Blog FastFut

Arquivo : Venezuela

Mundial Sub-20: Venezuela e Uruguai avançam às semifinais
Comentários Comente

Celso de Miranda

Na abertura das quartas de final da Copa do Mundo Sub-20 da Coreia do Sul, nesse domingo, a Venezuela foi dominante e venceu os Estados Unidos por 2-1 na prorrogação, depois de um empate em 0-0 no tempo normal.

Adalberto Peñaranda (96′) e Nahuel Ferraresi (115′) marcaram para os sulamericanos. Jeromy Ebobise (117′) ainda diminuiu para os EUA.

É a primeira vez que a Venezuela chega à fase semifinal desse torneio.

Uruguai
O campeão sul-americano da categoria Uruguai esteve duas vezes atrás no placar, mas conseguiu se recuperar e bater o vice-campeão europeu Portugal nos pênaltis (4-5), depois de um empate em 2-2 em Dajeon.

Uruguaios comemoram vaga nas semifinais

Xande da Silva abriu o placar logo ao 1′ de jogo. O zagueiro Santiago Bueno empatou aos 16′. Portugal voltou à frente ainda no primeiro tempo, com Diogo Goçalves (41′)

No início do 2º tempo, Federico Valverde empatou (49′), cobrando pênalti.

Na disputa de pênaltis brilhou o goleiro Santiago Mele, que defendeu 3 cobranças da seleção europeia.

Venezuela e Uruguai farão uma das semifinais, na próxima quinta-feira, em Dajeon, o que já garante uma seleção sul-americana na final.

Os outros dois times do continente na competição, Equador e Argentina caíram ainda na fase de grupos. O Brasil não se classificou para o Mundial.

Mais dois
Amanhã os outros dois semifinalistas serão definidos nas partidas entre Itália e Zâmbia. em Suwon, e México e Inglaterra em Cheonan.


Surpreendente Venezuela bate Uruguai
Comentários Comente

Celso de Miranda

A Venezuela deu mais um passo na sua até agora mágica – e já histórica – campanha na Copa América nessa quinta-feira à noite com uma surpreendente vitória por 1-0 sobre o Uruguai, no Lincoln Financial Field, na Filadélfia.

Depois de bater a Jamaica na estreia (1-0), a Venezuela quebrou um tabu com a 2ª vitória consecutiva – é a primeira vez que o time consegue vencer duas partidas seguidas na história da competição – e ficou muito perto de uma das vagas do Grupo C nas quartas de final, além de praticamente enviiar a Celeste para casa mais cedo.

O único gol da partida saiu ainda no primeiro tempo, quando os venezuelanos eram melhor no jogo: Alejandro Guerra recuperou ainda em seu próprio campo uma bola perdida por Arevalo Rios e logo após atravessar a linha de meio campo tentou surpreender o adiantado Fernando Muslera batendo por cobertura.

O goleiro ainda voltou para evitar o gol, mas não conseguiu colocar para escanteio: a bola caprichosamente bateu no travessão e voltou nos pés de Salomón Rondón, que só empurrou para o fundo do gol.

Veterano: Rondón marca único gol do jogo

Veterano: Rondón marca único gol do jogo

O Uruguai tentou pressionar na segunda etapa, mas o time mais uma vez mostrou que o nervosismo e o destempero de alguns jogadores superam o talento coletivo do elenco, que teve dificuldade de sequer acertar um chute no alvo apesar das numerosas tentativas.

No outro extremo, a Venezuela se preocupou apenas em não dar espaços e em não errar diante de um Uruguai previsível, sem profundidade ou inspiração.

Na próxima segunda Venezuela e México se enfrentam do NGR Stadium, em Houston e o Uruguai e Jamaicase despedem no Levi’s Stadium, em Santa Clara

 

 

 


< Anterior | Voltar à página inicial | Próximo>