artilheiro, ajudado pelo amigo Oscar.

Destaques:

  • Depois de 8 jogos, foi a primeira partida fora de casa que o Chelsea terminou sem sofrer gols na Premier League, a última vez que isso aconteceu foi na vitória por 4-0 sobre o Aston Villa em abril
  •  Desde sua chegada ao Chelsea, apenas Sergio Aguero (55) e Harry Kane (48) marcaram mais gols na Premier League do que Diego Costa (38).
  • Em todas as competições, o Chelsea está invicto em seus últimos 13 encontros com Hull, vencendo 11 e empatando 2.
  • N’Golo Kante fez mais passes (79), passes mais bem sucedidos (70) e foi mais acionado (95) contra o Hull do que ele tinha em qualquer uma de suas 43 partidas anteriores na Premier League.

Na próxima rodada, após o intervalo para os jogos das Eliminatória Europeias da Copa do Mundo (a Inglaterra recebe Malta no dia 8, em Wembley, depois no dia 11, enfrenta a Eslovênia no Estádio Stožice, em Ljubljana), o Chelsea enfrenta o Leicester, no domingo dia 15, em Stamford Bridge.

 

 

 


Mais que futebol: times, jogadores e torcedores podem ter salvo uma vida
Comentários Comente

Celso de Miranda

A partida de hoje entre Sunderland e Everton no Stadium of Light, em Sunderland no nordeste da Inglaterra será inesquecível para o garoto Bradley Lowery.

Recentemente diagnosticado com câncer pela 2ª vez, o jovem torcedor de apenas 5 anos entrou em campo de mãos dadas com o capitão do time da casa Jermaine Defoe.

Além de fazer a alegria do pequeno ‘mascote’, no entanto a ação do clube visou divulgar a campanha #justonepound para arrecadar fundos para o tratamento do garoto, pelo qual cada pessoa podia doar £ 1 por meio de mensagem de texto por celular.

Torcedor mirim comoveu até os rivais

Torcedor mirim do Sunderland, Bradley fez amizade com os jogadores do Everton

O Everton que venceu o jogo por 3-0 anunciou uma doação de £ 200 mil (ou RS$ 864 mil) para o fundo.

O nome de Bradley também foi cantado pelos torcedores das duas equipes no 5º minuto da partida (em referência aos seus 5 anos de idade).

Doença e cura
Ele foi originalmente dado como curado em 2014, mas o câncer foi encontrado novamente há poucas semanas durante um check-up.

Black Cat: o mascote oficial do time ganhou um abraço especial

Black Cat: o mascote oficial do time ganhou um abraço especial

Com a aparição de Bradley como mascote na partida transmitida para toda a Inglaterra e mais a doação do Everton, o total arrecadado nessa segunda-feira já estava perto dos £ 500 mil.

O Everton também convidou Bradley e sua família para o jogo de volta em Goodison Park, em 25 de fevereiro.